quinta-feira, 4 de agosto de 2016

Polícia prende condenado a 74 anos de prisão por estupros na cidade de Imperatriz; apresentação será nesta sexta-feira (05)

Pelas informações da polícia, ele se utilizava de uma bicicleta, onde colocava as vítimas para praticar os estupros.  Muito parecido com o "modus operandi" do caso da menina Juliana, ocorrido em janeiro desse ano no Cohatrac.
A Polícia Civil,  por intermédio da equipe de capturas da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC), efetuou a prisão de Fernando Sousa Santos,  34 anos, no momento em que ele desembarcava  na rodoviária de São Luís, às 23h30 de quarta-feira (03), vindo da cidade de Paragominas/PA.

Retrato falado do estuprador da menina Juliana, no Cohatrac
Fernando foi condenado a 74 anos de reclusão por prática de quatro estupros em vítimas diversas no município de Imperatriz. 

O estuprador conseguir fugir do Hospital Nina Rodrigues no mês de maio deste ano.

Pelas informações da polícia, ele se utilizava de uma bicicleta, onde colocava as vítimas para praticar os estupros.  Muito parecido com o "modus operandi" do caso da menina Juliana, ocorrido em janeiro desse ano no Cohatrac.  O retrato falado confeccionado à época guarda muitas semelhanças. O mesmo possui no braço uma tatuagem com os dizeres " desejo de matar".

Fernando Sousa Santos será apresentado no auditório Leofredo Ramos, na sede da Secretária de Segurança, nesta sexta-feira (05), às 10h.

Mais apresentações

A Superintendência de Policia Civil do Interior (SPCI), apresentará, ainda, outros quatro assaltantes presos no interior. Um deles, identificado como Genivaldo Alves de Oliveira, é suspeito de ter participado do assalto a uma agência do Bradesco, na cidade de Bela Vista- MA. O crime aconteceu nesta manhã desta quinta-feira (03). 

Os outros três envolvidos participaram de um assalto a uma lotérica de Monção, na Regional de Santa Inês/MA.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...