Mais Asfalto

Mais Asfalto

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Além de jatinho da JBS, Temer voou em helicóptero de outra empresa quando era vice

Sócio de empresa que cedeu avião também atua em empreiteira investigada na Lava-Jato
POR EDUARDO BRESCIANI
O Globo

BRASÍLIA - O presidente da República, Michel Temer, utilizou em 2014 um helicóptero de empresa privada. Ele fez o deslocamento de ida e volta entre São Paulo e Tietê (SP), sua cidade natal, em 9 de março daquele ano. A informação foi divulgada pelo site do jornal Zero Hora, que publicou fotos de Temer desembarcando do helicóptero. A aeronave pertence a Juquis Agropecuária, que tem como dono um empreiteiro sócio de uma empresa investigada na Operação Lava-Jato, a Construbase Engenharia.

O piloto José de Oliveira Cerqueira levou a família de Temer da Bahia para São PauloPiloto confirma versão de Joesley sobre voo com Temer

Na semana passada, o presidente se envolveu em uma polêmica ao primeiro negar ter voado em um jatinho da JBS em 2011 e depois ter admitido voar em uma aeronave sem que soubesse quem era o dono. Joesley Batista, proprietário da empresa, porém, disse que Temer ligou para agradecer por ter colocado flores no avião. Nas duas ocasiões ele era vice-presidente da República.

O helicóptero utilizado por Temer em 2014 tem o prefixo PR-VDN e, segundo o registro da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), pertence à Juquis Agropecuária desde janeiro de 2013. A empresa é de propriedade de Vanderlei de Natale. Ele também é sócio-administrador da Construbase, empreiteira que é investigada na Lava-Jato por participar de um consórcio sob suspeita de ter pago propina de R$ 39 milhões desviada do Centro de Pesquisas e Desenvolvimento Leopoldo Américo Miguez de Mello (Cenpes), no Rio de Janeiro.

Temer viajou para Tietê no dia 9 de março de 2014 para participar das festas de comemoração dos 172 anos de emancipação política do município. O então vice-presidente foi o principal homenageado do evento, que teve apresentação da orquestra Bachiana Filarmônica, regida pelo maestro João Carlos Martins. A Zero Hora publicou fotos de Temer desembarcando do helicóptero. Segundo o jornal, ele foi e voltou na mesma aeronave.

O GLOBO procurou o Planalto na noite desta terça-feira. Depois de ter informado ao jornal Zero Hora que a viagem havia sido feita em aeronave da FAB, o Planalto corrigiu a informação e admitiu que Temer usou helicóptero privado. "Em 2014, o então vice-presidente viajou para o aniversário de Tietê no helicóptero de um amigo, Vanderlei de Natale", informou a assessoria do presidente. A resposta equivocada a Zero Hora teria sido provocada por uma confusão com outra viagem em 2013 em que Temer teria usado aeronave da FAB.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...