sexta-feira, 5 de outubro de 2018

Mulher é torturada e morta em Imperatriz; assassino é preso


Uma mulher, identificada como Ana Beatriz Pinheiro Silva, de 21 anos, foi torturada e assassinada por um homem identificado como Edivan dos Santos Cardoso, de 25 anos, na cidade de Imperatriz.

O crime ocorreu no início da manhã desta sexta-feira (05), na Rua Tupã, na Vila Redenção, nas proximidades da Avenida Jacob.

A polícia foi ao local por volta de 6h da manhã, após comunicado feito por uma vizinha. No local, ela afirmou que a vítima foi torturada e morta por Edivan, pois ela reconheceu a voz do assassino.

Depois de morta, a mulher teria sido arrastada para a rua, pois as marcas ficaram no chão. Em fotos divulgadas em grupos de whatsapp, ela parece ter sido despida, pois o corpo está coberto com uma bandeira de candidato e a saia baixada até à altura dos joelhos, dando a entender que ela pode ter sofrido violência sexual. No entanto, somente a autopsia pode confirmar se houve estupro ou não.

O Serviço de Inteligência do 14º BPM foi acionado para fazer diligência à residência do assassino. Edivan Cardoso foi preso e levado para a delegacia, onde foi autuado em flagrante e ficará preso à disposição da Justiça.

Ele apresentava alguns arranhões pelo corpo, o que revela que a vítima lutou muito para não ser morta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...