terça-feira, 11 de outubro de 2016

Diálogo e parceria devem continuar

Flávio Dino e Edivaldo entregam obra do programa "Mais Asfalto"
Por Robson Paz
Radialista, jornalista e Subsecretário de Comunicação Social e Assuntos Políticos

Edivaldo e Robson Paz
Mais de 650 mil eleitores de São Luís voltarão às urnas, no próximo dia 30, para eleger o prefeito da capital do Maranhão, nos próximos quatro anos. Decisão que carrega em si elevado nível de responsabilidade.

A maioria da população de São Luís certamente vive a experiência de acompanhar governo do Estado e prefeitura trabalhando juntos. Parceria em áreas essenciais, como saúde, educação, infraestrutura e segurança que melhoram visivelmente a prestação de serviços públicos, por consequência a melhoria da qualidade de vida das pessoas. Não era assim!

Por décadas, governo e prefeitura viveram distantes no campo administrativo. A boa política sucumbiu aos projetos políticos, pessoais, ideológicos. A população pagou caro por gestões isoladas. Num passado recente, assistimos cenas bizarras de pacientes em ambulâncias do município impedidos de acessar dependências das UPAs e outros hospitais estaduais, por determinação dos outrora ‘poderosos’ da saúde estadual; tentativa de subjugar o município na relação com os Socorrões; inexistência de diálogo para a recuperação da infraestrutura viária da cidade, entre outros.

A superação deste quadro provinciano, paroquial começou a partir da eleição e posse do governador Flávio Dino em janeiro de 2015. A política de boicote, perseguição foi substituída por ações compartilhadas, parcerias.

Contudo, este novo momento deu-se em meio à maior crise econômica e política enfrentada por nosso país. De um lado temos uma população cada vez mais consciente de seus direitos a reivindicar com justiça melhores serviços públicos e políticas sociais. De outro, uma economia retraída, cujos principais penalizados são município e estado com a redução das receitas. Quais sejam, as transferências constitucionais e a arrecadação própria. Esta em face da retração econômica.

Por isso mesmo, devem ser reconhecidos gestores capazes de navegar em meio às tempestades econômicas e políticas sem comprometer a segurança da população como prestação dos serviços públicos.

Cabe ressaltar a forma competente e corajosa adotada pelo prefeito de São Luís, Edivaldo Júnior. Desde o primeiro dia de seu mandato, procurou os governos estadual e federal em busca de parcerias. Foi solenemente ignorado por aquele.

Edivaldo enfrentou toda sorte de problemas herdados da gestão anterior e advindos da crise. Contudo, há um ano e dez meses, a cidade tem colhido benefícios do diálogo e parcerias executadas, principalmente na infraestrutura. Obras prometidas há meio século enfim foram realizadas. Estes, aliás, serão os combustíveis capazes de manter a esperança da população em superar a crise com melhorias reais para os ludovicenses.

Um comentário:

  1. A cidade passou por uma transformação absurda!Menos engarrafamentos em diversas áreas , grandes obras.Edivaldo trabalhou muito por São Luis.

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...