terça-feira, 19 de dezembro de 2017

Flávio Dino revela que Carlos Brandão continua vice e confirma mudança no secretariado

Em entrevista na manhã desta terça-feira (19) a blogueiros, no Palácio dos Leões, o governador Flávio Dino deu maiores detalhes sobre a formação da chapa governista para o pleito do próximo ano.

De acordo com o comunista, Carlos Brandão, recentemente filiado ao PRB, deve continuar como vice-governador, reeditando a dobradinha vitoriosa de 2014.

“É natural que o Brandão continua, não existe nenhuma razão para que ele não continue, a não ser que ele não quisesse, o normal é que a chapa se repita”, garantiu Dino.

E relação ao Senado, Flávio voltou a confirmar o nome do deputado federal Weverton Rocha como candidato. Já a segunda vaga está em aberto e só será definida depois do mês de abril.

“Nós temos uma pré-candidatura ao Senado com amplo apoio do nosso campo político que é do deputado federal Weverton Rocha […] no caso da outra candidatura ao Senado, isso não está tão nítido assim, porque nesse momento não há nitidez para definir quem é o favorito ou quem é a favorita, e eu estou na verdade fazendo consultas, como fiz em 2014”.

Segundo o comunista, três nomes postulam a candidatura ao Senado neste momento.

“Mantemos diálogo com todos esses que almejam a segunda vaga, com todos esses que estão postulando.

Notadamente o deputado federal Zé Reinaldo, o deputado Waldir Maranhão e a deputada Eliziane Gama que são aparentemente os três que reúnem assim mais apoios no nosso plano”.

Nas palavras do governador, o trio tem alguns meses para provar qual tem mais poder de voto e de agregar na aliança do PCdoB.

Mudança do secretariado logo após o carnaval

Flávio Dino confirmou que fará uma reforma administrativa logo após o carnaval, em fevereiro de 2018.

As mudanças no primeiro escalão do governo serão motivadas por candidaturas de secretários de estado nas eleições de outubro. Dentre eles Márcio Jerry (Secretaria de Comunicação e Articulação Política), Neto Evangelista (Secretaria de Desenvolvimento Social), Simplício Araújo ( Indústria e Comércio) e Adelmo Soares (Agricultura Familiar).

Flávio não antecipou o número de secretários que deixarão suas pastas para disputar as eleições, tampouco futuros nomes que serão chamados para compor o governo.

Com informações dos blogs Marrapá e Garrone

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...