sábado, 30 de julho de 2016

Ações integradas da polícia diminuem em quase 20% os registros de homicídios na Grande São Luís em relação a 2014

Dentre as medidas diretas tomadas pelo governo para mudar estes números estão o monitoramento intensivo das áreas onde existem maior demanda; a colocação da Polícia Civil nas ruas para trabalhar unida à Militar; descentralização da atividade policial com a criação das Superintendências especializadas; e canais diretos com a população para denúncias.
A diminuição nas estatísticas de crimes é um dos maiores desafios para a Segurança Pública em todo o país. Desde o início da gestão Flávio Dino as forças policiais se uniram e realizam ações conjuntas para frear o avanço destes tipos de crime e o resultado tem sido a queda gradativa e constante dos números. A polícia nas ruas e a realização de operações com foco específico têm contribuído para diminuir os registros de homicídios dolosos na Região Metropolitana de São Luís. Só em relação aos primeiros semestres de 2014 e 2016, essa diminuição chegou a 19,67% destes casos.

Em 2015, primeiro ano de governo, a ação integrada das polícias conseguiu diminuir os registros já no primeiro semestre com 6,71% menos casos que em 2014. Somaram 432 registros em 2014 e caíram para 403 em 2015 – o que significa 29 vidas salvas. A diminuição foi ainda maior comparando 2015 e 2016, quando as operações colocadas em prática já demonstravam um resultado mais eficaz: 347 registros de homicídios dolosos.

E no comparativo 2014 com 2016, os números são ainda mais significativos. Foram salvas 87 vidas e a queda registrada em 19,67%. Os dados são da Unidade de Estatística e Análise Criminal da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA).

O secretário de Estado de Segurança Pública (SSP), Jefferson Portela, ressaltou a importância da união das polícias geral para êxito das ações na área. Ele explicou que “a execução de planos estratégicos a serem seguidos em todo o Maranhão são determinantes para conter a violência e mostra o poder de organização da polícia”.

“É um trabalho constante, que não para. A Segurança tem uma grande demanda a atender e lidamos com problemas que se perpetuaram ao longo dos anos, sem que fossem solucionados. O governador tem essa área como uma das prioridades e está reestruturando o setor para que possamos ter êxito. E temos conseguido, com todos os esforços reunidos”, avalia o delegado geral de Polícia Civil, Lawrence Melo.

Dentre as medidas diretas tomadas pelo governo para mudar estes números estão o monitoramento intensivo das áreas onde existem maior demanda; a colocação da Polícia Civil nas ruas para trabalhar unida à Militar; descentralização da atividade policial com a criação das Superintendências especializadas; e canais diretos com a população para denúncias.

HOMICÍDIOS DOLOSOS – GRANDE SÃO LUÍS
2014
Jan - 87
Fev - 68
Mar - 78
Abr - 69
Mai - 71
Jun - 59
TOTAL - 432

2015
Jan - 84
Fev - 70
Mar - 73
Abr - 54
Mai - 62
Jun - 60
TOTAL - 403
No 1º semestre de 2015 houve uma diminuição de 6,71% nos casos de homicídios dolosos na Região Metropolitana de SL, em relação a 2014.

2016
Jan - 63
Fev - 71
Mar - 66
Abr - 46
Mai - 55
Jun - 46
TOTAL - 347
No 1º semestre de 2016 houve uma diminuição de 13,89% nos casos de homicídios dolosos na Região Metropolitana de SL, em relação a 2015.

No 1º semestre de 2016 houve uma diminuição de 19,67% nos casos de homicídios dolosos na Região Metropolitana de SL, em relação a 2014.


* Fonte: SSP-MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...