Mais Asfalto

Mais Asfalto

sábado, 25 de março de 2017

Ex-governador do Piauí atira, luta e é desarmado por trabalhador em Luís Correa

Zé Filho diz que um chalé está sendo construído em terreno dele em Luís Correa, no litoral do Piauí

O ex-governador do Piauí, Antônio José de Moraes Sousa Filho, o "Zé Filho" envolveu-se numa confusão com trabalhadores neste sábado (25), e de posse de uma escopeta calibre 12, atirou contra um chalé em construção nas proximidades da casa dele, no povoado Macapá, no município de Luís Correia, no litoral do Piauí.

Ao atirar contra um chalé em construção, Zé Filho por pouco não atingiu com um tiro o trabalhador Francisco Izaura França Filho, o "Chiquinho", que reagiu, entrou em luta corporal com o ex-governador e tomou-lhe a arma.

A atitude do ex-governador Zé Filho, presidente da Federação das Indústrias do Piauí - Fiepi, chocou a comunidade, porque ele teria tentado mostrar força e poder com o uso de uma arma de fogo, quando o normal seria o diálogo ou acionar a Justiça.

O ex-governador, segundo relatos de moradores, estava em visível estado de embriaguez e revoltado porque o chalé está sendo construído em uma área de terreno que seria de Zé Filho. O terreno fica nas proximidades de uma casa dele, no povoado Macapá, em Luís Correia, no litoral do Piauí.

Há tempos o ex-governador Zé Filho vem protagonizando discussões contra as invasões de áreas de terrenos nas proximidades da casa dele, em Macapá.

Poucos meses depois de deixar o cargo de governador mandou derrubar cercas que estavam sendo construídas em um terreno entre a casa dele e a praia. Na época não houve confusão porque a comunidade apoiou a abertura das ruas de acesso à praia.

Os conflitos por terra naquela área tem se tornado comuns por conta da grande expansão do local e da especulação imobiliária que vem crescendo. Os conflitos também englobam o povoado "praia" de Barra Grande.

A família do ex-governador Zé Filho - Moraes Souza - é uma das que têm muitas terras em Luís Correia, notadamente em áreas de praias como as de Maramar e Macapá. A grande parte em "área de Marinha".

Com informações do Meio Norte e Piauí Hoje

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...