quarta-feira, 20 de janeiro de 2021

Polícia recupera 630 botijões de gás roubados em Peritoró; carga está avaliada em mais de R$ 50 mil

 

Polícia recupera 630 botijões de gás roubados em Peritoró; carga está avaliada em mais de R$ 50 mil

A Polícia Civil recuperou, nesta quarta-feira (20), uma carga de aproximadamente 630 botijões de gás, roubados na madrugada de terça-feira (19), no Município de Peritoró, a 234 km de São Luís

Na ocasião do roubo, os assaltantes, empunhando armas longas, renderam o motorista do caminhão e a família, e os levaram para um matagal, onde o mantiveram em cativeiro até a desova da carga e do veículo que a transportava, encontrado posteriormente na região da Caxuxa, em Alto Alegre.

Os botijões foram encontrados em depósitos e revendas de gás situados nas cidades de Codó, Aldeias Altas e Caxias. Os estabelecimentos pertencem a um homem, já identificado pela Polícia Judiciária.

As investigações prosseguem para a identificação de todos os envolvidos no crime.

A ação conjunta foi realizada por policiais da Delegacias Regionais de Codó e Caxias.

Covid-19: Governo reinicia drive-thru para testagem de idosos e gestantes no estacionamento do Parque do Rangedor, em São Luís


Para realizar o teste, é preciso apresentar um documento oficial com foto. As mulheres grávidas devem apresentar também o cartão da gestante ou exame.

Foi reiniciado nesta quarta-feira (20), em São Luís, o drive-thru de teste rápido para a Covid-19, disponibilizado pelo Governo do Estado. O atendimento acontece no estacionamento do Parque do Rangedor, no Calhau, para idosos e gestantes, das 8h às 16h.

“Usamos a estratégia em 2020, e estamos reiniciando em 2021. O objetivo principal ainda é o mesmo, que é a identificação do vírus. É um serviço que cumpre um papel diferenciado com a chegada da vacina. Será um longo período de vacinação e, por isso, precisamos continuar a identificar os casos, para que esse paciente receba assistência dentro da nossa rede pública para o controle da doença e isolamento”, explica o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (EMSERH), Marcos Grande.

Foram disponibilizadas três tendas, com a participação de 30 profissionais de saúde por dia. O público-alvo desta edição contempla idosos acima de 60 anos e gestantes. Pessoas que já testaram em drives anteriores não estão impedidas de testar novamente.

“No ano passado, alcançamos um público que era o que a gente esperava. Já são mais de 24 mil testagens. Esse ano não será diferente. É uma nova busca, uma nova pesquisa, para saber se a pessoa já teve contato com o vírus. Sabemos que dezembro foi um mês de aglomeração, de festas, e apesar de ser um público que está mais em casa no isolamento, podem estar tendo contato com pessoas que estão saindo de casa regularmente”, destacou a coordenadora do serviço, Lícia Dourado Trinta.

A dentista Jaqueline Lopes ficou sabendo do drive-thru pelas redes sociais e trouxe a mãe, dona Maria de Fátima Freitas, de 66 anos, para testar. “Eu vi a divulgação na internet que ia ter o teste rápido e vim trazer minha mãe, que é idosa, para testar. Ela teve contato há pouco tempo com meu pai, que teve Covid, e eu trouxe ela para ver se ela desenvolveu a doença ou não, se já tem anticorpos. Achei essa iniciativa do drive excelente para o controle epidemiológico da doença na cidade”, afirmou a dentista.

Para realizar o teste, é preciso apresentar um documento oficial com foto. As mulheres grávidas devem apresentar também o cartão da gestante ou exame.

O sistema de drive-thru foi ofertado à comunidade em três edições no ano passado: em setembro na capital maranhense, depois em Imperatriz e novamente em São Luís. De acordo com levantamento, nas três edições, foram testadas 22.571 pessoas, sendo que 18.144 testaram negativo.

Governo do Maranhão recebe novos furgões e ônibus para transporte de custodiados

O Governo do Maranhão recebeu, nesta quarta-feira (20), 10 vans e 2 ônibus destinados ao transporte de detentos no estado. Os veículos são fruto de doação do Departamento Penitenciário Nacional (Depen) e foram entregues à Secretaria de Administração Penitenciária (SEAP) pelo governador Flávio Dino.

Os ônibus possuem capacidade para 28 internos, dois compartimentos de cela, e além de adaptações no compartimento de escolta, permitindo melhor posicionamento dos policiais penais e melhor acompanhamento dos deslocamentos. Na ocasião, a SEAP também recebeu novos armamentos, sistema de rádio, equipamentos para monitoramento e munições.

“Estamos entregando equipamentos para que os servidores possam trabalhar com mais qualidade e também 12 novos veículos, que fazem parte de um processo, do qual haverá ainda a aquisição de mais 40 nos próximos meses”, afirmou o governador Flávio Dino durante a cerimônia.

Ainda de acordo com o governador, “a política penitenciária do Maranhão tem garantido até aqui bons resultados e esse trabalho vai continuar, porque isso é parte integrante de uma política de segurança pública em favor de toda sociedade”.

Desde 2015, a administração do sistema penitenciário vem fazendo investimentos na área, que tornaram o Maranhão referência nacional de boas práticas, inclusive implementando políticas de trabalho e de educação dentro das unidades prisionais.

