quarta-feira, 2 de novembro de 2016

Procuradoria denuncia 443 ex-deputados pela ‘Farra das Passagens’, diz site

Congresso em Foco aponta que ex-parlamentares são acusados por peculato em caso revelado em 2009
VEJA AQUI QUEM SÃO OS EX-DEPUTADOS DENUNCIADOS
O secretário do Programa de Parcerias de Investimentos do 
governo Michel Temer, Moreira Franco,  
está na lista de ex-parlamentares denunciados
O Estado de São Paulo

A Procuradoria da República na 1ª Região denunciou 443 ex-deputados no caso da “Farra das Passagens” por uso indevido de dinheiro público. Os ex-parlamentares são acusados por peculato. As informações foram divulgadas nesta quarta-feira, 2, pelo site Congresso em Foco.

Na lista de ex-parlamentares denunciados, estão o secretário do Programa de Parcerias de Investimentos do governo Michel Temer, Moreira Franco, o prefeito reeleito de Salvador, ACM Neto (DEM), o ex-ministro Ciro Gomes, os ex-deputados Antonio Palocci (PT) e Eduardo Cunha (PMDB-RJ) – ambos presos na Operação Lava Jato.

Em 2009, a revelação de que deputados e senadores usavam recursos do Congresso para pagar passagens para amigos e familiares viajarem no Brasil e no exterior ficou conhecida como “Farra das Passagens”. Na época, o presidente da Câmara era Michel Temer (PMDB), hoje presidente da República.

Os ex-parlamentares se tornarão réus se a Justiça aceitar a denúncia. Segundo o Congresso em Foco, as acusações contra os ex-deputados estão distribuídas em 52 denúncias subscritas pelo procurador Elton Ghersel.

Caberá ao relator, o desembargador Olindo Menezes, do Tribunal Regional Federal da 1ª Região receber ou rejeitar a acusação do Ministério Público Federal.


Um comentário:

  1. Deveria postar logo os nomes das beldades daqui do maranhão seria mais fácil do que abri pdf onde estão citados o vice governador Carlos Brandão , dura, madeira e outras celebridades da nossa vergonhosa politica

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...