VACINAÇÃO

VACINAÇÃO

sábado, 30 de junho de 2018

Suspeitos de assaltos e receptação de carro roubado são presos em Paço do Lumiar

Um dos presos é foragido da Justiça e estava armado com um revólver calibre 38. Ele vinha cometendo assaltos na região do Maiobão utilizando um Fiat Uno, que foi apreendido.
Policiais do Serviço de Inteligência do GSA do 6º BPM, na região da Cidade Operária e adjacências, prenderam três suspeitos de práticas de crimes em Paço do Lumiar. As prisões foram efetuados por volta de 16h50 de sexta-feira (29), no Conjunto Alto Paranã.

Eles foram identificados como Jholyenno Johny Jansen Rodrigues, o "John Lenon" ou "Neguinho", de 29 anos, residente no Alto Paranã/Pitangueiras; Luciano Vinicius Da Silva Santana, de 19 anos, residente na Cidade Operária; e Airton Braga Braúna Netto, de 24 anos, residente no Sitio do Apicum.

Com os suspeitos, os policiais apreenderam um  revólver marca Taurus calibre 38; duas munições de calibre 38; um veículo Fiat, modelo Punto, placas OIT-8835, de cor cinza, ano 2012, com registro de roubo; duas placas de automóvel, de numeração NNB-4716, pertencentes a um Chevrolet Classic de cor prata que estavam sendo usadas no automóvel Punto; um corsão dourado, um relógio dourado, um relógio de cor preta, um celular Samsung, a quantia de R$ 123,00, além de outros objetos

Segundo relato da ocorrência, o serviço de Inteligência do 6º BPM, acompanhando ocorrências de roubo na área do CPAM II, identificou que um veículo Uno Vivace, de cor amarela, estava sendo usado para prática de roubos na região do Maiobão e bairros adjacentes. O último roubo ocorreu no último dia 26, no bairro Sítio Natureza, ocasião em que um homem moreno, alto em posse de arma de fogo, subtraiu seus pertences e se evadiu em um Uno Vivace amarelo/esverdeado.

Durante a investigação, os policiais receberam a informação de que um veículo com essas mesmas características estaria rodando com frequência no bairro Alto Paranã, em posse de um elemento suspeito que havia se mudado recentemente para lá.

Na tarde de ontem, sexta-feira, os policiais se deslocaram ao Alto Paranã e, após algumas incursões, encontraram o citado veículo estacionado na porta de imóvel, momento em que dois elementos em um veículo Fiat Punto Attractive cinza, aproximaram-se para adentrar a residência. 

Na abordagem, Jholyenno Johny Jansen Rodrigues correu para o interior da residência, pegou um revólver e se dirigiu para os fundos do quintal, sendo acompanhado por um policial que conseguiu evitar a fuga, no momento em que o suspeito tentava pular um muro, recebendo de imediato voz de prisão.

De imediato, foram presos Luciano Vinicius Da Silva Santana E Airton Braga Brauna Netto, que estavam no veículo Punto, que usava de um veículo Corsa Classic, NNB-4716, sem registro de roubo.

Após busca minuciosa pelo imóvel pertencente a Jholyenno, foram achadas, dentro da geladeira, as placas originais do Punto, OIT-8835, com registro de roubo.

Diante dos fatos, todos foram conduzidos para o Plantão da Delegacia do Maiobão, onde os três conduzidos foram autuados por porte ilegal de arma de fogo de uso permitido e  receptação.

A delegacia do Maiobão investigará o envolvimento dos três conduzidos na sequência de roubos utilizando o veículo uno Vivace Amarelo na região do Maiobão, uma vez que não foi possível entrar em contato com as vítimas durante o plantão.

A chave do veículo Uno Vivace amarelo não foi encontrada e o proprietário do mesmo não atendeu às ligações efetuadas pela equipe policial. Por não haver guincho disponível, o automóvel foi deixado no local. O mesmo pertence a uma empresa de locação de veículos e não possuía registro de roubo.

Antecendentes

Jholyenno Johny Jansen Rodrigues estava monitorado por tornozeleira eletrônica e rompeu a mesma em março de 2018, quando se envolveu em uma sequência de roubos na região do Cohatrac e ser identificado pela polícia. Ele rompeu a mesma com o objetivo de não ser rastreado e preso. 

Na ocasião, a esposa do assaltante, Ana Carollynna Ferreira, foi presa em seu apartamento com os objetos roubados, sendo por essa razão autuada em flagrante por roubo, uma vez que também foi reconhecida pelas vítimas. Ele também responde por posse ou porte ilegal de arma de fogo de uso restrito, na qualidade de suprimir ou alterar marca, e por tráfico de drogas.

Luciano Vinicius Da Silva Santana já foi preso por roubo qualificado pelo concurso de pessoas, por portar drogas, para consumo pessoal e por lesão corporal dolosa

Airton Braga Braúna Netto já foi preso por ameaça (violência doméstica) na Raposa.

5 comentários:

  1. Airton Braga Braúna Netto é filho de Airton Braga Brauna Júnior?, aquele jornalista assassino que conseguiu atestado de doido e vive numa boa em Bacabal por ser de família tradicional?
    Se for, não vai ter nada com ele... Aprendeu em família o que é impunidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Airton Braga Braúna Netto é de família tradicional e é sobrinho e afilhado do renomado Advogado Criminalista Airton Braga Braúna Júnior. Você está muito mal informado acerca dos fatos presentes e pretéritos. Aliás, melhor você ficar no anonimato mesmo, sob pena de ser alvo de ação judicial.

      Excluir
  2. esse Airton e Luciano, assaltaram eu e minha esposa na área da cidade operária quando íamos para o serviço pela manhã, ainda chegou a me agredir ... nada vai acontecer com esses dois lixos ai, mas a justiça de Deus não falha, eles iram pagar por tudo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. acho que vc esta enganado amigo...

      Excluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...