“Conjugando recursos humanos, recrutamento, qualificação, treinamento e recursos materiais nós temos conseguido nesses últimos anos fazer com que o sistema penitenciário seja visto como uma referência de boas práticas em nível nacional, seja no que se refere a implementação de políticas de educação e de trabalho, também no que se refere a sua função precípua, garantir o cumprimento da lei e das sentenças fixadas pelo poder judiciário”, comentou o governador Flávio Dino.

Para o secretário Murilo Andrade, todos os investimentos representam melhor qualidade no serviço prestado à sociedade. 

“Para a gente é de extrema importância receber esses novos equipamentos. Cada dia que passa, ficamos mais equipados e assim podemos prestar um serviço melhor para toda a sociedade. Com isso, ganha o sistema prisional, ganha o estado do Maranhão e a sociedade também”, comentou.

Esperantinópolis: Assassinos confessam que mataram casal para roubar dinheiro

Na tarde desta terça-feira (19), a Polícia Civil do Estado do Maranhão, através da 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil, elucidou crime de latrocínio ocorrido no último sábado (16), em Esperantinópolis, e prendeu os dois autores que confessaram a autoria da atrocidade.

Os corpos do casal Geovane e Lenir foram encontrados dentro do imóvel residencial, com diversas perfurações, possivelmente efetivadas com arma branca.

Ainda no dia do crime, por volta das 17h, a Polícia identificou um homem de iniciais F.R.D.S. como sendo um dos autores do crime e o prendeu. Durante seu interrogatório confessou o crime.

Após a produção de outros elementos informativos, restou evidenciado que o crime fora praticado na companhia de O.D.S.R. e que a motivação seria a subtração de uma quantia que a vítima portava no momento do crime.

Após ser preso preventivamente pelos policiais da Delegacia Regional de Pedreiras, O.D.S.R  confessou a prática criminosa. Um terceiro suspeito também foi conduzido pela Polícia Civil para averiguação.

Com informações do blog do Ricardo Farias

Postagens relacionadas

. Dono de balneário e esposa são assassinados em Esperantinópolis

. Preso suspeito de ter assassinado casal em Esperantinópolis

. Polícia prende segundo suspeito de assassinar casal a facadas em Esperantinópolis

Prefeitura de São Luís descumpre recomendação do Ministério da Saúde, centraliza vacinação e causa aglomeração

Mesmo com a boa nova que pode dar um fim à pandemia e a crise sanitária, a Prefeitura de São Luís não descentralizou a primeira fase da vacinação contra o novo coronavírus.

Antes de mais nada, o Ministério da Saúde recomendou postos móveis ou vacinação direto nas unidades de saúde para coibir aglomerações dos profissionais de saúde da linha de frente de combate à covid-19, pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas e população indígena aldeada.

O médico Joel Nunes, titular da secretaria municipal de Saúde de São Luís, inclusive, presenciou o cenário de aglomeração, na manhã desta quarta-feira (20), no Centro Municipal de Vacinação, montado no Pavilhão de Eventos do Multicenter Sebrae, no Cohafuma, enquanto concedia entrevista ao vivo à emissora de TV local.

Além da longa fila nas primeiras horas da manhã, o público idoso aguardava a vacina no Centro Municipal de Vacinação. Lembrando que o público prioritário da fase um são pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas. Isto significa pessoas que residem, por exemplo, em asilos.

A falta de planejamento e orientação adequada das pessoas na capital maranhense pelo poder público municipal, pode impactar, no aumento da exposição da população com aglomeração e deslocamentos desnecessários. É hora de corrigir as falhas. É o que a sociedade espera.

Mulheres são presas ao apresentarem R$ 6 mil para liberação de traficante na delegacia de São José de Ribamar

Duas mulheres foram presas em flagrante, nessa terça-feira (19), no momento em que apresentaram, na delegacia de São José de Ribamar, a quantia de quase R$ 6.000,00 para que o traficante "Aleijadinho  fosse posto em liberdade, sem a devida autuação em flagrante.

Os homens identificados pelas iniciais C. C. S, conhecido como "Aleijadinho", de 27 anos, e M. C. C., de 39 anos, foram presos, no fim da tarde dessa terça-feira, pelos crimes de tráfico de drogas, corrupção ativa e crime ambiental. 

Os presos foram localizados na Rua Nossa Senhora da Vitória, no bairro Mutirão, após campana. Na residência de Aleijadinho, foram encontrados um tijolo de 1 kg de maconha, trouxinhas da mesma droga, porções de crack, saquinhos de cocaína, dinheiro trocado, moedas e balança de precisão.

De acordo com informações da polícia, Aleijadinho possui passagens na delegacia pelos crimes de tráfico de drogas e porte de arma de fogo. Ele estava em liberdade há pouco mais de um ano.

As prisões dos traficantes foram efetuadas pela Polícia Civil, através da Delegacia Especial de São José de Ribamar, com apoio da Guarda Municipal.

terça-feira, 19 de janeiro de 2021

Mãe é presa por usar a filha de 10 anos para se prostituir com homens em troca de dinheiro em Pinheiro; quatro suspeitos são presos

A Polícia Civil prendeu, nesta terça-feira (19), uma mulher e quatro homens por estupro de vulnerável na cidade de Pinheiro, a 120 km de São Luís.

