Mais Asfalto

Mais Asfalto

domingo, 9 de abril de 2017

Em Teresina, 16 ônibus são apreendidos pela justiça por atraso no pagamento de financiamento

O dono da empresa Dois Irmãos, Marcelino Lopes, diz que o problema de atraso no pagamento do financiamento se deve à crise econômica
 O empresário Marcelino Lopes, vice-presidente do Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Teresina (Setut) e presidente da empresa Dois Irmãos, confirmou ao Cidadeverde.com que 16 ônibus de três empresas foram apreendidos no sábado (08).

Além de sua empresa, os ônibus da Emtracol e São Cristóvão foram recolhidos por um oficial de justiça cumprindo um mandado de busca e apreensão. A frota faz parte do consórcio que faz linha para a zona Sudeste.

Há informações de que os ônibus apreendidos são da fabricante Volvo, com a qual as empresas possuem financiamento e que este não estaria sendo cumprido junto ao banco da fabricante.

Marcelino informou que o motivo é individual de cada empresa, mas que “certamente é fruto da crise econômica brasileira”.  “Poderia ser qualquer outro banco. Tem a ver com a situação do país. A crise piauiense está braba. Mas, como as empresas piauienses, em geral, são excelentes cumpridoras das suas obrigações acreditamos que isso será brevemente resolvido”, destacou o vice-presidente do Setut.

O presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Empresas de Transporte Rodoviário (Sintetro), Fernando Feijão, foi informado sobre a apreensão dos ônibus ainda ontem. Ele pretende visitar as garagens na manhã desta segunda-feira (10) para ver como ficará a situação trabalhista dos motoristas e cobradores.
Feijão afirmou que não sabe como as empresas irão repor os ônibus para poderem circular normalmente na segunda, pois muitas trabalhariam sem veículos reserva. "Amanhã vai ser um dia atípico para usuários e trabalhadores", avisa.

Já Marcelino Lopes acredita que as empresas terão reservas suficientes para cobrir essa “falta momentânea”. “Não acredito (em prejuízo para a população), do ponto de vista de quantidade. De qualidade penso que sim. Mas, tenho otimismo que qualquer que seja a pendência, esta será sanada”, declarou.

Strans

Segundo a assessoria de comunicação da Strans, foi solicitado que o consórcio colocasse carros da frota reserva para resolver o problema e não prejudicar os usuários. A superintendência está fazendo o monitoramento para saber se as ordens de serviços estão sendo cumpridas.

A assessoria afirma ainda que amanhã cedo, as equipes de fiscalização estarão nas garagens para averiguar as saídas e por volta das 9 horas terá uma análise da situação.

Informações do site Cidade Verde

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...