Mais Asfalto

Mais Asfalto

Intervenções no trânsito

Intervenções no trânsito

sábado, 21 de maio de 2016

Envolvidos em incêndio a ônibus no Residencial Nova Terra e em uma tentativa de ataque na Vila Maranhão são presos

Policiais militares que participam da ação de combate a ações criminosas na região metropolitana de São Luís conseguiram prender, na noite de sexta-feira (20), os envolvidos em um incêndio a um ônibus no Residencial Nova Terra, em São José de Ribamar.

Eles foram identificados como Patrick Fernando Pereira, Natanael Costa Pires, Elbert Serra Santos e Paulo Celso Costa Pires, além de dois menores.

Prisões na Vila Maranhão
Policiais do 1º BPM, do CPAM III, comandados pelo tenente coronel Ilmar, prenderam cinco homens suspeitos de planejar ataque a ônibus na Vila Maranhão.

De acordo com os policiais, no momento em que a guarnição estava em deslocamento para o bairro Vila Maranhão recebeu informações de um frentista  do posto Bacanga de que alguns elementos, em um  veículo  gol preto, de placa HOU-4186, haviam comprado gasolina e colocado em um recipiente.

O veículo foi perseguido até a entrada do Rio dos Cachorros e abordado pela guarnição que conduziu os ocupantes para a delegacia da Vila Embratel para autuação em flagrante.

Os elementos foram identificados como Wilson Pereira, Richardson Batista da Silva, Jairo Barbosa Aires,  Igo Michael  Soares da Silva e Wilton Pereira.

A ação contou com a participação do do sargento Nogueira, cabo Dorneles e soldado Batista.

Megaoperação é deflagrada em toda a região metropolitana

Uma megaoperação foi deflagrada na noite de sexta-feira (20) na região metropolitana de São Luís. Com efetivos reforçados, as Polícias atuam de forma integrada em pontos considerados mais sensíveis, nas principais avenidas da Grande Ilha, e bairros mapeados pela demanda de ocorrências. “A polícia não vai recuar. Estamos preparados para enfrentar o crime”, diz o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Frederico Pereira.
Com distribuição estratégica do efetivo, a megaoperação pretende intensificar o policiamento na zona rural da região metropolitana, nos pontos finais e paradas de ônibus, terminais de integração, nas áreas e bairros mapeados pela demanda de ocorrências.

“Vamos permanecer nas ruas, sem cessar, para coibir, com rigor, a ação destes criminosos. São operações que iniciaram assim que soubemos dos ataques e não têm hora para terminar”, garantiu o secretário Jefferson Portela, ressaltando que a megaoperação seguirá noite adentro e permanecerá nas ruas até que solucionadas todas as investigações em relação aos episódios.

A ação da militar inclui abordagens, vistorias, blitz e barreiras na entrada da capital. “As forças de Segurança estão a postos para combater estas organizações criminosas que merecem sentir a ação forte do Estado. E isto está sendo feito”, completou o secretário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...