Prefeitura Minha Nota

Prefeitura Minha Nota

segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Morre vítima de assalto a lanchonete no Jardim São Cristóvão I


O jovem DJ e estudante universitário Petrick Rodrigo Silva de Jesus, residente no Maiobão, em Paço do Lumiar, morreu em decorrência de tiroteio durante assalto à lanchonete ‘Meu Açaí’, no Jardim São Cristóvão I, ao lado do Terminal da Integração, na noite de sábado (24). 

Patrick era amigo dos donos da lanchonete e havia sido contratado para animar o ambiente na noite de inauguração. Ele foi atingido por um disparo durante troca de tiros entre um dos sócios da lanchonete com três assaltantes, que estavam em um veículo Corsa Classic e faziam um raspa nos clientes.

Petrick foi socorrido ainda com vida para o Hospital Clementino Moura, o Socorrão II. Ele passou por cirurgia, mas morreu na manhã dessa segunda-feira (26).

Nessa tragédia lamentável, uma pergunta precisa ser respondida no curso das investigações: se a polícia informou que os assaltantes estavam com dois simulacros de armas de fogo, que foram apreendidos, de onde partiu o tiro que ceifou a vida de Petrick Rodrigo? 
O assaltante Gildson Costa Machado, de 24 anos, residente na Rua 1º de Março, 6, no bairro Vila Brasil, nas proximidades do São Bernardo, foi alvejado com um disparo no quadril e morreu por volta de 6h de domingo (25) no Socorrão II.

Os outros dois assaltantes foram identificados como Wemerson Kauê Batista Câmara, 19 anos, residente na Rua Santo Expedito, 20, no Recanto Santos Dumont, alvejado na perna direita; e Raimundo Mário.

A lanchonete ‘Meu Açaí’ voltou a funcionar na noite de domingo, mas contou com o apoio de uma guarnição da PM, que circulou nas proximidades. Existia o temor de algum tipo de represália por parte de comparsas do assaltante morto na troca de tiros.

No facebook, amigos e amigas lamentaram a morte do DJ Petrick Rodrigo.





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...