domingo, 25 de novembro de 2018

Os brutos estão à solta: antes da posse, deputado que quebrou placa de Marielle entra em escola e intimida diretora

Antes mesmo de tomar posse, mas já falando como deputado federal – “com vertente conservadora, que combate a ideologia socialista comunista” -, Daniel Silveira (PSL/RJ), que quebrou a placa em homenagem à vereadora Marielle Franco (PSol) durante a campanha, entrou no Colégio Estadual Dom Pedro II, em Petrópolis (RJ), e depois gravou vídeo com ameaças contra a diretora da escola neste sábado (24).

“Se você tem todo esse medo (que eu frequente a sua escola), isso me cheira à merda. E se me cheira à merda, eu vou fazer um favor a você, que será uma das minhas primeiras auditadas. Vou solicitar uma auditoria na sua escola desde o princípio de sua gestão, para ver se está tudo certinho e ver se você detém a moralidade da maneira como você diz que detém”, ameaçou o deputado eleito, dizendo que a diretora teria entregue há 2 anos a chave da escola para “vagabundos da esquerda tomarem a escola e atrapalharem as aulas”.

Silveira diz que “o marxismo cultural não será implantado” e que “iremos criminalizar e punir qualquer diretor ou professor que esteja doutrinando adolescentes em escolas com a ideologia socialista/comunista”.
Em nota publicada neste domingo (25), a Associação Petropolitana dos Estudantes (APE) repudia as declarações do “aspirante a deputado”, que “de forma lamentável, fez um vídeo ofensivo contra professores e contra a diretora do Colégio Estadual Dom Pedro II em Petrópolis, falando sobre coisas as quais nem conhece. Copiando uma prática idêntica daqueles que o apoiam, ao propagar mentiras e em tom de ameaça”.

Segundo a associação, um movimento de ocupação da escola aconteceu, de forma pacífica, justamente porque os alunos encontravam-se insatisfeitos com o momento de crise e sucateamento na rede estadual de ensino. “Ficamos no Colégio Estadual Dom Pedro II por 21 dias, cuidando da escola e realizando diversas atividades ao longo de nossa estadia, vocês podem conferir tudo na página mencionada acima”.

Segundo os estudantes, durante a ocupação todas as demandas eram tratadas diretamente com representantes da Secretaria de Educação do estado. “A informação de que a diretora do colégio nos entregou a chave da escola É MENTIRA”.

A associação ainda criticou a postura de Silveira. “Diante dos fatos, fica nítido que esse sujeito não conhece quais são as responsabilidades e deveres de um deputado federal. Precisamos dizer que você não é deputado federal ainda, você precisa tomar posse e isso será feito somente ano que vem. E, quando for, verá que não possui os ‘superpoderes'”.

Leia a íntegra da nota na página da Associação (abaixo).


Com informações da Revista Fórum

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...