quarta-feira, 12 de dezembro de 2018

Morte de estudante deixada na UPA de Imperatriz foi causada por afogamento


Exames de necropsia no corpo da estudante Ana Ketylen, de 17 anos, constataram que morte foi causada por afogamento. Ela foi abandonada na UPA de Imperatriz, na UPA, na Avenida Bernardo Sayão, por volta de 1h30 da madrugada desta quarta-feira (12). Ela estava nua e já sem vida, segundo informações de médicos de plantão. Os dois rapazes que a deixaram na UPA estavam em uma caminhonete de cor preta.

Pelas informações de um conhecido, ela e outros amigos estavam tomando banho no Rio Tocantins, no povoado Imbiral. Ela teria começado a se afogar e foi socorrida por foi socorrida por dois rapazes. O atendimento foi imediato na casa de saúde, mas uma médica de plantão constatou que Ketylen já deu entrada morta.

Uma amiga que ajudou no socorro da estudante foi quem informou aos rapazes que ela havia morrido. Eles, de imediato, saíram do local. Em seguida, essa amiga ao pai da garota sobre a morte de Katylen.

Ana Ketylen era estudante do Colégio Graça Aranha, filha de pais separados, tendo morado com a mãe um período, mas depois resolver morar com uma amiga no bairro Novo Horizonte.

O corpo da estudante foi levado para Vila Militar do 50º Bis, onde o pai mora. O velório foi realizado no Clube dos Militares Alvin III. O sepultamento foi realizado às 16h desta quinta-feria.

A polícia já teria conseguido localizar os dois rapazes que deixaram a estudante na UPA. Em instantes, mais informações sobre esse caso lamentável..   

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...