Segundo as investigações, a vítima é uma criança, de 12 anos, que vinha sendo abusada sexualmente desde os 10 anos.  A principal agenciadora era sua própria genitora, presa na operação.

A mãe recebia pequenas quantias em dinheiro para autorizar a menor a manter relações sexuais com homens da região. Os abusos sexuais ocorriam nos povoados Bom Viver e São Luizinho da Chapada, ambos na zona rural de Pinheiro.

Após a comprovação da prática criminosa, a polícia representou pela prisão temporária da mãe e de mais seis homens. Os presos foram identificados pelas iniciais F.L.S (mãe da vítima) e os estupradores J.R.S, J.J.PF e C.A.N.

Durante a operação, os policiais apreenderam um revólver calibre .38 na residência de J.J.P.F, o qual também foi autuado pelo crime de posse de arma de fogo.

A equipe diligenciou até uma residência, no Povoado Campo Novo, em Santa Helena, onde dois suspeitos estariam homiziados, mas os mesmos não foram localizados. Na ocasião, o homem de iniciais H.R.R.S foi conduzido para delegacia pela posse de uma espingarda de fabricação caseira.

As investigações continuam em andamento para localização dos demais suspeitos, além da identificação de outros autores do crime de estupro de vulnerável.

Após as prisões, eles foram conduzidos para Delegacia Regional de Pinheiro para formalização dos procedimentos cabíveis. Em seguida, foram encaminhados para a Unidade Prisional de Pinheiro, onde permanecerão a disposição da Justiça de Pinheiro.

A Operação Liberta foi realizada pela 5ª Delegacia Regional de Pinheiro/Delegacia Especial da Mulher, com apoio operacional do Grupo de Pronto Emprego (GPE) e Delegacia de Polícia Civil de Santa Helena.

Mais de 78 mil pessoas serão vacinadas contra a Covid-19 no Maranhão; veja o total por município

O Governo do Maranhão iniciou, na manhã desta terça-feira (19), a distribuição das vacinas aos 217 municípios para a execução da primeira etapa da Fase 1 do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

O primeiro lote de doses da Coronavac, destinado ao estado, chegou na noite de segunda-feira (18) e os primeiros maranhenses foram imediatamente imunizados. Mais de 78 mil pessoas fazem parte do público-alvo nesta primeira etapa de vacinação.  

O governador Flávio Dino destaca o papel do estado neste momento tão importante. “Nós preparamos tudo para atender aquilo que compete ao estado, o SUS é tripartite, União, representada pelo Governo Federal, Estados e Municípios. Temos toda a logística traçada para a distribuição segura dessas vacinas”, afirma o governador Flávio Dino.  

O Maranhão recebeu do Ministério da Saúde 164.240 doses da vacina desenvolvida pelo Instituto Butantã para a vacinação de 78.223 pessoas. Cada pessoa receberá duas doses da vacina e uma reserva técnica foi disponibilizada pelo Ministério da Saúde a fim de garantir que as doses sejam suficientes.

Desde as primeiras horas desta terça-feira (19), os imunobiológicos começaram a ser distribuídos para as 19 Regionais de Saúde, que farão a distribuição aos municípios. A meta é que até esta quarta-feira (20) todos os municípios já estejam prontos para iniciar a vacinação.

Ao todo, 78.223 pessoas serão imunizadas na primeira etapa da Fase 1, que contempla a população indígena aldeada em terra demarcada, pessoas com mais de 60 anos e com deficiência institucionalizadas, além de profissionais da saúde que estão trabalhando diretamente na linha de frente no combate à Covid-19. 

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, neste momento será imunizada a população mais vulnerável e que está aglomerada. 

“Ao longo das próximas fases, outros grupos prioritários serão contemplados, mas por conta da quantidade pequena de doses que cada estado está recebendo, é muito provável que a partir do início da vacinação as doses venham a se esgotar em poucos dias.

Com o envio de mais doses pelo Ministério da Saúde daremos continuidade às próximas fases da campanha de vacinação”, ressalta o secretário Carlos Lula.

Por determinação do Ministério da Saúde, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) distribuirá apenas a primeira dose inicialmente. A entrega da segunda dose ocorrerá na terceira semana após a entrega da primeira. A segunda dose da Coronavac deve ser aplicada até o 28º dia após a aplicação da primeira.

A distribuição da vacina conta com o auxílio da Secretaria de Segurança Pública (SSP), que disponibilizou aeronaves para o deslocamento aéreo e escolta policial para o deslocamento por via terrestre. 

“Além de acompanhar o deslocamento, vamos garantir em todas as cidades a proteção até o momento da aplicação em todas as pessoas que aguardam esse momento histórico, pois o que importa é salvar vidas e garantir que a vacina chegue aos maranhenses”, pontua o secretário de Segurança Pública, Jefferson Portela.

Para alcançar a quantidade de doses destinadas a cada município, foram adotadas estimativas populacionais e de cadastro de bases de sistemas dentro de cada um dos grupos contemplados na primeira etapa da campanha de vacinação, conforme orientação do Ministério da Saúde.

