terça-feira, 12 de novembro de 2019

Assaltantes atiram em motorista e roubam caminhão caçamba em Arari


Bandidos assaltaram e balearam o motorista Luzevaldo Lindoso Gomes, no início da manhã dessa segunda-feira (11), por volta das 5h, entre as cidades de Arari e Miranda do Norte.

O motorista é morador da região de Gameleira, em Olinda Nova, e estava dirigindo um caminhão caçamba Mercedes Bens, ano 2008, de cor vermelha e placa NHO-4222, quando foi abordado por assaltantes que estavam em um carro de pequeno porte, de cor branca.

Ainda de acordo com os relatos da vítima à polícia, ele tentou reagir, mas foi atingido com um disparo de arma de fogo no braço esquerdo. Ele teve que parar e os bandidos colocaram um saco em sua cabeça. Luzivaldo Gomes foi abandonado na MA-020.

No momento em que foi encontrado pela polícia, o motorista estava em estado de choque e não soube dar mais informações.

Uma equipe do Serviço Móvel de Urgência (SAMU) foi acionada para fazer o resgate do motorista. Ele foi levado para o Hospital Macro Regional.

Mulher é esfaqueada pelo ex-marido quando caminhava em uma praça no centro de Pedreiras; estado dela é grave


Uma mulher identificada apenas como Luana, de 29 anos, foi esfaqueada pelo ex-marido, na tarde dessa segunda-feira (11), na Praça do Jardim, no centro da cidade de Pedreiras, a 278 km de São Luís.

Segundo informações, a vítima e uma amiga estavam caminhando quando foram abordadas pelo agressor, identificado como Cássio, ex-marido de Luana.

O homem tentou intimidar Luana e sacou uma faca. As duas mulheres correram, mas a ex-companheira do agressor foi alcançada e recebeu golpes que a atingiram na região do tórax, costas e ombros. A amiga de Luana conseguiu fugir.

Luana, que é moradora da Rua Geremias Caldeiras, no Bairro Seringal, deu entrada no Hospital Geral de Pedreiras. Em seguida, devido à gravidade de seu estado de saúde, ela foi transferida para o Hospital Geral de Peritoró.

Luana já vinha sendo perseguida pelo agressor, que não se conformava com a separação. Ele teria ateado fogo na sua antiga residência, localizada na Rua Nova, em Trizidela do Vale.

A Polícia Militar ainda realiza diligência para prender o agressor.

segunda-feira, 11 de novembro de 2019

Homem que aplicava golpe do falso depósito bancário na compra de peças para veículos é preso em São Luís


O golpista foi preso por dois PMs que estão de férias. Somente em uma loja, o prejuízo é da ordem de R$ 15 mil.
O homem identificado como José Felipe Sales Sousa, de 30 anos, foi preso em flagrante, no último sábado (09), por comprar peças de veículos por meio do golpe do falso depósito bancário em uma loja na Avenida Kennedy, em São Luís. A prisão ocorreu no entorno do Castelão, no momento em que ele recebia mercadorias.

A prisão do golpista foi feita pelos PMs cabo Borges e soldado Jafar, que trabalham no 13º BPM e estão de férias.  Eles estavam fazendo compras em uma loja de autopeças na Avenida Kennedy quando perceberam que funcionários da loja comentavam sobre um golpe que haviam sofrido, e que o golpista estava tentando, naquele momento, agir novamente utilizando a mesma prática criminosa.

De imediato, os policiais se prontificaram a ajudar a prender o golpista. Eles se deslocaram ao local marcado para a entrega das mercadorias. O cabo Borges solicitou o apoio do soldado Feire Neto para que o ajudasse na interceptação do criminoso. O local entrega seria na Forquilha, mas mudou para as proximidades da Coca-Cola, no Filipinho, e depois Avenida Contorno Castelão, no Barreto, onde os policiais conseguiram interceptar e prender José Sousa.
PMs que fizeram a prisão do golpista 
Pelas informações da PM, somente nessa loja, o golpista conseguiu efetuar sete compras totalizando R$ 15 mil.

Pra aplicar o golpe, José Sousa ligava para o estabelecimento, solicitava as peças, marcava um local para recebe-las e, em seguida, mostrava um recibo de uma transferência bancária, sendo que esse recibo era falso. Os valores depositados nunca caiam na conta da empresa. Vários comerciantes de São Luís vêm sendo vítimas desse golpe do falso depósito bancário.

José Felipe Sales Sousa foi conduzido para o plantão da área Itaqui-Bacanga para autuação em flagrante. Em seguida, ele foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas, onde ficará à disposição da Justiça.

