quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Preso pela PM após ser abandonado por assaltantes, caminhoneiro feito refém conta detalhes da fuga até chegar a Nova Olinda; ouça o áudio

O caminhoneiro Obadias Pereira da Silva, de 44 anos, que diz ter sido feito refém e depois abandonado pelos assaltantes do BB em Bacabal, foi preso por policiais militares na cidade de Araguanã, a 247 km de São Luís. Inicialmente, a informação que chegou ao blog dava conta que o caminhoneiro havia sido abandonado pelos assaltantes na cidade de Nova Olinda.

Ele havia feito contato com familiares usando o celular emprestado, cujo número foi passado ao delegado Luciano, que mobilizou a polícia militar para localizar o caminhoneiro na tarde desta quinta-feira (06). De acordo com outras informações, o caminhoneiro teria se apresentado na delegacia da cidade de Araguanã, sendo feito contato imediato com a Delegacia Regional de Zé Doca.
Segundo a filha do caminhoneiro, ele disse, que, estava na cidade de Nova Olinda no Maranhão e que os bandidos o teriam libertado, mas, estava bastante debilitado e fraco, pois, estava há muitos dias sem se alimentar.

Em conversa com o repórter André Luís, da TV Mearim de Bacabal, Obadias conto um pouco do que aconteceu com ele. As informações do caminhoneiro às vezes são desencontradas, segundo a polícia, por estar muito debilitado.

Obadias relatou que ele e os assaltantes saíram à pé, de São Mateus à Presidente Sarney, e depois pegaram um ônibus escolar e foram para Nova Olinda.

Em outro momento, ele disse que foram em um ônibus escolar. “Eles me levaram, quando pegaram o caminhão comigo, ficaram em uma estrada de barro, passaram o dinheiro para outro carro, caminhão boiadeiro, me botaram capuz e me levaram em cima do boiadeiro encapuzado” disse Obadias à polícia.
Segundo o caminhoneiro, eles saíram 1h da madrugada e chegaram a Nova Olinda por volta de 10h da manhã. Em seguida, a maioria do bando foi embora, ficando apenas quatro assaltantes com ele, depois que viram a reportagem sobre a ação positiva da polícia que culminou com a morte de três e prisão de outros onze assaltantes, em Santa Luzia do Paruá. Dois seguiram para um lado e dois para outro, com Obadias como refém.

"Eles me liberaram e disseram ao motorista: segue por essa estrada que você vai encontrar pista. Isso, já na terça-feira (4) pela manhã, andei o dia todo e só fui encontrar uma luz ontem à noite”, disse.

O motorista disse que não viu dinheiro com os quatro assaltantes que estavam com ele.

A polícia foi junto com Abadias, ao local onde estava em cativeiro, região onde segundo ele, tem qutro bandidos homiziados no matagal.

Obadias será transferido para São Luís nesta sexta-feira (07).

Com informações do blog do Sérgio Matias

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...