Prefeitura Minha Nota

Prefeitura Minha Nota

quarta-feira, 28 de fevereiro de 2018

Marco Aurélio faz Andrea Murad sair do plenário com vergonha ao falar da educação do Maranhão

“Filha da elite é essa que conhece, essa que sai da tribuna, sai do plenário na hora que começa a falar e mexer no calo. É filha da elite, não sabe o que um filho do povo sente, nunca estudou em uma escola pública. Nunca na vida!", disse Marco Aurélio.
A Assembleia Legislativa foi palco de mais uma discussão acalorada na sessão desta terça-feira. Mas, diferente de Adriano Sarney, que partiu para as vias de fato contra Rogério Cafeteira, Andrea Murad se ausentou do plenário depois de ouvir verdades que doeram, ditas pelo deputado Marco Aurélio sobre a educação do Maranhão.

A filha de Ricardo Murad fez um discurso assustador contra a substituição de escolas de palha por estruturas de alvenaria. Ela chegou ao absurdo de afirmar que construir escolas dignas “não é nada”, além de proferir outra meia dúzia de mentiras sobre a educação do Maranhão, que está avançando consideravelmente na gestão Flávio Dino.

Defensor da educação, Marco Aurélio, que é professor, subiu na tribuna para desmascarar os absurdos falados por Andrea. Mas a deputada não aguentou nem 30 segundos das verdades ditas pelo seu colega.
“Filha da elite é essa que conhece, essa que sai da tribuna, sai do plenário na hora que começa a falar e mexer no calo. É filha da elite, não sabe o que um filho do povo sente, nunca estudou em uma escola pública. Nunca na vida! É essa que diz que sabe o que é educação, que critica o que o governo Flávio Dino faz. E aí uma disputa de narrativas, há uma disputa de narrativas, por quê? Olha só quem fala! Deputada Andréa Murad, sobrinha da oligarquia. Quantas escolas eles fizeram? Quantas escolas eles fizeram?”, questionou Marco Aurélio.

“Deputada Andréa Murad, nos últimos quatro anos da sua governadora Roseana Sarney, quantas escolas vocês construíram? Quantas escolas em tempo integral vocês fizeram? Nenhuma. Nenhuma escola em tempo integral. E vem criticar. Está sendo feita uma revolução, não existia nenhuma escola, em três anos, o governador Flávio Dino fez quase 50. Escola em tempo integral que protege, diferente de quem é rico e paga para o filho ficar o dia todinho numa escola, o filho do povo está tendo oportunidade, já são mais de dez mil alunos que estão estudando o dia todinho na escola em tempo integral”, ressaltou.

“A verdade precisa ser dita, não é mentindo que a gente justifica o posicionamento da gente, não. É com a verdade. E o trabalho do Governador Flávio Dino na educação só não enxerga quem não quer ver ou quem tem motivos e saudade dos tempos das benesses dos privilégios e aí de repente quer negar para ver se volta aquele tempo. Volta mais não”, concluiu Marco Aurélio.

Sem argumentos para explicar, Andrea Murad não durou nem 30 segundos durante a explanação do colega. Falta educação até mesmo para a deputada, como faltou para o povo durante os últimos 50 anos em que o governo dos seus pares mandou no estado.

Um comentário:

  1. Marco Aurélio falou, falou, falou e não explicou nada!!! É sempre assim que se explicam os aliados dinistas.

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...