quinta-feira, 29 de setembro de 2016

Governo reúne com presidentes dos sindicatos do Transporte Público para avaliar estratégias de segurança


“Percebemos que foi uma noite tranquila, em que os trabalhares tiveram mais a sensação com relação a isso. A reunião hoje com o governador nos foi dada a garantia que essas escoltas vão continuar pelos próximos dias. A gente está saindo mais tranquilo e vamos levar essas informações aos trabalhadores",disse o presidente do Sindicato dos Rodoviários.
O governador Flávio Dino recebeu, nesta quinta-feira (29), os presidentes dos Sindicatos das Empresas de Transporte (SET) e do de Trabalhadores do Transporte Rodoviário do Maranhão (Sttrema). Com a presença do secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela, a reunião teve como objetivo avaliar as últimas estratégias adotadas pelo Governo do Estado, na quarta-feira (28), para inibir as ações criminosas e traçar novas ações para garantir a segurança dos trabalhadores e usuários dos coletivos. Os sindicatos garantiram, não haverá paralisação.

Jefferson destacou que na quarta-feira a Polícia Civil e Militar esteve com o efetivo nas ruas e fez escoltas nos ônibus, o que surtiu grandes efeitos. Já quinta-feira, sob determinação do governador Flávio Dino, além do reforço do Corpo de Bombeiros, estarão, do secretário de segurança ao dirigente do menor posto, todos em situação de operacionalidade.

“Houve a prontidão das polícias Civil e Militar e haverá novamente hoje, iniciando bem mais cedo nossas articulações e, inclusive, com o reforço dos Bombeiros, que assumirão pontos de controle para conter qualquer vontade criminosa em relação ao deslocamento do cidadão. Haverá uma ação forte, sem interrupção, sem trégua. Hoje, todos nós, todos os comandantes, dirigentes do sistema de Segurança, superintendentes, comandantes de áreas, de seccionais de polícia, deixam as atividades administrativas e, já no início da tarde, todo mundo vai para rua”, explicou Jefferson Portela, lembrando que todos os esforços estão sendo conjugados para garantir o direito de ir e vir da população ludovicense.

As estratégias usadas pelo Governo do Estado aumentam, segundo o presidente do SET, José Luís Medeiros, a sensação de segurança e, por isso, assegura, não haverá paralização. 

“O posicionamento do Governo é de dar garantia ao transporte coletivo, iniciaram ontem as escoltas, existem policiais dentro dos veículos, principalmente a partir das 17h, o serviço de inteligência está agindo, antecipando alguns movimentos que poderiam ocorrer, e a sensação que nós temos é que tanto para a população, quanto para os operadores de transporte, é de tranquilidade, e pode acreditarem que os veículos não irão recolher, irão dar o atendimento à população. Logicamente que os bandidos usam as redes sociais, fazendo terrorismo, para implantar muitas coisas infundadas para recolher os ônibus. Pedimos a população para não acreditar nisso”, pontuou José Luís.

Opinião semelhante compartilhou o presidente do Sindicato dos Rodoviários (STTREMA), Isaías Castelo Branco: 

“Percebemos que foi uma noite tranquila, em que os trabalhares tiveram mais a sensação com relação a isso. A reunião hoje com o governador nos foi dada a garantia que essas escoltas vão continuar pelos próximos dias. A gente está saindo mais tranquilo e vamos levar essas informações aos trabalhadores. A gente sabe que o objetivo dessas facções é tumultuar o processo eleitoral, mas estamos confiantes de que toda segurança vai ser dada para os trabalhadores e usuários do transporte público”.

Escoltas

Na escolta, os policiais em viaturas vão acompanhar os coletivos em certo trajeto, realizar monitoramento nos pontos finais e fazer revista no interior dos veículos. Nos horários mais críticos serão acionados policias de folga que terão devida remuneração para essas horas extras de atividade. O trabalho de contenção vai durar enquanto for necessário.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...