segunda-feira, 26 de fevereiro de 2018

Policiais que ajudaram a apreender mais de 1.700 armas em 2017 são premiados com R$ 120 mil pelo governador Flávio Dino


Policiais militares e civis que se destacaram na apreensão de armas em 2017 receberam das mãos do governador Flávio Dino a premiação de R$ 20 mil, cada, durante solenidade realizada nesta segunda-feira (26), no Palácio dos Leões. O reconhecimento, uma iniciativa da gestão Flávio Dino, é uma forma de incentivo aos trabalhos prestados pelos policiais maranhenses no combate ao crime.

“A nossa luta é pautada na lei e na fé. Quando nós estamos fazendo esse prêmio, é exatamente uma forma simbólica e material de alimentar o ânimo, alimentar o desejo de que continuemos a nos esforçar coletivamente para obter mais resultados”, disse Flávio Dino.

Ao longo de 2017, um total de 1.762 armas foram tiradas das mãos de bandidos. Desse total, 338 foram apreendidas pela Polícia Civil; e 1.458 mil, pela Militar.

Segundo dados da Secretaria de Estado de Segurança Pública do Maranhão (SSP), o número representa um aumento de 149% de armas aprendidas em comparação ao ano anterior, quando 753 armas de fogo foram apreendidas no Maranhão.

No total, em 2017, foi pago um montante de R$ 748 mil aos policiais que recuperaram armas de fogo em flagrante e encaminharam à autoridade policial ou judicial devida.

Saber que não é em vão

“Nós não temos a pretensão de dizer que esse prêmio é importante apenas pela dimensão material. Muito mais importante, acho eu, é a dimensão simbólica. É o policial que está hoje no enfrentamento das dificuldades cotidianas saber que esse esforço não é em vão, que esse esforço é visto, é lembrado e homenageado, rompendo a invisibilidade de quem se expõe”, disse o governador.

Durante a solenidade, os policiais civis Thiago Mena Barreto de Abreu, Gilmar Pinto Pereira e Jesse Mauro Araujo Rocha; e os militares Joelson Lima da Rocha, Manoel Pacheco de Azevedo Neto e Kleyson Leonam Costa Lima receberem, individualmente, os cheques de R$ 20 mil, totalizando R$ 120 mil em prêmios.

Para o segundo sargento da PM Manoel Pacheco de Azevedo, lotado no 16º BPM de Chapadinha, a premiação é uma forma de incentivar o trabalho da Policia Militar.

“Nós já trabalhamos com muito afinco na nossa cidade e com esse prêmio, com esse reconhecimento do governador Flávio Dino, nós nos sentimos ainda mais motivados a prestar um bom serviço à população do nosso estado”, afirma o PM que ajudou a retirar 72 armas de fogo de circulação.

Redução da criminalidade

O governador afirmou que a premiação “é o modo de nós mostramos que esse esforço é reconhecido em nosso Governo. Sempre nos orgulhamos muito dos números de redução de criminalidade, de incremento de policiais, promoções e novas viaturas”.

O agente da Polícia Civil Gilmar Pinto Pereira, lotado na Senarc, conta que em 30 anos de polícia, essa é a primeira gestão que olha para a categoria: “A nossa obrigação como policiais é desenvolver um trabalho em prol da comunidade. E com um incentivo como esse, nossos trabalhos se tornam ainda mais objetivos. Ficamos todos muito agradecidos ao governador Flávio Dino por esse reconhecimento que ele tem dado em favor das polícias”.

“É uma decisão de Estado fortalecer o sistema de segurança do Maranhão, que possibilita alcançar esse resultado que queremos, que é a seta da criminalidade apontando para baixo. Isso é importante porque aponta redução de violência e de criminalidade. São 1.762 armas retiradas de circulação em 2017, isso importa dizer que são vidas salvas e taxa de criminalidade reduzida”, destaca o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela.

3 comentários:

  1. Faltou delegado.dr...lúcio Rogério reis. Ele tá bem e merecedor....

    ResponderExcluir
  2. Esta é a primeira vez – em décadas -, que o governo do Estado prestigia essa categoria, como bem afirma na matéria em tela o policial civil Gilmar Pereira, que está há 30 anos na Polícia, e nunca viu isso acontecer em “outros” governos.

    Parabéns ao competente governador Flávio Dino pelo seu compromisso com a valorização das forças de segurança, através de incentivos como esse que visam premiar, como forma de reconhecimento e motivação, o trabalho bem-sucedido, produtivo e eficiente de agentes desse setor tão importante e necessário à preservação da paz e da ordem no Estado, que é o setor de segurança pública.

    ResponderExcluir
  3. O que o secretario de Direitos humanos faz nessas fotos?
    Na hora de dar apoio aos policiais, ele some ou fica ao lado dos bandidos. agora na hora de tirar foto diante de grandes feitos dos policiais maranhenses ele ta todo sorridente.
    Esse cara ai tem é que tirar foto com os pupilos dele do Bonde, Pcm e outra faccoes, que ele prefere apoiar quando a Pm faz seu servico correto!

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...