quarta-feira, 12 de julho de 2017

Diretor da EMAP, alvo de operação da PF, diz que obras investigadas foram licitadas na gestão de Roseana Sarney

O diretor de Engenharia e Manutenção da EMAP, Eugênio Mendonça, alvo de operação da Polícia Federal deflagrada nesta quarta-feira (12), disse que os processos de dragagem e batimetria de obras no Porto do Itaqui foram licitados no governo de Roseana Sarney. Ele apenas passou a acompanhar a execução e fiscalização desses processos.

Segundo ele, os pagamentos eram realizados mediante medições sistemáticas e obedecendo todos os trâmites administrativos, conforme prevê a Lei nº 8.666/93.

“A investigação tem origem em denúncias infundadas de um ex-funcionário da empresa, que de forma inconsequente faz afirmações que não condizem com a realidade dos fatos”, diz o diretor afastado de suas funções.

Ele acrescenta que sempre se colocou à disposição dos órgãos oficiais e que está disponível para esclarecimentos, a fim de que a verdade seja comprovada

‘Tenho convicção e que nada de ilegal foi feita na execução do contrato”, encerra.

Leia a íntegra do que diz Eugênio Mendonça
NOTA da EMAP – Empresa Maranhense de Administração Portuária

A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap) informa que na manhã desta quarta-feira, 12 de julho de 2017, houve o cumprimento de um Mandado de Busca e Apreensão, referente ao processo de dragagem realizado pela empresa Jan De Nul do Brasil e serviço de batimetria realizado pela empresa Fotogeo, ambos licitados em 2014, ainda na gestão passada, e executados no começo de 2015.

A decisão judicial refere-se a fatos que remontam ao ano de 2009, ainda em debate administrativo no âmbito do Governo Federal. Os serviços foram concluídos e a batimetria foi homologada pela Marinha do Brasil.


A EMAP colabora com toda e qualquer investigação, reafirmando o compromisso da atual gestão com a transparência e probidade.

Um comentário:

  1. Incrível como todo mundo quer destruir a EMAP . Hoje em todo estado é o órgão de referência em gestão pública. Em um ano saltou de 400 mil de lucro para 61 milhões. Isso não acontece se existe roubo.Funcionario demitido deve ser mais um que os ventos do novo Maranhão colocou para correr devido sua incompetência é arrogância.

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...