Confira a quantidade de pessoas que devem ser imunizadas em cada município nesta primeira fase:







Vacinas começam a chegar aos municípios do Maranhão

O Governo do Maranhão começou às 7h desta terça-feira (19) o transporte das vacinas para os municípios. São três aviões, três helicópteros e 30 automóveis fazendo o trabalho. Uma das primeiras cidades a receber a vacina por helicóptero foi Primeira Cruz, por volta das 8h.

Os preparativos começaram desde a noite de segunda-feira, quando chegou o primeiro lote de vacinas para o estado. O material foi preparado durante a madrugada para ser levado às cidades.

O responsável pelo transporte até os municípios é o Governo do Estado. E depois a aplicação fica sob responsabilidade das prefeituras.

“Os municípios já estão organizados e coordenados para receber essas primeiras amostras”, afirmou Edmilson Diniz, superintendente da Vigilância Sanitária

As vacinas estão sendo acompanhadas por escolta policial, para garantir a segurança do material.

De acordo com o comandante do Centro Tático Aéreo, comandante Magno, os aviões vão levar as cargas maiores até as Regionais de Saúde. E de lá vão de carros ou helicóptero até as cidades menores da região.

Públicos

Nesta primeira etapa, são vacinados os grupos determinados pelo Ministério da Saúde. Existem três fases nesta etapa. Na primeira fase, são trabalhadores de saúde; pessoas de 75 anos ou mais; pessoas de 60 anos ou mais em asilos; população em situação de rua; população indígena, povos e comunidades tradicionais ribeirinhas e quilombolas.

Na segunda fase, são os idosos de 60 a 74 anos. Na terceira fase, são pessoas com diabetes mellitus; hipertensão arterial grave; doença pulmonar obstrutiva crônica; doença renal; doenças cardiovasculares e cerebrovasculares; indivíduos transplantados de órgão sólido; anemia falciforme; câncer; e obesidade grave, com Índice de Massa Corporal igual ou maior que 40 (IMC≥40).

A estimativa é de 1,75 milhão de pessoas nesta primeira etapa, ainda sem data prevista para terminar. Os demais serão vacinados após essa fase, em cronograma também a ser definido pelo Ministério da Saúde.

segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Imagens da noite: Maranhão inicia vacinação contra a Covid-19

 

O governo do Maranhão deu início à vacinação contra a covid-19 na noite desta segunda-feira (18), por volta das 20hs. Os primeiros vacinados foram Egle Maia Sousa, técnica de enfermagem do Hospital Carlos Macieira; Fabiana Guajajara, indígena da Aldeia Arariboia; Conceição de Azevedo, médica infectologista do Hospital Presidente Vargas; Henrique Novaes Sobrinho, fisioterapeuta do Hospital Carlos Macieira; e Sônia de Matos, enfermeira do Hospital Genésio Rêgo.

O governador Flávio Dino ressaltou a importância do Sistema Único de Saúde nas ações de enfrentamento à pandemia. “Demos um grande passo. Tenho um oásis de alegria num imenso vale de lágrimas”, disse o governador, fazendo uma referência às vítimas recentes em Manaus e ressaltando a importância do SUS.

 “O SUS foi muito atacado. Queriam privatiza. Os servidores públicos dão exemplos. Uma salva de palmas a todos os profissionais do SUS”, disse o governador.

O governador destacou também à importância do Instituto Butantan no desenvolvimento da vacina Coronavac, e que há necessidade de destravamento da fabricação da vacina no Brasil.

Dino disse que o Maranhão, neste primeiro momento, recebeu 164 mil doses, o que será suficiente para imuniza 82 mil pessoas, pois cada uma delas receberá duas doses. Ele acrescentou que a vacina não substitui as medidas preventivas. Segundo ele, na manhã desta terça será feita a distribuição aos municípios.

“Temos todas as logísticas traçadas para distribuir a vacina em todo o estado. Nossas equipes irão trabalhar durante toda a madrugada. Amanhã cedo, vamos distribuir para os municípios. Os aviões e helicópteros estão preparados”, ressaltou o governador, acrescentando que a vacinação será iniciada no interior na quarta-feira (20).

Dino voltou a lamentar a situação da pandemia na cidade de Manaus, no Amazonas, e disse que o problema é de todos nós. “Somente autoridades desumanas, irresponsáveis, podem dizer que não temos nada a ver com isso. Vamos vencer esse ciclo de trevas que estamos vivendo”, finalizou Dino.

Emocionado, o secretário Carlos Lula agradeceu ao empenho de todos os profissionais da saúde. Para ele, o processo de vacinação vai durar todo o ano, com alguns intervalos, dependendo da disponibilização de vacina. Ele disse que somente a união de forças vai acelerar o processo de vacinação. “Para ter vacina, não podemos ter confusão”, disse.

A distribuição de agulhas e seringas para todas as Regionais de Saúde do Maranhão foi finalizada hoje. Foram enviados 315.400 insumos, os quais deverão ser utilizados para imunizar o público-alvo nos 217 municípios durante a Etapa 1 da primeira fase de vacinação contra a Covid-19.

Na etapa 1 da primeira fase de vacinação contra a Covid-19, conforme Informe Técnico do Ministério da Saúde serão vacinadas pessoas com 60 anos ou mais institucionalizadas, pessoas com deficiência institucionalizadas, população indígena aldeada e profissionais da saúde da linha de frente.

