Banner Prefeitura Aedes

Banner Prefeitura Aedes

Elite

Elite

terça-feira, 13 de fevereiro de 2018

“Nós temos que gritar todos os dias por melhorias! Eu sinto o povo coagido, parece que não tem vontade de mudar”, diz Elza Soares no Carnaval de São Luís


“Eu vejo o povo brasileiro participando do carnaval com toda força e vontade, será que não teria força também para ir para as ruas reivindicar um País melhor?", pergunta a cantora.
A cantora Elza Soares foi uma das atrações da segunda-feira de Carnaval no circuito da Avenida Beira-Mar, em São Luís. Ela e o Bloco Criolina arrastaram uma multidão, consolidando o circuito Joãozinho Trinta no Carnaval de Todos 2018. O Bloco Criolina é formado pelos cantores maranhenses Alê Muniz, Luciana Simões e convidados.

Antes de iniciar o Show, a convidada especial do bloco, Elza Soares, falou sobre a felicidade de cantar no Carnaval do Maranhão. “Gosto do circuito de rua. Quando vejo o povo feliz, eu fico feliz também. O Maranhão faz parte da minha vida desde que comecei minha carreira artística. O Estado me escolheu, e hoje vou oferecer o melhor de Elza Soares ao público”, prometeu e cumpriu a cantora.
A cantora abriu o show com “Meu choro não é nada além de carnaval, é lágrima de samba na ponta dos pés. A multidão avança como vendaval. Me joga na avenida que não sei qual é”... (A Mulher do fim do mundo). Além de outros sucessos da cantora como ‘Carne Negra’, ‘Malandro e Dança’ esteve no repertório que lavou a alma de quem pulava no bloco.

Mas se Elza subisse ao palco e não fizesse a galera pensar em um País melhor, em igualdade social, racismo, violência doméstica, homofobia e empoderamento feminino, não seria Elza Soares. A artista que já começou a gravar o próximo álbum, que agora proclama no título: "Deus É Mulher", pediu que o povo brasileiro saia às ruas não só para pular o carnaval.
“Eu vejo o povo brasileiro participando do carnaval com toda força e vontade, será que não teria força também para ir para as ruas reivindicar um País melhor? Nós temos que gritar todos os dias por melhorias! Eu sinto o povo coagido, parece que não tem vontade de mudar. Eu acho que está na hora de começar a gritar pelo País”, declarou a protagonista da noite, Elza Soares.

Carnaval de Paz

O espaço que virou tradição da folia de Momo na gestão do governador Flávio Dino, o circuito Beira Mar, não decepcionou os brincantes. Quem passou pelo circuito se impressionou com a segurança.
A professora Gisele Fernandes, 32 anos, levou as duas filhas para o circuito da Beira Mar. Com o policiamento no espaço, ela se sentiu mais tranquila para aproveitar a brincadeira. “Eu sempre gostei muito de carnaval, mas depois que meus filhos nasceram não saí mais. Não me sentia segura para vir com eles. Mas hoje estou tranquila, estou me divertindo e eles também, já pularam e brincaram muito. Está tudo muito bom”, disse a mãe.

Para maior tranquilidade durante as festividades de carnaval, o Governo do Maranhão ampliou o efetivo mobilizado nas ações de segurança durante esse período na capital. Só em São Luís, sete mil policiais foram destacados para atuar em todos os circuitos. O número de policiais militares mobilizados é maior do que o dos anos anteriores, assim como o quantitativo de viaturas. O policiamento está sendo desenvolvido a pé (patrulhas), a cavalo, em viaturas e motocicletas, e também contou com o apoio do Centro Tático Aéreo (CTA), que fez o patrulhamento aéreo na região.
A iniciativa foi aprovada pelos foliões. “Nunca tinha vindo para esse carnaval, mas esse ano decidi sair de casa porque vi que tinha muito reforço na segurança. Estou achando tudo muito organizado, especialmente porque a polícia está toda na rua. A gente se sente mais tranquilo para brincar e se divertir”, avaliou.

Programação

O último dia da programação do Carnaval de Todos será nesta terça-feira, 13. Na Beira-Mar terá uma grande festa de despedida com o Bloco Flávia Bittencourt com Maria Gadú, Bloco Argumento com Péricles e Fundo de Quintal, Bloco do Jegue, Bloco Confraria do Copo, entre outros. O encerramento na Beira-Mar será às 23h, com o Bloco do Bicho.
Na Madre Deus haverá programação na Vila Gracinha, Praça da Saudade e Largo do Caroçudo com blocos carnavalescos, tribos de índios e tambor de crioula; na Praça Manoel Beckman, o circuito Parada Obrigatória com diversos blocos tradicionais.

Na Passarela do Samba, a apresentação da Tenda do Tambor, com os tambores de crioula, anima o público seguido dos desfiles de Tribos de Índio, Turmas de Samba e Escolas de Samba.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...