Prefeitura de São Luís

Prefeitura de São Luís

sexta-feira, 21 de setembro de 2018

Preso acusado de matar desafeto em caminhada política em Codó

Maxsuel confessou que matou Guilherme Moreira com uma facada

A Polícia Civil de Codó conseguiu prender o assassino de um homem em concentração de caminhada política, na quinta-feira (20), na cidade de Codó. A vítima, Guilherme de Freitas Moreira, de 21 anos, morador do bairro Codó Novo, foi assassinado com uma facada no peito. Ele chegou a ser encaminhado ao Hospital Geral Municipal, mas não resistiu.

A apresentação do assassino, identificado como Maxsuel da Sene Da Silva Alves, de 22 anos, foi feita pelo delegado Rômulo Vasconcelos por volta de 12h30 desta sexta-feira (21).
Em conversa com a imprensa, o delegado disse que o acusado confessou ter desferido a facada que matou Guilherme Moreira, de 21 anos, na concentração da caminhada de Zito e Weverton Rocha, no bairro São Francisco.

O delegado acrescentou que o rapaz chegou com a camisa suja de sangue em casa, mudou-se com todos os seus pertences de madrugada para outra residência, localizada na rua Santa Rita, e disse ter jogado a faca usada no crime dentro de uma fossa no bairro Codó Novo, onde morava.
Romário Leal da Silva, o “Ratinho”, e Evair Santos da Silva, foram
presos como suspeitos, mas foram liberados
Romário Leal da Silva, o “Ratinho”, e Evair Santos da Silva, que também foram conduzidos à delegacia, serão soltos e, de suspeitos de terem esfaqueado Ghilherme, passarão a ser testemunhas. Eles passaram a relatar, com detalhes, a real participação de Maxsuel da Sene da Silva Alves, o único que teria saído armado de casa.

Com informações do Blog do Acélio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...