Fiscalização Fotossensores

Fiscalização Fotossensores

terça-feira, 21 de fevereiro de 2017

Morre recém-nascida encontrada em caixa de papelão no bairro Janaína, em São Luís

A recém-nascida encontrada em uma caixa de papelão morreu na tarde desta terça-feira (21) na UTI neonatal do Materno Infantil, unidade do Hospital Universitário Presidente Dutra.

A bebê foi encontrada na manhã de hoje na porta de uma casa no bairro Janaína, na região da Cidade Operária, em São Luís. Ao ouvir o choro, a proprietária do imóvel saiu à porta e se deparou com uma caixa de papelão com a recém-nascida dentro, aparentando ser prematura.

Pelas informações de moradores, ainda estava com o cordão umbilical, sem nenhum tipo de proteção e com o corpo muito frio. Um dos moradores ainda chegou a cauterizar o umbigo. Imediatamente foi aquecida e levada a uma unidade de saúde, ainda com vida.

A recém-nascida havia sido levada inicialmente ao Hospital da Criança, no bairro Alemanha, mas, devido à gravidade de seu estado de saúde, foi transferida para o Materno Infantil. Mesmo com as manobras de reanimação, a recém-nascida não resistiu e morreu.

A proprietária da casa e seus familiares acompanharam a bebê ao hospital, pois tinham a intenção de adotá-la.

A polícia vai trabalhar para identificar a mãe que deve responder por abandono de incapaz ou mesmo por infanticídio (art. 123 do Código Penal), que tem pena prevista de 2 a 6 anos de reclusão.

Acredita-se que será fácil identificá-la porque deve ter dado entrada em alguma casa de saúde para tratamento pós-parto. Serão verificados registros de entrada, principalmente no Socorrão II, na área da Cidade Operária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...