Publicado por Gilberto Lima em Segunda-feira, 18 de janeiro de 2021

Pai da criança assassinada com tiro na cabeça em Trizidela do Vale não resiste e morre no hospital

O pai da menina Rayla dos Santos, de 4 anos, morta com um tiro na cabeça em Trizidela do Vale, a 283 km de São Luís, não resistiu e também morreu no Hospital de Presidente Dutra.

Romário Leite dos Santos, de 23 anos, a filha e Evandro Fernandes Leite, de 35 anos, foram baleados dentro de casa na Rua do Campo, na noite de domingo (17). Uma dupla invadiu a residência e efetuou os disparos.

Os tiros atingiram as cabeças das vítimas. Rayla não resistiu aos ferimentos e morreu ao ser socorrida.

Evandro e Romário foram socorridos e levados às pressas para o hospital em estado grave. No início da tarde desta segunda-feira (18), Romário não resistiu aos ferimentos e morreu.

Evandro segue hospitalizado em estado grave. Ele está com um projétil alojado na região do olho.

Os criminosos fugiram após o crime e, até o momento, não foram localizados. A Polícia Militar afirmou que está realizando diligências em toda a região para tentar prender os assassinos.

Postagem relacionada:

Criança morre e dois homens ficam gravemente feridos após serem baleados dentro de casa em Trizidela do Vale



Dino pede ‘foco’ em viabilização de mais doses de vacinas

O governador do maranhão, Flávio Dino (PCdoB), afirmou nesta segunda-feira, 18, que o início da vacinação contra a covid-19 no País, adiantada para hoje, é uma grande conquista. No entanto, o potencial candidato ao Planalto em 2022 pediu “foco” na “viabilização urgente de mais vacinas”.

Atualmente, o País dispõe de 6 milhões de doses da Coronavac, que tiveram a distribuição iniciada aos Estados nesta manhã. Todo esse quantitativo foi importado da China.

“O início da vacinação é uma grande conquista. Mas é fundamental a viabilização urgente de mais vacinas, pois o número inicial é muito pequeno. Alternativa mais viável é a fabricação no Brasil, pelo Butantan e pela Fiocruz. Foco deve ser esse agora”, escreveu Dino no Twitter.

Criança morre e dois homens ficam gravemente feridos após serem baleados dentro de casa em Trizidela do Vale

Uma criança morreu e dois homens ficaram gravemente feridos, na noite desse domingo (17), após serem atingidos por disparos de arma de fogo na Rua do Campo, em Trizidela do Vale, a 283 km de São Luís.

Segundo informações, era por volta das 20h20min, quando dois homens armados entraram na residência e atiraram na cabeça das vítimas.

Evandro Fernandes Leite, de 35 anos, e Romário Leite dos Santos, 23 anos, foram encaminhados para o Hospital Municipal de Trizidela do Vale. Em seguida, eles foram transferidos para o hospital do estado no município de Presidente Dutra.

A criança, identificada como Rayla dos Santos, de 04 anos, também foi socorrida e encaminhada para o Hospital Municipal de Pedreiras, e transferida para Presidente Dutra, porém faleceu antes de chegar ao hospital.

A Polícia Militar do 19° BPM está realizando diligências na intenção de identificar e prender os criminosos.

 

Com informações de Ricardo Farias

domingo, 17 de janeiro de 2021

Desembargadora cunhada de José Sarney entra na mira do MP

 Magistrada virou alvo de ação de improbidade em investigação sobre suposto esquema de fraude

O Ministério Público do Maranhão abriu ação de improbidade contra a desembargadora Nelma Sarney, cunhada do ex-presidente. Quer a condenação e o bloqueio de bens de Nelma por suposto envolvimento em um esquema de fraudes.

No texto da ação, o MP aponta que a desembargadora foi responsável por permitir um esquema de danos ao erário que resultaram em contratações fraudulentas para suposta manutenção de um cartório.

De acordo com a investigação, somente em 2014 o esquema retirou dos cofres públicos cerca de R$ 1,04 milhão. O valor exato do dano, no entanto, o Ministério Público diz não ser possível calcular.

Leia mais sobre o assunto em ampla reportagem do The Intercept Brasil, publicada em 8 de setembro de 2020

DESEMBARGADORA É INVESTIGADA POR FAZER GINÁSTICA PARA GARANTIR CARTÓRIO A EX-ASSESSOR



Primeira vacinada do país, enfermeira Mônica Calazans ajuda a salvar vidas na capital paulista

Aos 54 anos e com perfil de alto risco para COVID-19, ela não deixou de atuar em hospitais e diz que campanha "é recomeço de vida digna para todos"

A enfermeira Mônica Calazans, 54, é a primeira brasileira imunizada com a vacina do Butantan contra a COVID-19 no país. Mulher, negra e com perfil de alto risco para complicações provocadas pelo coronavírus, não deixou de atuar nos hospitais da capital paulista para ajudar a salvar vidas. Para Mônica, a campanha de imunização é uma oportunidade de recomeço para toda a população do Brasil.

"Não é apenas uma vacina. É o recomeço de uma vida que pode ser justa, sem preconceitos e com garantia de que todos nós teremos as mesmas condições de viver dignamente, com saúde e bem-estar", afirmou a enfermeira, que é obesa, hipertensa e diabética.

