IPTU

IPTU

sábado, 27 de janeiro de 2018

Pecuarista é morto a tiros em Barra do Corda; ele já havia sido preso por crime de agiotagem


No final da tarde de sexta-feira (26), o empresário e pecuarista Raimar Costa Pinto foi assassinado em um posto de combustível de sua propriedade no bairro Altamira, em Barra do Corda.

Raimar estava no posto quando o assassino, ainda não identificado, disparou quatro tiros que o atingiram no rosto. Ele morreu ainda no local.

A polícia investiga as causas e quem teria cometido o crime contra a vida do empresário. 

O pecuarista foi preso em 2016 acusado de ser um dos maiores agiotas da região. Ele respondia ao processo em liberdade.

A prisão em 2016

Raimar Costa Pinto foi preso, em agosto de 2016,  por envolvimento em crime de agiotagem.

Na ocasião, o delegado responsável pela prisão, Renilton Ferreira, afirmou que o suspeito também foi autuado por posse ilegal de arma, invasão de domicílio, ameaças e crime ambiental.

Raimar era pecuarista e havia sido acusado de matar o cachorro de uma suposta vítima. Segundo o delegado, o pecuarista teria colocado o animal dentro de uma mala e depois abandonado em cima da cama da pessoa que vinha sendo ameaçada por ele.

Conhecido como maior agiota da região Centro Sul do Maranhão, o pecuarista mantinha relação com vários gestores da região.

No momento da prisão, foram encontrados na casa de Raimar Costa diversos documentos, anotações e promissórias relacionadas a empréstimos com juros elevados concedidos a empresários locais.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...