quinta-feira, 6 de outubro de 2016

Alvos de ataques criminosos, escolas são recuperadas em parceria entre Governo do Estado e Prefeitura de São Luís

O telhado da Unidade Educação Básica (U.E.B.) Darcy Ribeiro está quase todo reconstruído. Vigas e telhas novas serão colocadas no lugar das que foram danificadas e depois dessa etapa, os trabalhos passam para os reparos na alvenaria e acabamentos. Enquanto isso, os alunos que ainda não podem retornar às salas, prosseguem o aprendizado em outros espaços da unidade. A escola foi um dos prédios públicos alvo do vandalismo de criminosos, que atearam fogo destruindo três salas de aula, em um ataque na última semana.

A unidade teve três salas de aula atingidas – duas da 2ª série e uma da 3ª. A sala mais atingida teve todo o telhado e forro destruído pelas chamas; paredes vieram ao chão; estruturas elétricas e piso ficaram inutilizados; e itens de composição, incluindo persianas e quadros, foram totalmente consumidos pelo fogo. Os serviços de recuperação do telhado estão na fase de colocação das vigas e estruturas de madeira para esperar a cobertura de telhas. Após essa etapa, segue a troca das instalações elétricas, reboco, pintura e piso.

O trabalho de recuperação da UEB Darcy Ribeiro faz parte do Termo de Cooperação Técnica firmado entre o Governo do Estado e Prefeitura de São Luís, que inclui apoio técnico-administrativo e suporte a outras necessidades específicas da rede municipal de educação.

“A Educação foi covardemente atacada prejudicando muitas crianças e jovens. Este trabalho dá continuidade à parceria que existe entre as duas gestões. Estamos trabalhando nestas unidades para que seja garantida a entrega à comunidade escolar o mais breve possível. A UEB Carlos Saad, na Vila Mauro Fecury, que também teve três salas queimadas, está incluída no cronograma de recuperação por meio da parceria. A previsão é que no prazo médio de 30 dias as obras sejam concluídas”, afirmou o secretário Estadual de Educação, Felipe Camarão.

“Já estivemos com a perícia em todos os prédios das escolas incendiadas. Isolamos as áreas afetadas para preservar a integridade física dos alunos e dos funcionários e estamos restabelecendo a volta dos alunos a sala de aula”, enfatizou o secretário municipal de Educação (Semed), Moacyr Feitosa. A UEB Darcy Ribeiro possui 560 alunos e oferece Ensino Fundamental da 1ª a 9ª série e Educação para Jovens e Adultos (EJA).

A supervisora da U.E.B. Darcy Ribeiro, Iraneide de Souza Soeiro lamenta a destruição de um patrimônio e explica que os alunos das salas que foram destruídas não estão prejudicados. “Esses alunos não estão prejudicados. Estão remanejados em outras classes até a finalização das obras”, explicou a gestora.

“Admiro a força de vontade destas crianças, o desejo pelo conhecimento e também nossa, como professor, de saber da importância em manter as atividades em curso apesar de estarmos em um momento de improviso. Apesar disso, estamos vendo a ação efetiva do Governo do Estado em repressão a estes atos e esperamos que eles não ocorram mais”, enfatizou a professora de história Luzia Santos.

O secretário Moacir Feitosa ressaltou que, apesar destas ameaças, o calendário escolar não foi alterado. “Os alunos não foram prejudicados. Professores estão em sala de aula e onde houve a necessidade fizemos remanejamentos para que as atividades não sejam interrompidas e possamos seguir o que foi planejado para todo o ano letivo, como estamos conseguindo cumprir”, pontuou Moacir Feitosa.

Segurança Reforçada

A Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA) executa um plano de contenção e prevenção contra estes atos criminosos e outros crimes, desde o início das ocorrências. O foco é proteger a população com a guarda em pontos estratégicos como paradas de ônibus, áreas com registro de ocorrências e locas suspeitos.


Como resultado dessas ações realizadas pelas Forças de Segurança Pública, 95 suspeitos já foram apresentados pela Superintendência Estadual de Investigação Criminal (Seic). A SSP orienta que os cidadãos repassem informações que ajudem a polícia no combate ao crime por meio do número do aplicativo Whatsapp (98) 9.9163.4899, compatível com todos os sistemas operacionais, ou pelo Disque Denúncia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...