Mais Asfalto

Mais Asfalto

Intervenções no trânsito

Intervenções no trânsito

sexta-feira, 20 de maio de 2016

PM prende envolvidos em incêndios a ônibus e secretário de Segurança Pública promete combate forte à onda de ataques criminosos

Dois dos integrantes do bando, identificados como ‘Papudo” e “Vico”, já haviam sido presos em 2014 por envolvimento em incêndios a ônibus. Eles que não souberam explicar o motivo de estarem com o combustível. Todos foram conduzidos para o DP do Cohatrac para autuação em flagrante.
Policiais do Batalhão Tiradentes, comandados pelo tenente-coronel Marques Neto, fizeram a prisão de vários envolvidos em ataques a ônibus na região metropolitana de São Luís na noite de quinta-feira (19). Os policiais chegaram ao bando, na madrugada desta sexta, depois que a Central de Operação informou que sete elementos, em um veículo Celta, de cor prata, estavam comprando gasolina no Bairro Filipinho.

O tenente coronel Marques Neto, fazendo buscas nos Bairros avisto o veículo nas proximidades da Forquilha e fez a abordagem. o veículo e fez a abordagem, sendo encontrado um Galão contendo gasolina, drogas e um punhal de grande porte, dois celulares e 11 Trouxas de uma substância esverdeada aparentando ser maconha.
Dois dos integrantes do bando, identificados como ‘Papudo” e “Vico”, já haviam sido presos em 2014 por envolvimento em incêndios a ônibus. Eles que não souberam explicar o motivo de estarem com o combustível. Todos foram conduzidos para o DP do Cohatrac para autuação em flagrante.

Os presos foram identificados como Wellington José Almeida Alencar, o “Papudo”, Rwann Vitor Nogueira Trindade, o “Vico”, Janilson Nunes Ribeiro, o “Delo”, Bruno Raian de Sá Pereira, Benta Azevedo Sousa, Alciane Azevedo Pereira Brandão, “Morena Diabona”, e o menor de iniciais JMAS, de 17 anos.

Secretário Jefferson Portela promete rigor no combate às ações criminosas

“O Estado não permitirá essa prática de ataques vis. Já temos a identificação de autores intelectuais e executores e vamos agir com todo o rigor das leis. Esses ataques podem ser motivados pela forte ação do sistema de segurança no combate ao crime. Temos prendido assaltantes de banco, apreendido grandes quantidades de drogas, afastando do Maranhão o lucro de organizações criminosas. Isso gera uma espécie de revolta. Revolta injusta. Por isso, o Estado dará fim nesses ataques, com um resposta dura da segurança”, disse o secretário de segurança Jefferson Portela.

Ele ressaltou que há um grande número de policiais envolvidos nas ações de combate a essas ações criminosas desde o momento dos primeiros ataques, na noite de quinta, entrando pela madrugada e durante toda esta sexta-feira. “Até policiais que estavam em trabalhos administrativos estão reforçando o nosso contingente nas ruas para capturar esses criminosos. Vamos reprimir com a força da lei qualquer tentativa de ataque criminoso. Tem que predominar a força do Estado”, acrescentou o secretário.

Portela disse, ainda, que os mandantes - de dentro do sistema penitenciário - bem como os executores das ações criminosas, já estão identificados e sofrerão as penalidades previstas em lei. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...