Emap

Intervenções no trânsito

Intervenções no trânsito

sábado, 4 de novembro de 2017

Sepultamento da menina Alanna Ludmilla será às 10h deste sábado no cemitério da Pax, em Paço do Lumiar

Velório da menina Alanna está sendo realizado da Unidade Escolar Marly Sarney, no Maiobão
O sepultamento do corpo da menina Alanna Ludmilla, encontrada morta no quintal de sua residência, no Maiobão, será neste sábado (4), às 10h, no cemitério da Pax, na MA-204, em Paço do Lumiar. A Prefeitura de Paço do Lumiar deve ceder ônibus para o transporte das pessoas que queiram acompanhar o sepultamento.

O velório está sendo realizado no pátio da Unidade Escolar Marly Sarney, no Maiobão, e é acompanhado por centenas de pessoas. O clima é de comoção e revolta.

A mãe de Alanna, Jaciane Borges Pereira, prestou depoimento na noite de sexta-feira e foi liberada por volta de 22h. Ela chegou ao velório por volta de 1h da madrugada deste sábado, acompanhada por policiais militares. A mãe passou pouco mais de 20 minutos no local e voltou a ser levada para a residência de familiares porque passou mal.

Jaciane chegou acompanhada por policiais porque familiares temiam que ela sofresse algum tipo de agressão por conta de áudios que circulam no whatsapp levantando suspeitas de participação dela no crime. Familiares afirmam que essa informação é mais uma mentira lançada nas redes sociais, pois ela prestou todos os esclarecimentos aos delegados e foi liberada para acompanhar o velório e sepultamento da filha.
Por outro lado, a polícia continua tentando localizar e prender o padrastro Robert Serejo, principal suspeito de ter assassinado a menina. Na sexta-feira, foi feito o rastreamento de uma ligação feita por ele da área do Jardim Tropical. Ele teria ligado para alguém de sua família. 

Nas redes sociais, surgiu a informação de que o suposto assassino teria sido preso no Residencial Piancó, na Vila Embratel, na noite de sexta-feira. Em contanto com uma guarnição da PM, que estava no velório da menina, obtivemos a informação de que o CIOPS não confirmava a prisão do suspeito.

Como Robert Serejo está sem dinheiro e sem os documentos, e ainda monitorado pela polícia, é possível que ele seja preso ainda na madrugada deste sábado.

Toda a movimentação na Unidade Escolar Marly Sarney foi acompanhada pelo nosso editor, Gilberto Lima, que fez transmissões ao vivo. Confira os vídeos.

2 comentários:

  1. Gilberto Lima meu coracao esta em pedacos,dilacerado com o caso da menina alana.Que Deus conforte o coracao dessa ame que esta sofre do pela perda da sua filha de uma forma tao cruel. E ainda mais sofrendo boatos maldoso na net.Devemos respeitar a dor da familia que esta sofrendo muito .. Que Desu seja com ela, Amem. Parabens Gilberto Lima pelo excelente trabalho de nos manter informado.

    ResponderExcluir
  2. Eu acho que a mãe tem que ser responsabilizada,porque deixou a filha de 10 anos só em casa ja que tem vários parentes que poderia ficar com a criança.

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...