domingo, 24 de julho de 2016

Envolvidos em invasão de residência e sequestro de família são presos no bairro Gapara; dois morrem em troca de tiros

Policiais militares do 1º BPM prenderam, por volta de 21h de sábado (23), cinco assaltantes que invadiram uma residência e fizeram uma família de refém no bairro Gapara, na área Itaqui-Bacanga.

De posse de denúncias de moradores, o Ciops acionou guarnições da PM para verificarem denúncia de que uma família estava sendo vítima de tortura dentro de sua própria casa. 

Ao chegarem ao local, os policiais constataram que uma quadrilha mantinha oito pessoas sob a mira de armas de fogo. Todos eram feitos reféns do grupo por mais de uma hora, sendo torturados. Durante todo esse tempo, os assaltantes fizeram um raspa na residência, subtraindo jóias, roupas, aparelhos eletrônicos e outros objetos.

Os policiais decidiram invadir a casa e foram recebidos a tiros pelos bandidos. Houve revide por parte dos policiais. O bando era formado por seis assaltantes. Cinco foram alvejados, sendo socorridos e levados ao Hospital Djalma Marques, o Socorrão I. Dois não resistiram aos ferimentos e morreram ao darem entrada na urgência do hospital. 

Um dos bandidos conseguiu fugir ao cerco policial. Todos os assaltantes residem no bairro Cidade Nova, no Gapara.

Três presos, depois de medicados no Socorrão I, foram apresentados no  16° DP, no bairro Vila Embratel para serem autuados em flagrante e enquadrados em seis artigos do Código Penal. Eles foram identificados como Railson Bezerra Cardoso, 21 anos, Yury Francisco Sousa dos Santos, 18 anos, e o menor de iniciais DPS, de 15 anos.Os mesmos devem responder por formação de quadrilha, lesão corporal, tortura, dentre outros crimes.

Os mortos foram identificados como Janderson Mendes Farias, 18 anos, e Jhonatan Santos da Conceição, 17 anos.
Com a quadrilha, a polícia apreendeu três revólveres, munições calibre 38, munições calibre 12 mm, R$ 289,00, duas facas, cinco celulares, quatro relógios, cordões, dez pulseiras, cinco anéis, seis pares de brinco, uma câmera fotográfica, dois aparelhos de dvd, uma caixa de som, perfumes, bebidas, roupas, bolsa e brinquedos, além de um simulacro de arma de fogo.

A operação contou com a participação dos sargentos Carvalho, dos Santos e Arnoldo, e dos soldados Rodrigues, Abreu, T. Ferreira e Maurício, nas viaturas do Sá Viana, Gapara e Vila Embratel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...