quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

Assassino do advogado Brunno Matos, Diego Polary tem pena aumentada para 10 anos em regime fechado, mas continua em liberdade

Diego Polary matou o advogado Brunno Matos, foi condenado, mas continua em liberdade

Um dos assassinos do advogado Brunno Matos, Diego Henrique Marão Polary, teve sua pena aumentada para 10 anos de reclusão em regime fechado. A decisão foi da 3ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, em sessão realizada no dia 19 de novembro, em julgamento da apelação nº 045462/2017, dos condenados pelo assassinato do advogado Brunno Eduardo Matos Soares e da tentativa de homicídio de Alexandre Matos Soares.

Diego Polary havia sido condenado em 06 anos de reclusão (pelo crime de homicídio simples praticado contra a vítima Bruno Eduardo Matos Soares) e em 02 (dois) anos de reclusão (pelo delito de tentativa de homicídio simples cometido contra a vítima Alexandre Matos Soares).

O assassino teve rechaçado “o argumento de prova contrária aos autos, conforme acima já justificado” sendo-lhe negado provimento ao seu apelo, portanto, mantida sua condenação.

A pena do criminoso foi aumentada em relação a tentativa de homicídio, “ficando a mesma em 04 (quatro) anos de reclusão“, envolvendo a vítima Alexandre Matos Soares.

“Por conta do acúmulo material do artigo 69 da Lei Substantiva Penal, somo as reprimendas ficando em 10 (dez) anos de reclusão em regime inicial fechado, em parcial provimento ao apelo ministerial”, diz a decisão.

Pelas informações passadas ao blog, mesmo com o aumento da pena para cumprimento em regime fechado, Diego Polary continuará em liberdade, pois a defesa irá recorrer.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...