domingo, 20 de novembro de 2016

Manhã sangrenta: Mulher grávida e motociclista são mortos a tiros em Paço do Lumiar; motorista fica ferido

Duas pessoas morrem durante perseguição e troca de tiros em Paço do Lumiar; uma mulher grávida morreu dentro da Delegacia do Maiobão
Um motoqueiro que estava passando pela estrada da Maioba, foi atingido por bala perdida, e acabou morrendo no local
Dua pessoas foram mortas por volta das 10h deste domingo (20), no município de Paço do Lumiar, região metropolitana de São Luís, por quatro elementos encapuzados que ocupavam um veículo gol vermelho. 

Uma das vítimas é uma mulher gravida de três meses, atingida por um disparo na cabeça. Ela morreu dentro do veículo Saveiro, em frente à Delegacia do Maiobão.

De acordo com informações, a perseguição iniciou na estrada da Maioba, após os ocupantes do gol vermelho, encapuzados e com coletes, fortemente armados, terem avistado as duas pessoas que estavam na Saveiro.

Durante a perseguição aos ocupantes da Saveiro – um homem e uma mulher grávida, até o momento não identificados - os elementos efetuaram vários tiros contra o casal.

Seguindo em fuga pela estrada da Maioba, um motoqueiro que passava pelo local que não tinha nada haver com o caso, acabou sendo atingido com dois tiros no peito e morreu no local.

Desesperados, os ocupantes da Saveiro, vendo que iam ser executados entraram na estrada do Sítio Grande, e vieram sentindo ao bairro do Maiobão, no intuito de pedir ajuda na Delegacia.

Ao chegarem à delegacia, os assassinos fizeram vários disparos na direção do veículo saveiro, atingindo a cabeça da jovem que estava grávida e o condutor do veiculo. A jovem não resistiu aos ferimentos e veio a óbito no local, já o motorista do veiculo foi em estado grave ao Hospital Socorrão 2.

Os ocupantes do gol vermelho, após efetuarem os disparos que também atingiu o prédio da delegacia do Maiobão, evadiram-se do local, tomando rumo ignorado.

Os corpos das duas vítimas - do motoqueiro atingido na estrada Maioba e da jovem grávida, executada na delegacia do Maiobão - estão aguardando o Instituto Médico Legal (IML) para remoção do corpo.

O veículo Saveiro Cross em que estava o casal ficou crivado de balas. Foram aproximadamente 15 disparos contra o veículo e as vítimas.

A mulher foi identificada como Eriedna Silva Melo, de 32 anos, e o motociclista Jefferson Machado, de 26 anos. O motorista da Saveiro, esposo de Eriedna, foi identificado como Jackson Dutra Ataíde, 23 anos.


Os assassinos tinham como alvo Jackson Ataíde, que estaria envolvido com a venda de entorpecentes na área da Vila São José, onde reside.  Há três anos, ele chegou a ser preso acusado do assassinato de um PM, mas acabou sendo liberado.

Em um vídeo divulgado no whatsapp, o motorista baleado, já na delegacia do Maiobão, disse que estava indo jogar bola. 

A polícia trabalha com a possibilidade de ter sido um acerto de contas ou mesmo um crime de encomenda. Talvez o motorista atingido pelos disparos possa dar pistas que levem a polícia a identificar e prender os criminosos.

O que mais espanta nesse caso foi a ousadia dos criminosos de efetuar mais disparos e executar a mulher em frente à delegacia. 

A Polícia Civil vai investigar o caso para descobrir quem são os ocupantes do veiculo que teriam efetuado os tiros que matou as duas pessoas.

Veja vídeo feito em frente à Delegacia do Maiobão. São imagens fortes.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...