Mais Asfalto

Mais Asfalto

quarta-feira, 29 de março de 2017

Polícia Civil apreende 12 kg de crack e prende suspeitos de tráfico no bairro Pão de Açúcar

A droga está avaliada em R$ 200 mil.
A polícia está intensificando as ações de combate aos grandes traficantes de drogas na região metropolitana de São Luís

A Secretaria de Segurança Pública (SSP) apresentou, na manhã desta quarta-feira (29), no auditório do Centro Integrado de Operações de Segurança (CIOPS), José de Ribamar Pimenta Barros, de 20 anos, e Alessandra Pinheiro Lopes, de 33 anos, suspeitos de tráfico de drogas. Eles foram presos na terça-feira (28), por volta de 18h, no bairro Pão de Açúcar, região do Anil, em São Luís.

Com a dupla, os policiais apreenderam 12 tabletes de uma substância com características de ser crack, 58 invólucros da mesma substância e uma balança de precisão. A droga apreendida está avaliada em aproximadamente R$ 200 mil.

O Delegado Geral de Polícia Civil, Lawrence Melo, informou que os entorpecentes comercializados, principalmente o crack, vem gerando destruição das famílias, pois é uma droga das mais destrutivas no mercado.

“Por conta disso, estamos deixando de combater apenas o pequeno traficante. Buscamos também a prisão do grande traficante, que comercializa os entorpecentes em grande quantidade. Ratificamos assim o combate contra o tráfico de drogas na região metropolitana de São Luís e nos municípios maranhenses”, ressaltou o Delegado Geral.
 
O superintendente da Senarc, Carlos Alessandro, disse que as investigações iniciaram por conta de várias denúncias pelo aplicativo do WhatsApp (99163-4899), dando conta que os presos estavam realizando tráfico de drogas na região do bairro Pão de Açúcar.

Ele acrescentou que a prisão do casal ocorreu depois de uma investigação de mais de 30 dias, com monitoramento da dupla.

“Na residência deles funcionava um local de comercialização de drogas. Durante a abordagem pela equipe da Senarc, eles foram flagrados com os 12 tabletes de crack. Os entorpecentes apreendidos estão avaliados em cerca de 200 mil reais, onerando assim o caixa desses criminosos, que agem na região metropolitana de São Luís”, disse Carlos Alessandro.

Após serem ouvidos, os presos  foram autuados pelos crimes de tráfico de entorpecentes e associação para o tráfico e permanecerão à disposição da Justiça.

As investigações continuarão no sentido de identificar se há outros envolvidos, pois há suspeitas de que a dupla estaria trabalhando para um possível grande fornecedor de droga para várias regiões de São Luís.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...