sexta-feira, 12 de agosto de 2016

Polícia Civil apresenta suspeitos de assaltos e explosões de agências bancárias no interior no Maranhão

De acordo com informações da polícia, a quadrilha praticou o assalto às agências do Banco do Brasil das cidades  de Vitorino Freire, na madrugada da última quarta-feira (10), e de Lago da Pedra, no dia 13 de julho.
A Secretaria de Segurança do Maranhão (SSP) apresentou, na manhã desta sexta-feira (12), os suspeitos de integrarem uma quadrilha de assaltantes de bancos em cidades do interior.

Os suspeitos foram presos em uma operação da Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), na quinta-feira (12), na cidade de Poção de Pedras. Eles fazem parte de uma quadrilha interestadual especializada em explosão a caixas eletrônicos e cofres de instituições financeiras.

Os presos foram identificados como Edi Carlos de Lima, de 39 anos, natural de Caraúbas-RN, sua esposa Maria de Jesus Rodrigues de Sousa, de 26 anos, de Poção de Pedras, Evandro Vieira Lima, de 30 anos, de Caraúbas-RN e Mário Silva Santos, de 33 anos, de Carira-SE.

De acordo com informações da polícia, a quadrilha praticou o assalto às agências do Banco do Brasil das cidades  de Vitorino Freire, na madrugada da última quarta-feira (10), e de Lago da Pedra, no dia 13 de julho.

Em poder da quadrilha foram apreendidos um fuzil calibre 7.62, um fuzil calibre 5.56, uma metralhadora .40, duas escopetas calibre 12, uma pistola 9mm, mais de 200 munições de calibres diversos, 15 bananas de dinamite, 8 metros de cordel detonante, balaclavas e R$ 50.650,00, que estavam em malotes, provavelmente retirados do cofre da agência do BB da cidade de Vitorino Freire.

Os integrantes da quadrilha possuem extensa ficha criminal por roubo a banco e agiam com violência extrema, metralhando até unidades da PM, como ocorreu na cidade de Vitorino Freire.

A polícia vai continuar trabalhando para tentar localizar outros dois fugitivos, que seriam de Alagoas. Eles fugiram em uma caminhonete Hilux. A S-10 que foi incendiada, depois do assalto ao BB de Vitorino Freire, foi roubada na cidade de Teresina-PI. O valor roubado do banco foi da ordem de R$ 400 mil. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...