sábado, 18 de novembro de 2017

Mulher grávida é morta a facadas após tentativa de estupro em Santa Inês; assassino é morto a pauladas

Uma recepcionista do Hotel Copacabana ou da Neide, localizado nas proximidades da Rodoviária de Santa Inês, foi morta a facadas por um hóspede por volta de 4h da madrugada deste sábado (18).

Pelas informações da polícia, o assassino tentou estuprá-la. Como ela reagiu, ele desferiu três facadas na mulher. Identificada como Daiane Costa, ela estava grávida de três meses e tinha 20 anos. Daiane é de Paragominas, no Pará, e estava há três meses em Santa Inês.

Depois de matar a mulher,  o assassino, Ivanildo Ribeiro de Oliveira, 40 anos, foi arrastado de dentro do quarto para o pátio do hotel e morto a pauladas e pedradas por testemunhas do crime que ficaram indignadas e revoltadas com o ato de covardia. Ele morava em Maracaçumé, no Maranhão.

A vítima ainda chegou a ser socorrida, mas morreu poucos instantes depois.

Os casos de crime contra mulheres têm aumentado em todo o Maranhão. Já foram registrados já 32 casos em 2017. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...