segunda-feira, 10 de outubro de 2016

Índice de homicídios caiu 25% na grande ilha em setembro

Dados levantados pela Secretaria de Segurança Pública (SSP) do Governo do Maranhão mostram que houve nova queda nos índices de violência durante o mês de setembro nos quatro municípios da Região Metropolitana da Grande Ilha. O levantamento considera os Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI), categoria usada nacionalmente que reúne homicídios, latrocínios e lesões seguidas de morte. A redução é significativa tanto em relação ao mesmo período do ano passado, quanto em relação ao mesmo mês de 2014.

O número total de Crimes Violentos Letais caiu em 25% na comparação com o mesmo mês de 2014. Foi o sétimo mês consecutivo com queda no índice. No acumulado do ano, também houve redução. De janeiro a setembro deste ano, o número de crimes letais contra a vida foi 20% menor que o do mesmo período de 2014. A principal redução ocorreu na cidade de São Luís, onde o número total de crimes violentos letais caiu de 521 em 2014 para 411 este ano.

Considerando somente os casos de homicídios, a redução é ainda maior: de 30% na comparação com o mesmo mês de 2014. No acumulado do ano, houve 20% menos homicídios na Grande Ilha que no mesmo período de 2014. Já as lesões seguidas de morte tiveram queda de 71% no acumulado de janeiro a setembro deste ano.

Os casos de estupro também seguem trajetória descendente importante. Em setembro, houve 30% menos casos na Região Metropolitana de São Luís. Ao longo deste ano, a queda foi ainda mais significativa: 40% menos casos na comparação com o mesmo período de 2014.

Queda continuada

A queda deste tipo de crime tem sido gradativa e é resultado de medidas específicas executadas para o combate, pontua o delegado geral de Polícia Civil, Lawrence Melo. Entre as medidas que foram tomadas pelo governo estão a criação de uma área que passou a tratar exclusivamente dos casos. O trabalho da Superintendência de Homicídios fez com que 40% dos crimes cometidos nos sete primeiros meses do ano tivessem seu autor identificado em menos de 72 horas. Em janeiro de 2015, esse percentual era de apenas 8%.

Essa melhoria de 300% no índice de solução de homicídios é fruto da reestruturação física e de pessoal promovida pelo Governo do Maranhão na Segurança Pública do Estado, de acordo com o delegado Geral, Lawrence Mello, e colabora com a diminuição da criminalidade registrada, por exemplo, na Região Metropolitana de São Luís. “O que nós observamos é que um homicida geralmente comete mais de um crime, e, quanto antes essa pessoa é identificada, mais rapidamente podemos representar o mandado de prisão na Justiça, cumpri-lo e tirá-la das ruas, evitando que ela cometa novos crimes dessa natureza’, explicou o delegado.


Os dados de setembro e deste ano consolidam a tendência de queda dos números de violência no estado, após o recorde negativo obtido no último ano da gestão Roseana Sarney. No período entre 2004 e 2014, a taxa de crescimento desse tipo de violência foi de 244,3% de acordo com Atlas da Violência no Brasil, divulgado em março deste ano pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Já em 2015, houve queda de 20%, que vêm se consolidando, como comprovam os novos dados deste mês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...