Mais Asfalto

Mais Asfalto

Feirinha Prefeitura

Feirinha Prefeitura

quarta-feira, 11 de janeiro de 2017

Rodoviários realizam duas assembleias nesta quinta-feira e podem deflagrar greve na próxima semana

Isaías Castelo Branco: greve pode ser deflagrada na
próxima semana por não cumprimento de acordo
pelos empresários
Em entrevista ao programa ‘Comando da Manhã’, na Rádio Timbira, nesta quarta-feira (11), o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Isaías Castelo Branco, descartou a possibilidade de os motoristas de ônibus de São Luís paralisar as atividades na próxima sexta (13).

Segundo ele, o que está definido é que, nesta quinta-feira (12), serão realizadas duas assembleias da categoria na sede do sindicato, uma pela manhã e outra à tarde, para discutir a situação dos trabalhadores diante da recusa das empresas em cumprir acordos.

“Vamos discutir a situação da categoria que continua sendo desrespeitada pelos empresários. Temos 300 trabalhadores que foram demitidos das duas empresas que deixaram de operar no sistema, por conta da licitação, que continuam desempregados. O acordo firmado era para que dois consórcios contratassem esses trabalhadores, mas, até agora, isso não foi cumprido", disse o presidente, acrescentando que tem também a questão das condições de trabalho, pois o horário de descanso não é respeitado, além das péssimas condições dos pontos finais.

Esses 300 trabalhadores tinham vínculo com as empresas Gemalog e Menino Jesus de Praga, que deixaram de circular. Até o momento, além de não terem sido recontratados por outras empresas, eles continuam sem receber os valores das rescisões de contratos.

“O que os trabalhadores que estão desempregados receberam foi somente o valor do FGTS que estava depositado. Nem sabemos ainda se todos os depósitos foram efetuados corretamente. Ainda vamos fazer o levantamento. Faltam as rescisões de contratos de trabalho, bem como o pagamento da multa de 40% do valor do FGTS”, acrescentou o presidente.

Ele disse, ainda,  que o sindicato vai ajuizar uma ação trabalhista contra a Prefeitura de São Luís e as empresas Gemalog  e Menino Jesus de Praga por não pagamento das rescisões contratuais dos 300 rodoviários.

Nas duas assembleias desta quinta-feira deve sair indicativo de paralisação somente para a próxima semana. Segundo Isaías Castelo Branco, o sindicato tem que cumprir o prazo previsto em lei para deflagração de greve.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...