Em maio, quando a primeira onda da pandemia entrava na fase de pico em São Paulo, Mônica decidiu se inscrever para vagas de enfermagem com contrato por tempo determinado. Entre vários hospitais, escolheu trabalhar no Instituto de Infectologia Emílio Ribas mesmo sabendo que estaria no epicentro do combate ao coronavírus. "A vocação falou mais alto", afirmou.

Residente em Itaquera, na zona leste da capital, Mônica trabalha em turnos de 12 horas, em dias alternados, na UTI do Emílio Ribas, hospital de referência para casos graves de COVID-19. O setor tem 60 leitos exclusivos para o atendimento a pacientes com coronavírus, com taxa de ocupação média de 90%.

Mulher de muitos recomeços, Mônica atuou como auxiliar de enfermagem durante 26 anos e decidiu fazer faculdade já numa fase mais madura, obtendo o diploma aos 47 anos. "Quem cuida do outro tem que ter determinação e não pode ter medo. É lógico que eu tenho me cuidado muito na pandemia toda. Preciso estar saudável para poder me dedicar. Quem tem um dom de cuidar do outro sabe sentir a dor do outro e jamais o abandona," disse.

Viúva, ela mora com o filho, de 30 anos, e cuida da mãe, que aos 72 anos vive sozinha em outra casa. Por isso, Mônica é minuciosa nos cuidados de higiene e distanciamento tanto no trabalho quanto em casa - até agora, nenhum dos três foi contaminado pelo coronavírus. Apesar disso, Mônica viu a COVID-19 afetar sua família quando o irmão caçula, que é auxiliar de enfermagem e tem 44 anos, ficou internado por 20 dias devido à doença.

Apesar da rotina intensa, a enfermeira mantém o otimismo e o equilíbrio emocional. Torcedora do Corinthians, Mônica aproveita as folgas no hospital para assistir aos jogos do clube de coração. Ela também é fã de de séries de TV e das canções de Seu Jorge, artista favorito da enfermeira.

Mônica se apoia na fé para manter a confiança e faz orações diariamente por si própria, familiares, colegas do trabalho e, principalmente, pelos pacientes. "Eu tenho sempre em mente que não posso me abater porque os pacientes precisam de mim. Tenho sempre uma palavra de positividade e de que vamos sair dessa situação. O que também me ajuda é o prazer que sinto com o meu trabalho", concluiu. 

Primeira vacinadora

A primeira vacinadora do Brasil também é mulher e enfermeira. Jéssica Pires de Camargo, 30, atua na Coordenadoria de Controle de Doenças e mestre em Saúde Coletiva pela Santa Casa de São Paulo.

Com histórico de atuação em clínicas de vacinação e unidades de Vigilância em Saúde, Jéssica já aplicou milhares de doses em campanhas do SUS contra febre amarela, gripe, sarampo e outras doenças. Para Jéssica, o início da vacinação contra a COVID-19 é um marco histórico na própria carreira e, sobretudo, para o Brasil.

"Não esperava ser a pessoa a aplicar esta primeira dose. Isto me enche de orgulho e esperança de que mais pessoas sejam protegidas da COVID-19 e que outros colegas de profissão possam sentir a mesma satisfação que sinto ao fazer parte disso. São mais de 52 mil profissionais de saúde mobilizados nesta campanha e cada um deve receber o devido reconhecimento", afirmou Jéssica.

Maranhão é o estado com menos mortes de Covid-19 por 100 mil habitantes no Brasil, segundo pesquisa

Uma pesquisa da Fiocruz mostra que o Maranhão é o estado com menos mortes causadas pela Covid-19 no Brasil. O estudo elenca os óbitos por 100 mil habitantes com base de cálculo aplicada pelos organismos que monitoram a doença no país.

No levantamento, o Maranhão está em último lugar na escala de mortes, resultado da eficiência das ações do Governo do Estado no controle da doença e do comprometimento dos profissionais de saúde no atendimento aos maranhenses.

O pesquisador Leo Bastos, da Fiocruz, mostra em estudo que o Maranhão é o estado com menos mortes por 100 mil habitantes causadas pela Covid-19 no Brasil. O estudo tem base de cálculo aplicada pelos organismos que monitoram a doença no país.

O governador Flávio Dino se manifestou sobre o estudo, lembrando a importância e dedicação de todos os profissionais da saúde do estado e municípios, neste cenário de combate à doença.

“Mais uma vez, complemento as equipes da Secretaria de Saúde do Estado e dos municípios e, especialmente, os nossos profissionais de saúde pelo desempenho”, pontuou o governador.

No Maranhão, já foram registrados 203.156 casos da doença, sendo 4.549 óbitos e mais de 489,9 mil testes realizados pelo Governo do Estado.

“O Maranhão está entre os estados que menos têm mortes por 100 mil habitantes, que é a prevalência epidemiológica interpretada de maneira correta e um alento para nós. Obviamente, não gostaríamos de ter perdido nenhum maranhense, mas todos os nossos esforços são no sentido de garantir a vida e que o estado reconforte seus habitantes. Esperamos que a vacina chegue, que esses números zerem e que esse episódio fique como um período obscuro de nossa história”, ressaltou o secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula.

