segunda-feira, 6 de junho de 2016

Governador entrega caminhões para agricultura familiar, amplia programa de leite e anuncia parceria técnica a produtores

Dando continuidade à política de fortalecimento da produção no Estado, o governador Flávio Dino participou da entrega, fruto da parceria com o Governo Federal, de 19 equipamentos para a modernização de Unidades de Distribuição de Alimentos da Agricultura Familiar (Udaf), da adesão de mais sete municípios ao PAA do Leite, e da assinatura da parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) para assistência técnica e gerencial. A solenidade, realizada nesta segunda-feira (6), no Palácio Henrique de La Rocque, contou com a presença do secretário de segurança alimentar e nutricional do Ministério do Desenvolvimento Social e Agrário (MDS), Caio Rocha.

O governador Flávio Dino ressaltou que as ações apresentadas fazem parte da política de priorização de investimentos no setor primário. Para ele, durante muito tempo, o Maranhão viveu em uma matriz econômica equivocada, em que se priorizaram grandes investimentos que pouco retorno trouxeram ao povo maranhense. “E nós estamos invertendo essa lógica. Acreditamos no pequeno produtor como aquele que grandemente produzirá os resultados que nós precisamos na geração de empregos, oportunidades e tributos, porque uma agricultura, pecuária, extrativismo e pesca fortes, é pré-condição para o desenvolvimento de outros setores econômicos”, ressaltou Flávio Dino.

O governador explicou ainda que o setor primário é a base de um novo momento de crescimento econômico no Maranhão, e a entrega dos kits, a adesão dos municípios ao PAA do Leite e a parceria com o Senar se integram, junto aos investimentos em educação entregues no último final de semana, aos dois pilares fundamentais do verdadeiro desenvolvimento em uma visão estratégica correta: produção e conhecimento.

O secretário de Estado de Desenvolvimento Social, Neto Evangelista, destacou que as Udafs são importantes equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e funcionam com o propósito de auxiliar a organização e a integração do sistema local de abastecimento, ampliando as condições de acesso de famílias em situação de vulnerabilidade alimentar, aos produtos oriundos do Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE).

Ele explicou ainda que os 19 equipamentos entregues nesta segunda-feira se somam a outros 25 que foram distribuídos em janeiro do ano passado, totalizando 45 municípios beneficiados. “Nós estamos, no dia de hoje, complementando aquilo que nós já iniciamos e reafirmando não só através de palavras, mas através de gestos e de coisas concretas, porque o Governo tem como missão resgatar a segurança alimentar no nosso estado”, enfatizou o secretário.

De acordo com o representante do MDS, Caio Rocha, o sucesso das Udafs depende diretamente do esforço conjugado entre os municípios, o Estado e a União. Ele ressaltou ainda que esse é um investimento que tem benefício social e econômico. “O governador Flávio Dino tem priorizado na sua gestão a justiça social, o estímulo à produção e a erradicação das desigualdades sociais. Aqui é um exemplo”, destacou Caio Rocha.

O agricultor José Salvador Costa, de Viana, foi beneficiado na primeira etapa de entrega das 25 Udafs, e relatou que o equipamento facilitou o transporte dos produtos para a central de recebimento, na sede do município. “Esse é um momento interessante na história do nosso estado porque antes nós não tínhamos esses equipamentos, a nossa agricultura não tinha esse tipo de investimento que vemos hoje. Peço que os agricultores façam bom uso esses caminhões que são muito importantes”, disse.

Serão beneficiados com as UDafs os municípios de Afonso Cunha, Bacabal, Cantanhede, Codó, Governador Eugênio Barros, Humberto de Campos, Itapecuru Mirim, Maracaçumé, Nina Rodrigues, Palmeirândia, Peritoró, Porto Rico, Raposa, Santa Inês, Santa Rita, Santana do Maranhão, São João do Sóter, São José de Ribamar e Tutóia.

PAA do Leite

O Programa de Aquisição de Alimentos (PAA), na modalidade Leite, ganhou a adesão de mais sete municípios, totalizando 35 atendidos pela iniciativa. De acordo com Neto Evangelista, o programa tem como principal objetivo propiciar o consumo do leite pelas famílias que se encontram em situação de vulnerabilidade alimentar e nutricional, além de estimular o fortalecimento da agricultura familiar e a geração de renda no campo, incentivando o desenvolvimento econômico. Aderiram ao PAA do Leite as cidades: Buriticupu, Bom Jesus das Selvas, Cidelândia, Itinga do Maranhão, São Francisco do Brejão, São Pedro da Água Branca e Vila Nova dos Martírios.

“Todas as políticas dentro dessa área que o Governo tem implementado, sem dúvida nenhuma, de forma intersetorial, buscando as secretarias de Desenvolvimento Social, da Agricultura, da Agricultura Familiar, enfim, diversas outras, tem como objetivo melhorar todos os índices e, sobretudo, a qualidade de vida dos maranhenses”, reiterou Neto Evangelista.

Parceria com o Senar

Na ocasião, o Governo, por meio da Secretaria de Agricultura, Pecuária e Pesca (Sagrima), assinou convênio de R$ 4 milhões com o Senar para assistência técnica e gerencial a 1550 propriedades/produtores, das cadeias de hortifruti, arroz, leite, carne e couro e aquicultura, em todo o estado. A parceria terá um ano de duração e os trabalhos serão iniciados no mês de julho.


“O conhecimento como elemento nuclear de uma política de desenvolvimento. O Senar vai fazer isto, mediante esse contrato para várias cadeias produtivas. São cinco cadeias de um total de 10 que nós estamos trabalhando como prioritárias, para que nosso Estado seja autossustentável no que se refere a produção de alimentos que é nosso objetivo principal”, finalizou o governador Flávio Dino.

Um comentário:

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...