Emap

Intervenções no trânsito

Intervenções no trânsito

sexta-feira, 15 de setembro de 2017

Após uma semana da denúncia, "quadrilhão do PMDB" atormenta Sarney

Arrolado em uma denúncia do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, enviada ao Supremo Tribunal Federal (STF), de que integra organização criminosa que recebeu R$ 864 milhões em propina, José Sarney anda atormentado com a possível condenação que pode prendê-lo por até oito anos.

O desespero do velho oligarca transparece com a intensificação da fábrica de mentiras e factoides dos seus veículos de comunicação contra o governador Flávio Dino. O objetivo é desviar o foco da denúncia contra o “quadrilhão do PMDB”, que atuava desde 2004 até os dias atuais, segundo Janot. O desespero é maior porque é quase nula a chance de arquivamento da denúncia.  

A descoberta do desvio de R$ 18 milhões em esquema da filha, Roseana Sarney, com o então ministro da Integração Nacional, Geddel Vieira Lima, de vítimas de enchentes no Maranhão, empareda ainda mais José Sarney. Ele teme que uma delação do ex-ministro - preso com R$ 51 milhões em dinheiro em um apartamento de Salvador - possa envolver o seu nome e o da sua filha.

Atormentado com os recentes episódios, Sarney teria orientado a filha a abrir mão da candidatura ao Governo do Maranhão. Por isso que Roseana anda meio afastada e nunca mais foi vista em São Luís e em nenhuma reunião com lideranças políticas.

Os Sarneys vivem hoje um verdadeiro inferno astral. E, mais importante do que a eleição do próximo ano, é se livrarem das barras da justiça.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...