sexta-feira, 12 de agosto de 2016

É só o começo: Temer promete divulgar lista de privatizações no dia 25

Reuters

O presidente interino, Michel Temer, afirmou que a aprovação da reforma da Previdência será "uma luta feroz", disse que é preciso "manter um certo equilíbrio no câmbio" e prometeu anunciar, no próximo dia 25, a lista das empresas que deixarão de ser estatais.

Em entrevista ao jornal "Valor Econômico", Temer disse também ver "um sucesso extraordinário" nos três meses de seu governo.

"Vai ser uma luta feroz. Quando você me pergunta o que ocorrerá depois do impeachment, essa será uma das batalhas", disse ele sobre a reforma da Previdência, acrescentando que vai encaminhá-la ao Congresso assim que as negociações preliminares estiverem concluídas "para asfaltar o terreno".

"Não quero praticar estelionato eleitoral, então, não vou esperar passar a eleição. Se ficar pronta, eu mando antes."

Dólar
Perguntado sobre a rápida queda do dólar, disse que a questão cambial já chegou até ele. Na quinta-feira, o dólar subiu 0,25%, fechando a R$ 3,14 na venda, com o reforço na intervenção do Banco Central, após sete sessões consecutivas de queda.

"A conclusão é que temos que manter um certo equilíbrio, nem pode ter o dólar num patamar elevado, nem um dólar derretido."

Dizendo que o governo não sofreu derrotas no seu período de governo, Temer voltou a negar que vai tentar a reeleição em 2018.

"Não sou candidato, eu quero ter liberdade para tomar todas as medidas necessárias para botar o país nos trilhos", disse. "E uma coisa é tomar uma atitude governativa com vistas às eleições, outra coisa é tomar uma atividade governativa sem preocupação eleitoral."

Perguntado sobre as privatizações, o presidente interino disse que "no dia 25 vamos anunciar as empresas que serão desestatizadas", data provável do início do julgamento final da presidente afastada, Dilma Rousseff.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...