terça-feira, 22 de novembro de 2016

Laudo técnico do homicídio de Mariana Costa será apresentado nesta quarta-feira

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) apresentará, na manhã desta quarta-feira (23), às 9h, no Auditório Leofredo Ramos, no Outeiro da Cruz, os laudos técnicos referentes ao assassinato da publicitária Mariana Costa.

Ela foi morta, de acordo com as primeiras investigações, por esganadura e ou sufocação, no domingo (16), dentro de seu apartamento no condomínio Garvey Park, na Avenida São Luís Rei de França, em São Luís.

Lucas Leite Ribeiro Porto (37), marido da irmã de Mariana Costa, assumiu a autoria do crime durante interrogatório, registrado na presença de três advogados, além do delegado responsável pela Superintendência Estadual de Homicídio e Proteção à Pessoa (SHPP), Leonardo Diniz.

Porto disse que ao chegar ao apartamento Mariana estava despida, momento em que ele tentou abusar sexualmente dela. O assassino admitiu, também, que nutria forte desejo pela cunhada.

“Ele disse que tinha uma atração muito forte pela Mariana. Disse que foi ao quarto e a encontrou sem roupa. Lá, resolveu consumar seu desejo sexual. Daí se chegou a um resultado morte”, disse o secretário Jefferson Portela, em entrevista coletiva.

Lucas Porto só resolveu assumir a autoria do crime após a divulgação de imagens que mostraram a movimentação dele no condomínio, às 14h35, quando chega para deixar Mariana e as meninas, saindo em seguida para deixar a sogra em casa; o retorno dele, às 15h14, subindo ao apartamento pelo elevador; e a saída, às 15h54, quando desce as escadas apressadamente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...