VACINAÇÃO

VACINAÇÃO

sexta-feira, 30 de março de 2018

“Fico preocupado se não estão a serviço de facções criminosas”, diz Flávio Dino sobre políticos que criticam o combate ao crime organizado


O governador Flávio Dino levantou suspeitas sobre a atitude de políticos que vêm tecendo críticas ao duro combate ao crime organizado no Maranhão. Desde 2015, já foram inúmeras quadrilhas desarticuladas no estado. Ações que incomodam adversários e até alguns aliados. Para o governador, quem critica as ações pode estar a serviço do crime.

“Muito empenho de alguns políticos em combater ações policiais sérias no Maranhão, que estão reduzindo criminalidade. Fico preocupado se não estão a serviço de facções criminosas. Infelizmente esse tipo de infiltração acontece no Brasil”, dispara o governador, sem citar nomes.

Para Flávio Dino, as ações policiais evitam mortes e somente facções criminosas rechaçam a presença da polícia nas ruas. Ele também condena as distorções e mentiras.

“Com ações policiais sérias já evitamos milhares de mortes, com redução de homicídios, acidentes de trânsito etc. Claro que facções criminosas não querem Polícia nas ruas e nos bairros. Por isso acho esquisito a insistência em distorções e mentiras”, acrescenta.

As críticas de adversários foram intensificadas após a operação de desmonte de uma organização criminosa de contrabandistas, liderada pelo empresário e político Rogério Garcia, ex-vice-prefeito de São Mateus. Até um deputado da base do governo, Raimundo Cutrim (PCdoB), fez pronunciamentos na Assembleia criticando o trabalho de desmonte dessa quadrilha. Ele é um dos desafetos do atual secretário de Estado da Segurança, Jefferson Portela.

Quem também criticou o trabalho da segurança pública foi o suplente de senador Edinho Lobão que, em evento da pré-candidata Roseana Sarney, disse que a polícia do Maranhão é nazista. Para ele, por ordem do governador, a polícia estaria perseguindo aliados do grupo político ao qual ele pertence. Será que o suplente de senador ficou magoado com a desarticulação da quadrilha de contrabandistas?

A operação levou para a cadeia um empresário e político, um delegado, dois coronéis, um major e outros policiais. Para o secretário Jefferson Portela, em entrevista ao jornalista e radialista Gilberto Lima, no programa Comando da Manhã, outras pessoas têm envolvimento com essa quadrilha e que o empresário Rogério Garcia não estaria sozinho no comando. Para ele, a Polícia Federal poderá deflagrar operações para prender outros envolvidos nessa orcrim. O desafio é descobrir quem são os dois deputados e um secretário, citados por Rogério Garcia, em áudio divulgado pela imprensa.

Outra ação importante no combate à criminalidade tem sido a fiscalização do trânsito, desenvolvida pelo Batalhão de Polícia Rodoviária (BPRV). Em várias blitzen, veículo roubados são apreendidos e suspeitos de crimes tirados de circulação. Além disso, existe a preocupação com motoristas que teimam em dirigir embriagados, colocando em risco suas próprias vidas e as de outras pessoas. 

Na Assembleia, deputados que fazem oposição ao governo, com Wellington do Curso, costumam criticar essas ações de fiscalização do trânsito. O recado do governador pode ter sido direcionado a esses também.

2 comentários:

  1. É um tiro no pé essa onda de massacre dos blogs alinhados ao palácio contra Welligton do Curso.

    ResponderExcluir
  2. Todo maranhense trabalhador de boa fé torce para o Maranhão ser bem administrado nao SÓ pelo governador Flavio Dino mais por qualquer um outro que venha ser governador do Maranhão SÓ que levar veiculos de trabalhadores pai de família que tem esse veiculo com seu unico ganha pão na porta de suas casas é um absurdo tem que ter uma opção para que esse trabalhador tenha uma opção de regularizar seu veiculo o governo não pensa como vai ficar a vida dessa pessoa tirando seu meio de sobrevivência

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...