Para a pesquisa foram utilizados todos os dados de óbitos notificados em 2020, com correção do atraso de notificação e previsão para a primeira semana de 2021. O levantamento mostra que o Rio de Janeiro é o estado com maior número de mortes por 100 mil habitantes provocadas pela Covid-19. O estudo é do pesquisador da University ir Sheffield, da Inglaterra e da Fiocruz, Leo Bastos. Na Fiocruz, o estudioso atua em pesquisas nas áreas de Saúde Pública, Estatística Aplicada e Epidemiologia das Doenças Transmissíveis.

Motorista de aplicativo é assassinado a tiros ao fazer corrida em Timon; ele gravou áudio informando que iria cobrar uma dívida de 300 reais

O corpo do motorista de aplicativo, Felipe Alexandre Assunção da Silva, de 30 anos, que estava desaparecido desde a noite de sexta-feira(15) foi encontrado no povoado Caititu, na zona rural de Caxias, com dois disparos de arma de fogo na parte posterior da cabeça.

A última imagem de Felipe, ainda com vida, foi registrada em um posto de combustíveis de Timon, por volta das 18h57 de sexta-feira.

A companheira de Felipe denunciou na manhã desse sábado (16) o desaparecimento do marido. Em seguida, as equipes especializadas da Polícia Civil em Timon deram início as diligências no sentido de encontrar o motorista. 

Por volta de 12h, o corpo de Felipe foi encontrado numa estrada na região da Santa Maria da Torre. Peritos do ICRIM e policiais da Central de Flagrantes estiveram no local fazendo os primeiros levantamentos.

Uma multidão de motoristas de aplicativos se aglomerou em frente ao IML de Timon na tarde desse sábado. Eles manifestaram indignação contra o assassinato do colega e exigiram que o criminoso seja preso.

Áudio enviado para amigos antes de sair para uma corrida e cobrar dívida

A Delegacia Regional de Homicídios (DRH) já tem informação de Felipe tinha uma corrida já planejada com um colega dele, e está verificando essa situação. O próprio motorista deixou um áudio gravado para os colegas informando que alguém estava lhe devendo R$ 300,00 e iria aproveitar a corrida para tentar receber o dinheiro.

“O cara tá me devendo quase R$ 300,00. Já tava com quase duas semanas. Eu mandava mensagem pro cara, ligava. E o cara nada. Eu não tava conseguindo contato com ele. Aí, eu fui lá na casa dele duas vezes, e não conseguia achar ele. Só tinha uns cabras de menor lá, e não davam pra resolver. E hoje o cara precisou de mim. Eu tô saindo do prego agora e vou buscar ele. Lá no miolo dos 40, da facção. Eu vou resgatar esse dinheiro. Eu vou fazer uma corria pra ele e vou resgatar. Vou deixar a localização o tempo todo aqui. O botão do pânico aqui já tá no jeito aqui. Qualquer coisa, se eu precisar da ajuda de vocês, quero contar com apoio. Nem que seja ligando para o 190”, disse o motorista antes de sair para fazer a corrida e cobrar a dívida.

O inquérito policial ficará a cargo da Delegacia de Homicídios de Caxias, visto que o corpo foi encontrado na zona rural daquele município, mas contará com o apoio da DRH/Timon.



Polícia prende segundo suspeito de assassinar casal a facadas em Esperantinópolis

O homem identificado como Fernando do Didi, morador do povoado Palmeiral, em Esperantinópolis, foi preso por policiais militares por suspeita de participação em um duplo homicídio, na madrugada deste sábado (16).

As vítimas foram Geovane e Lenir, proprietários de um balneário no povoado. Eles foram encontrados mortos com perfurações de faca, na altura do peito, na residência deles, às primeiras horas da manhã.

Fernando do Didi foi encontrado em sua residência e reagiu à prisão. Ele entrou em luta corporal com o tenente José Antônio, ao tentar fugir do local, e acabou levando um tiro de raspão em uma das mãos.

De acordo com polícia, Fernando foi levado ao Hospital Municipal para cuidar do ferimento. Em seguida, ele será encaminhado para 14ª Delegacia Regional de Polícia Civil de Pedreiras.

O primeiro suspeito foi preso pela manhã.

Com informações do Ricardo Farias

Postagens relacionadas:

Preso suspeito de ter assassinado casal em Esperantinópolis

Dono de balneário e esposa são assassinados em Esperantinópolis

sábado, 16 de janeiro de 2021

Polícia prende cinco suspeitos com armas, munições e veículos roubados no Residencial Araçagi, em São José de Ribamar

A Polícia Militar prendeu, por volta das 6h deste sábado, cinco pessoas suspeitas de crimes em uma casa na Avenida Campos Júnior, no Residencial Araçagi, nas proximidades da Pousada Vila do Mar, no acesso à Praia do Meio, em São José de Ribamar.

No momento das prisões, foram apreendidas armas, munições, coletes balísticos e três veículos, sendo dois deles com registros de roubo.

