sexta-feira, 29 de setembro de 2017

'Não fiz com eles o que eles fizeram com a Dilma', diz Maia sobre impeachment

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), atribuiu a integrantes do primeiro escalão do governo os rumores de que teria interesse na Presidência da República.

Em entrevista ao jornal “Valor Econômico”,  Maia negou interesse no cargo ocupado e afirmou que não se movimentou pelo impeachment, ao contrário do que fizeram com a ex-presidente Dilma Rousseff. O PMDB era o principal partido da base da petista.

 “Não fiz com eles o que eles fizeram com a Dilma. Talvez por isso essas mentiras criadas, para tentar criar um ambiente em que eu era o que não prestava e eles eram os que prestavam”, disse.

“Como eles fizeram desse jeito com a Dilma, talvez imaginassem que o padrão fosse esse. O meu padrão não é o mesmo daqueles que, em torno do presidente, comandaram o impeachment da presidente Dilma”, acrescentou.

Para justificar sua falta de interesse na cadeira presidencial, ele afirmou na entrevista que o presidente teria sido derrubado, se não fosse por seu esforço em manter o DEM junto ao governo no momento da primeira denúncia contra o presidente.

“Vou dizer claramente, sem nenhuma vaidade: se eu tivesse deixado o DEM sair (do governo) com o PSDB, o Michel tinha caído”, disse.

Maia diz que atuará com neutralidade na condução do processo de análise do pedido de autorização para que o Supremo Tribunal Federal (STF) julgue nova denúncia contra o presidente, mas admite que o ânimo do DEM, que deu quase todos os seus votos em favor de Temer na votação da primeira denúncia, mudou em relação ao peemedebista.

Aos risos, segundo o Valor, o deputado contou que recebeu uma mensagem de sua mãe, a chilena Mariangeles Ibarra Maia, pedindo a ele que não conspirasse contra o Temer.

“Não sei o que aconteceu que ela gosta do presidente Michel Temer”. Ela estaria entre os 3,4% da população do país que aprovam o governo federal. “Mas como é chilena, então, coitada, nem pode contabilizar a favor”, provocou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...