sexta-feira, 30 de setembro de 2016

Disparo acidental mata policial rodoviário em serviço na cidade de Nova Olinda do Maranhão

Uma pistola caiu do colete do polícial e disparou atingindo o rosto do policial. Uma perícia da Polícia Federal foi realizada para apurar as circunstâncias do ocorrido
Ivanaldo Alves com a família
Na manhã desta sexta-feira (30), enquanto os PRFs se preparavam para assumir o plantão na Unidade Operacional da Polícia Rodoviária Federal em Nova Olinda do Maranhão, localizada no km 158 da BR 316, os três policiais e mais o zelador do posto foram surpreendidos por um forte estampido proveniente da pistola do PRF Ivanaldo Gomes Alves, de 43 anos de idade, policial rodoviário federal há 22 anos.

Segundo relato dos PRFs que estavam com ele no momento do ocorrido, Ivanaldo entrou no posto e, ao se abaixar para pegar um cigarro no chão, a pistola Taurus calibre .40, modelo PT 100, desprendeu do colete balístico atingindo o piso e disparando no rosto do policial, que morreu de imediato.

Os policiais ainda pensaram em socorrê-lo, mas desistiram ao perceber que o mesmo já estava sem vida. Houve uma intensa mobilização da direção da instituição e do sindicato dos PRFs face o ocorrido.

Ao menos dez inspetores da PRF e mais a perícia da Polícia Federal foram até a UOP de Nova Olinda acompanhar o caso e fazer os procedimentos técnicos de praxe. O inspetor Ivanaldo Alves deixa a esposa e dois filhos, uma criança de 9 anos e uma adolescente de 14. O corpo será levado para sepultamento em São Luís.


Fonte: Núcleo de Comunicação Social da PRF

5 comentários:

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...