segunda-feira, 26 de novembro de 2018

Líder do “Bonde do Maluco”, de Salvador, pode ter comandado assalto ao BB em Bacabal; os três assaltantes mortos estão identificados

"Zé de Lessa" e os três assaltantes mortos em confronto com policiais

Segundo o secretário de Segurança, Jefferson Portela, a quadrilha que assaltou o Banco do Brasil e levou pânico à cidade de Bacabal, no fim da noite de domingo (25), é chefiada pelo assaltante identificado como José Francisco Lumes, conhecido como " Zé de Lessa".

Essa quadrilha já praticou assaltos em várias cidade do Brasil sempre agindo com muita violência. A polícia acredita que "Zé de Lessa" estava em Bacabal, comandando pessoalmente a ação da quadrilha. A prova disso é o fato de ter sido encontrado um carro blindado em meio aos veículos usados pela quadrilha.

“Zé de Lessa” é apontado como líder do "Bonde do Maluco" (BDM), que surgiu em 2015 no pavilhão V do Presídio Salvador, no Complexo Penitenciário da Mata Escura.  O grupo nasceu como uma ramificação da facção Caveira, comandada por Genilson Lima da Silva, o Perna, atualmente preso no Presídio Federal de Catanduvas, no Paraná.
“Zé de Lessa” começou na vida do crime fazendo assalto a instituições financeiras. Foi preso algumas vezes e a última vez que saiu da prisão foi para terminar de cumprir a pena no regime domiciliar. Desde então, foi morar na cidade de Coronel Sapucaia, no Mato Grosso do Sul, divisa com o Paraguai, de onde começou a enviar carregamentos de drogas para abastecer sua quadrilha na Bahia.

Ele criou o BDM dentro da cadeia e logo sua facção passou a ganhar destaque. Tornou-se o principal rival da facção Katiara, comandada por Roceirinho, e passou a disputar pontos de droga com o rival. Ele tem entre seus principias comparsas alguns parentes.

Assaltantes mortos identificados
Foram identificados os três assaltantes mortos no confronto com policiais militares durante a ação criminosa em Bacabal. No momento do confronto, os bandidos encontravam-se nas proximidades do quartel da PM, que foi alvo de ataques.

Eles foram identificados como Rafael Átila, de Pinheiro (MA), Ederson da Silva, da Bahia, e Jean Martins Rocha, da cidade de Araguaína, (TO).

O confronto ocorreu no início da madrugada, após a chegada de reforços policiais. Eles integram uma quadrilha interestadual formada por mais de 70 homens que agem em várias cidades do Norte e Nordeste do País.

Ato de bravura dos PMs e caçada aos fugitivos
O secretário de Segurança fez questão de destacar o ato de bravura praticado pelos policiais do 15º Batalhão da Policia Militar e do Comando de Operações e Sobrevivência em área Rural (COSAR) que enfrentaram os bandidos obrigando-os a fugir da cidade.

"Nós estamos investigando e não mediremos esforços para prende-los em flagrante. Caso contrário vamos continuar as buscas para prendê-los aqui ou em qualquer outro local”, finaliza Jefferson Portela.


Um comentário:

  1. PARABENIZO A POLICIA MILIAR DO MARANHÃO PELA PRONTA E EFICAZ ENFRENTAMENTO A ESSE GRUPO DE BANDIDOS.

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...