Prefeitura Minha Nota

Prefeitura Minha Nota

sábado, 9 de junho de 2018

Operação prende policial, empresário e mais 5 suspeitos de fraudar concursos no Piauí; 3 estão inscritos no concurso da Polícia Civil


Sete pessoas foram presas na manhã deste sábado (9) em Teresina, suspeitas de integrar uma associação criminosa especializada em fraudes a concursos públicos. A Operação Contenção, deflagrada pela Secretaria de Segurança, cumpriu ainda oito mandados de busca e apreensão. 

Segundo a SSP, esta mesma quadrilha atuou na fraude ao concurso público de Agente Penitenciário do Piauí realizado em 18 de setembro de 2016, que posteriormente culminou na anulação da prova. A operação acontece um dia antes do concurso de agente Polícia Civil, que será realizado neste domingo em Teresina.

A operação conta com o apoio do Grupo de Repressão ao Crime Organizado (GRECO) e da Diretoria de Inteligência da SSP. Estão sendo cumpridos mandados de prisões temporárias e buscas e apreensões em vários bairros da capital. Dentre as pessoas presas até o momento, três estão inscritas no concurso deste domingo.

“Ressalte-se que foi de fundamental importância no cumprimento dos mandados o apoio do D.O.E (Divisão de Operação Especiais da PC-PI) e Delegacia do Meio Ambiente, bem como imprescindível para o desenvolvimento desta complexa investigação, as informações prestadas pelo Núcleo de Concurso e Promoções de Eventos – NUCEPE/UESPI, assim como a competente atuação da Central de Inquéritos de Teresina, na pessoa do Excelentíssimo Juiz de Direito, Dr. Luiz de Moura Correa e do Ministério Público do Estado do Piauí, por meio dos Promotores de Justiça da Central de Inquéritos de Teresina-PI”, informou a SSP em nota.

A Polícia Civil montou uma força tarefa de mais de 200 policiais civis para atuar na fiscalização dos centros de aplicações de provas do concurso para evitar fraudes.

Durante coletiva de imprensa no final da manhã, a Polícia Civil divulgou a lista de presos:
Inscritos no concurso de domingo

Francisco Carlos Gomes Nascimento Oliveira (policial militar)
Ailton Barros de Moraes Trindade Filho (guarda municipal de Teresina)
Jéssica Leal da Silva (Nutricionista servidora do município de Prata)

Outros presos

Wesley dos Santos Menezes (estudante de Medicina no Paraguai)
Carlos Wanderson da Silva Osterno (empresário)
Aluísio Abreu de Castro (vigilante da Seduc)
Miguel José de Carvalho Neto (microempresário)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...