segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Líder do Governo rebate acusações de candidato derrotado em São Luís

O líder do governo, Rogério Cafeteira, enquadrou o deputado e candidato derrotado, Eduardo Braide que fez acusações levianas contra Flávio Dino e Edivaldo Holanda
Mesmo achando que não teria resposta imediata, por não ter permitido apartes a nenhum deputado durante o seu discurso, o deputado Eduardo Braide, que foi derrotado no último domingo na eleição a prefeito de São Luís, recebeu uma resposta à altura por parte do líder do governo, o deputado Rogério Cafeteira. Braide acusou o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda Jr de usarem a máquina pública para beneficiar a reeleição do atual prefeito.

Durante a defesa, feita de maneira bastante coerente, Cafeteira desmentiu as acusações levianas de Braide, ressaltando as posturas corretas do governador e do prefeito de São Luís. O parlamentar disse que não vai aceitar que sejam feitas acusações a pessoas de bem como eles e que continuará fazendo as defesas por convicção. De acordo com o deputado, caso tivesse alguma reclamação, o candidato derrotado deveria fazê-la formalmente à Justiça e o desafiou a provar alguma denúncia.

“Fica aqui a minha indignação com a acusação do deputado Eduardo Braide de que o governador Flávio Dino e o prefeito Edivaldo Holanda tivessem usado máquinas públicas. Esta é uma acusação leviana. Eu aqui desafio o deputado a provar que a máquina foi utilizada. A Justiça Eleitoral está aí de portas abertas, se houveram essas irregularidades, que ele conteste na Justiça com uma ação e comprove”, contestou Cafeteira.

O deputado aproveitou para avisar que estará disposto ao debate e a fiscalização de municípios do Maranhão inteiro, enquanto for deputado. “Mas o tom do debate será dado não por mim, mas por quem acusou o governador de colocar a máquina do Estado a favor de algum candidato. Estou pronto para o debate. Aqui você não vai ter dois anos, onde você não responde nada e só ataca”, disse.

Rogério Cafeteira fez uma rápida reflexão e disse que se tivessem “máquinas” trabalhando para o governo, não existiria uma enorme quantidade de prefeitos que não foram reeleitos. O parlamentar afirmou que as parcerias institucionais pelo bem da população não podem ser criticadas.

HUMILDADE

Cafeteira cobrou humildade do colega que perdeu nas urnas, também em relação à postura quando recebe críticas da imprensa – que foi duramente atacada durante discurso de Braide, que se disse perseguido por blogueiros e jornalistas, durante a campanha eleitoral.


“Temos que ter humildade de receber a crítica daqueles que estão ali (no Comitê de Imprensa), de blogueiros e de jornalistas. Nós somos pessoas públicas e por isso temos que responder por nossa história de vida. A nossa história de vida não começou hoje e se você quer ocupar um cargo público você tem obrigação de dar esclarecimento sobre sua história, essa é a verdade. O que não podemos nunca aceitar é que tentem calar a imprensa”, destacou.

2 comentários:

  1. Concordo com o Deputado, pessoas públicas precisam terem seus atos de conhecimento da sociedade, se Braide não tivesse feito nada de irregular, ele não teria sofrido essas acusações, ele paga por seus erros.

    ResponderExcluir
  2. Ta de parabens rogerio. Esse Braide nao gosta de receber criticas e so quer ser o dono da razao.

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...