VACINAÇÃO

VACINAÇÃO

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Acusado de cometer homicídio e condenado a 18 anos de prisão no Maranhão é preso no Rio de Janeiro


A Polícia Civil do Estado do Maranhão, por meio da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), com a colaboração da Polícia Civil do Rio de Janeiro prendeu na segunda-feira (10) um homem acusado de cometer homicídio no Maranhão.

O acusado identificado como Walber Bruno Borges dos Santos, conhecido como “Bruno Mocotó”, foi encontrado através de redes sociais em atividades de compra e venda.

Segundo informações da Polícia, em ação coordenada pelo Diretor da Divisão de Homicídios da Polícia Civil do Rio de Janeiro, Fábio Cardoso, e pela Delegada Titular da DHNSG, Bárbara Lomba, após recebimento das medidas judiciais e informações sobre o foragido, fornecida pelo Serviços de Inteligência do Maranhão, policiais das respectivas bases realizaram busca de endereços e relacionamentos do autor.

Os policiais marcaram uma negociação em local seguro para atrair Walber dos Santos e prenderam o acusado.
Contra ele haviam dois mandados de prisão. Um pela prática de homicídio com condenação de 12 anos de prisão, em regime fechado, e o outro pela prática de homicídio doloso e tentativa de homicídio, com condenação de 6 anos de prisão.

Crimes

O crime de homicídio foi praticado no dia 04 de Outubro de 2006, na Vila Passos, em São Luís. Walter Bruno dos Santos teria sacado uma arma de fogo com o objetivo de acertar a namorada, durante uma discussão. Os tiros acabaram atingindo uma outra pessoa que passava pelo local. A vítima foi identificada como Benedito Topázio Rodrigues, atingido no peito esquerdo e braço direito.

O crime duplamente qualificado, aconteceu em 26 de agosto, no ano de 2005, na Avenida Camboa, em São Luís. Walter Bruno dos Santos efetuou disparos de arma de fogo contra Joseph Anderson de Jesus França e em seguida, cometendo o crime de tentativa de homicídio, contra Thiago de Jesus Godois Tavares.

O preso deverá cumprir suas prisões no Maranhão.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...