quarta-feira, 12 de outubro de 2016

Braide, uma ameaça à parceria entre o Governo do Estado e a Prefeitura de São Luís

Hospital da Criança, 14 avenidas interbairros e tudo o mais que está sendo feito pode se perder em meio ao ódio dos Sarney. 
Edivaldo e Flávio Dino na inauguração da interbairros Ponte Pai Inácio, no Turu
Por JM Cunha Santos

“São Luís, 1 de janeiro de 2013. Hospitais de urgência e emergência sob intervenção do estado, malha viária dos bairros destruída, servidores com salários atrasados. A cidade estava um caos. A dívida da Prefeitura era de cerca de R$ 1 bilhão”.

Esse trecho de um artigo do jornalista Robson Paz, referente à data em que o prefeito Edivaldo Júnior assumiu o governo do município, mostra o quanto São Luís pagou pela ausência de uma parceria entre a Prefeitura e o Governo do Estado. Parceria que só veio a acontecer com a chegada de Flávio Dino ao governo, depois de quatro mandatos de Roseana Sarney e que pode acabar se o candidato Eduardo Braide vencer essa eleição. Pode acabar porque, por mais que negue, Braide é candidato dos Sarney e o ódio dos Sarney fora do poder é muito grande. Eles só esperam uma oportunidade, qualquer uma, para decretar, mais uma vez, o rompimento e o fim da parceria entre a Prefeitura e o governo do Maranhão. Para azar de São Luís.

Nos dois anos da parceria entre Flávio Dino e Edivaldo Júnior, São Luís ganhou com a construção do Hospital da Criança, no valor de R$ 14 milhões; revitalização e urbanização do retorno do aeroporto, ao custo de R$ 3 milhões; construção da Praça da Lagoa, ao valor de R$ 3 milhões; alterações e melhoramentos no retorno da Forquilha, ao custo de R$ 8 milhões; requalificação de mais de 120 km de ruas e avenidas de São Luís (Mais asfalto) com alcance em cerca de 350 ruas e 20 bairros: 20,6 milhões.

Esta parceria permitiu também a assinatura de convênio para implantação de 14 avenidas interbairros, das quais 5 já estão em funcionamento, construção da Ponte Pai Inácio, obra de revitalização da Praça Nauro Machado, revitalização do Skat Parque no Complexo Canhoteiro, revitalização da Praça da Avenida Litorânea, revitalização do Parque Folclórico da Vila Palmeira, recuperação da Praça da Memória e do Coreto da Avenida Beira Mar, dentre outras obras como a reforma da Praça Manuel Beckman, inauguração de um Centro de Referência e Assistência Social (CRAS) e reforço estrutural na ponte sobre o rio Calhau.

Apenas pensar na importância vital, para estudantes e trabalhadores, da abertura de 14 avenidas interbairros e no que isso significa em termos de mobilidade urbana para esta cidade, já dá uma dimensão exata do que a cidade perdeu com a guerra do governo Roseana e seus compadres contra a Prefeitura. Perdeu e ainda pode perder se, por acaso, o candidato de Sarney, Eduardo Braide, ganhar essa eleição.

Sem contar a Estação de Tratamento de Esgoto do Vinhas, que permitiu ao povo tomar banho sem medo nas praias de São Luís.


Com a Prefeitura nas mãos, os Sarney vão esquecer os problemas da cidade, como sempre esqueceram e só vão agir para tirar Flávio Dino do poder. 

Um comentário:

  1. Como assim ? Será se o governador irá ter a mesma atitude de Rosegana? Falavam tanto que ela não ajudava o prefeito pois era oposição será se Flávio Dino vai virar as costa p Braide vamos ver e nessas hrs que sabemos quem é quem as palavras tem.poder de levantar e de derrubar

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...