Os presos foram identificados pelas iniciais D.S.S., de 20 anos, residente no bairro Santa Bárbara, em São Luís; M.C.G., de 23 anos, residente no bairro Altos do Calhau, em São Luís; a mulher B.G.P.S., de 34 anos, residente em Vargem Grande; N.M. de S.L., de 26 anos, residente na Rua Honório de Paiva, no bairro Piçarra, em Teresina/PI; e W.B.M.B dos S., de 34 anos, residente na Avenida Celso Pinheiro na Vila da Paz, em Teresina/PI.

No local das prisões, os policiais apreenderam uma espingarda calibre 12, com 69 munições intactas; uma pistola PT 380, marca Taurus, com 72 munições intactas; 10 munições calibre .40 e um carregador de pistola PT .40; 18 munições calibre .38; três coletes balísticos completos da marca protecta; um facão, três facas e celulares.

Foram apreendidos um Jeep Renegade Sport, cor preta e placa PTS-9000, de Paço do Lumiar, com registro de roubo; um veículo Renault Sandero 1.6 GT Line, de cor preta e placa PIN-7402- de Teresina/PI, sem registro de roubo; um veículo Fiat Mobi Like, de cor branca e placa QLR-8031, de Amapá/Macapá, com registro de roubo.

Segundo informações da PM, a equipe chegou ao local onde estavam os suspeitos após o recebimento de denúncia anônima. Após buscas no local e abordagem aos suspeitos, pegos de surpresa, sem condições de esboçar reação, foram localizadas as armas, objetos e demais materiais apreendidos.

A polícia vai dar continuidade às investigações para saber se a quadrilha estava se preparando para executar ações criminosas na região metropolitana de São Luís.

Os presos, juntamente com tudo o que foi apreendido, foram apresentados no Plantão do Cohatrac, em São Luís, para autuação em flagrante.

Governo do Maranhão inicia distribuição de insumos aos municípios para a vacinação contra a Covid-19

O Governo do Estado iniciou neste fim de semana a distribuição de seringas e agulhas aos municípios para a primeira fase da Campanha de Vacinação contra a Covid-19 no Maranhão. No sábado (16), foram beneficiadas as Regiões de Saúde de Itapecuru e Rosário.

O secretário de Estado da Saúde, Carlos Lula, destaca que o trabalho é intenso até a chegada da vacina. “Estamos preparando nossas equipes, distribuindo os insumos aos municípios e trabalhando em conjunto para, assim que as vacinas chegarem, iniciarmos a imunização no Maranhão. Com um planejamento previamente elaborado, o Governo vem se organizando para este momento que é tão esperado por todos nós”, ressalta.

A ação faz parte da execução do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19. A distribuição diz respeito a primeira fase do Plano Estadual de Vacinação contra a Covid-19.

Para Itapecuru foram entregues 6 mil insumos, Rosário outros 4.500. A Secretaria de Estado da Saúde (SES) também se colocou à disposição para auxiliar os municípios menores e mais distantes. Caso seja necessário, serão enviados equipamentos de segurança, desde que sinalizem a necessidade para as Regionais de Saúde à qual pertencem.

De acordo com o coordenador das Unidades Regionais de Saúde, Aristeu Marques, a distribuição dos insumos está sendo feita de modo estratégico. “O transporte está sendo feito através dos nossos caminhões com destino às Unidades Regionais de Saúde, que ao receberem imediatamente encaminharão para as Centrais Municipais de Imunização. Essa logística já foi traçada e a nossa expectativa é que até esta quarta-feira todas tenham sido atendidas”, explicou.

Preso suspeito de ter assassinado casal em Esperantinópolis

A Polícia Civil, em ação conjunta com a Polícia Militar, prendeu um suspeito de ter assinado o dono de um balneário e sua esposa na cidade de Esperantinópolis.

Geovane e Lenir foram encontrados mortos com perfurações de faca, na altura do peito, na manhã deste sábado (16).

Os corpos estavam na residência do casal localizada no povoado Palmeiral.

De acordo com Diego Maciel, que comanda a Delegacia Regional de Pedreiras, um delegado e um investigador foram deslocados a Esperantinópolis para que fossem colhidos todas as informações possíveis par identificação dos autores do duplo homicídio. Um dos suspeitos foi preso de forma imediata.

Ele foi levado para a Delegacia de Polícia Civil de Esperantinópolis e, por estar aparentemente drogado, o mesmo terminou sendo encaminhado para à 14ª Delegacia de Pedreiras, onde foi interrogado.

Se confirmada a autoria do crime, ele será autuado em flagrante. A polícia quer saber se tem mais alguém envolvido no crime.

Postagem relacionada:

Dono de balneário e esposa são assassinados em Esperantinópolis


Dono de balneário e esposa são assassinados em Esperantinópolis

O homem identificado como Geovane, e sua esposa, identificada como Lenir, proprietários de um balneário, foram encontrados mortos, neste sábado (16), com marcas de tiros. 

O crime ocorreu na área da residência deles no Povoado Palmeiral, ponto turístico da cidade de Esperantinópolis, a 325 km de São Luís.

Os corpos, com perfurações de faca, foram encontrados por populares. A primeira suspeita é de que o casal tenha sido vítima de latrocínio, roubo seguido de morte

A polícia esteve no local para iniciar os trabalhos de investigação para tentar identificar e prender os autores do duplo assassinato.

Os corpos das vítimas foram encaminhados para o Hospital Municipal Santa Marta, em Esperantinópolis.