quinta-feira, 7 de novembro de 2019

Justiça manda soltar empresário preso por ameaçar de morte a ex-namorada em São Luís

Ouça um áudio do empresário ameaçando a ex-namorada
Acompanhado de seu advogado, Gilson Araújo, o empresário Wellington Bacelar recebeu o alvará de soltura, para responder ao processo em liberdade


Na última segunda-feira (4), a Justiça concedeu liberdade ao   empresário Wellington Lima Bacelar, após pedido de revogação da prisão preventiva, feito por seu advogado, Gilson Araújo. Ele estava preso depois de ter feito ameaças contra sua ex-namorada, Thaynan Ferreira, descumprindo a Lei Maria da Penha.



O empresário teve sua prisão decretada no dia 26 de agosto deste ano, por ordem da juíza Lúcia Helena Barros Helluy Silva, titular da 2ª Vara de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, da Comarca de São Luís.

A prisão preventiva de Wellington Bacelar também foi decretada pela juíza titular da 1ª Vara Especializada de Combate à Violência Doméstica e Familiar contra a Mulher, Rosária Duarte, pela suposta prática do crime de ameaça de Wellington contra Thaynan.
Ameaças feitas pelo empresário

O advogado de Bacelar, Gilson Fernandes Araújo, ingressou com Pedido de Revogação de Prisão Preventiva tanto na 2ª como na 1ª Vara de Combate à Violência Doméstica e Familiar da capital maranhense, em favor do seu cliente, sendo apreciado no dia 21 de outubro, pela juíza Lúcia Helena. Depois de ouvir a promotora de Justiça Selma, na Casa da Mulher Brasileira, e conforme o pedido do advogado Gilson Araújo, a juíza revogou a prisão do empresário para responder ao processo em liberdade, muito embora tenha continuado preso por determinação da juíza da 1ª Vara de Combate à Violência Doméstica.

O pedido de revogação da prisão preventiva de Bacelar, dado entrada por seu advogado na 1ª Vara, foi apreciado no final da audiência ocorrida na última segunda-feira (4), quando a promotora de Justiça Fernanda Duarte foi favorável à colocação de Wellington em Liberdade.

A juíza que presidiu a audiência, Vanessa Clementino, depois de uma minuciosa análise, decidiu revogar a prisão do empresário para que possa responder ao processo em liberdade. A audiência durou aproximadamente quatro horas, terminando por volta das 18h, no Fórum Desembargador Sarney Costa.

Na terça-feira (5), no início da noite, depois de cumprimento das determinações judiciais, Wellington Bacelar foi colocado em liberdade, deixando o Complexo Penitenciário de Pedrinhas, ocasião em que esteve acompanhado por seus advogados, Gilson Araújo e Silvestre Júnior. O empresário responderá ao processo em liberdade.

Com informações do Blog do Wellington Rabello

Leia postagem sobre a prisão do empresário:

Empresário é preso com arma de fogo após fazer ameaças de morte contra a ex-companheira

Nenhum comentário:

Postar um comentário