Estudante do Colégio Militar morre em colisão entre motocicleta e caminhão na BR-010, em Imperatriz

A mãe foi buscar a filha na escola em Imperatriz e quando retornava houve o acidente, que vitimou fatalmente a estudante

A estudante Amanda Farias Santos, de 11 anos, estudante do Colégio Militar Tiradentes II, em Imperatriz, morreu em um grave acidente, na tarde desta segunda-feira (11), no km 238 da rodovia BR-010. A estudante estava na garupa de uma motocicleta que colidiu contra um caminhão. A mãe dela, que pilotava a moto, ficou ferida.

Pelas informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), que esteve no local, o acidente ocorreu por volta das 12h30, próximo ao povoado Bananal, onde as vítimas moravam.

A motocicleta com mãe e filha retornava de Imperatriz, onde a menor estudava. Em determinado momento, houve o choque entre os dois veículos, sendo que a moto trafegava no acostamento da rodovia ou próximo a ele.

O ICRIM foi acionado e compareceu ao local para fazer a remoção do corpo de Amanda Santos.

A mãe da estudante foi levada para o hospital Socorrão de Imperatriz e não corre risco de morrer. O condutor do caminhão não se feriu.

Fonte: PRF

Mulher é esfaqueada 12 vezes pelo namorado em Balsas


Uma mulher identificada como Luara Macedo foi esfaqueada 12 vezes, na madrugada desse domingo (10), na cidade de Balsas, a 802 km de São Luís. O autor da agressão covarde foi o homem identificado como Carlos Langner, namorado da vítima, depois de uma discussão ocorrida entre os dois.

Segundo a polícia, a tentativa de feminicídio aconteceu no bairro Açucena. Sete facadas atingiram a mulher no tórax e cinco na cabeça. Luara conseguiu pedir socorro e foi levada para o Hospital Municipal Balsas Urgente, onde permanece internada.

Segundo a família, apesar da gravidade, seu quadro de saúde é estável.

Apesar de a família dizer que o relacionamento de Luara e Carlos era abusivo, eles aparentavam felicidade em fotos divulgadas em redes sociais. Luara gostava de postar declarações de amor para o namorado, que era controlador e ciumento.

Após o crime, Carlos Langner fugiu e, até o momento, não foi localizado pela polícia.

Homem é preso por dopar passageiros de ônibus com rivotril colocado em bombons e sucos no interior do Maranhão

O homem identificado como João Batista Azevedo foi preso pela Polícia Militar, no último fim de semana, na cidade de Santa Inês, a 247 km de São Luís. Ele é acusado de dopar passageiros de ônibus utilizando o medicamento rivotril em bombons de chocolate, água de coco e sucos embalados.

O golpista, que foi preso na BR-316, faria parte de uma quadrilha que vem agindo dentro dos ônibus oferecendo os produtos “batizados”. Após as vítimas adormecerem, eles aproveitam para furtar todos os objetos transportados por elas.

Ao ser preso, o acusado admitiu a prática do crime. Em um vídeo gravado na delegacia, João Azevedo abre um dos bombos de chocolate e mostra o medicante rivotril sobre a camada do recheio de chocolate. Ele anda sempre com uma pasta de executivo.

Segundo a PM, diversos casos estão sendo registrados em vários pontos do Estado. A pessoa que foi dopada por ele, antes da prisão em flagrante, foi encaminhada para o Hospital de Santa Inês.


Contador é assassinado a tiros na zona rural de Timon


O contador e servidor público municipal do IPMT de Timon, Antônio Carlos Gomes de Abreu, de 49 anos, conhecido como Carlinhos, foi morto na localidade 89, zona rural de Timon, na madrugada desse domingo(10), por volta de 1h, vítima de disparos de arma de fogo.

No local, populares informaram que Carlinhos encontrava-se jogando baralho em uma residência, quando dois homens desconhecidos chegaram em uma motocicleta e efetuaram três disparos. Ele morreu no local.

Em seguida, os acusados fugiram em uma motocicleta Honda Bros, de cor preta.

O contador, que desempenhava a função de assistente contábil no IPTM, era casado com Dinarely Sá, filha do comerciante Zé de Sá e cunhado do vereador Kaká do Frigo Sá. 

Carlinhos também era bastante conhecido no meio do futebol amador de Timon e era entusiasta das ‘peladas’ de fim de semana e de torneios rurais.

A polícia, que foi acionada por volta de 1h45, realizou diligências durante todo o domingo, mas ainda não conseguiu identificar e prender os assassinos.

O crime tem características de pistolagem por encomenda, ou mesmo acerto de contas, pois os assassinos já chegaram disparando contra o contador. 

Pelas informações passadas à polícia, Carlinhos não teria desafetos e nem havia sido ameaçado de morte.

domingo, 10 de novembro de 2019

Policiais militares sofrem acidente durante perseguição a motociclista que furou blitz em Codó


Dois policiais militares ficaram feridos em um acidente de trânsito ocorrido no final da tarde deste domingo (10) na Avenida Augusto Teixeira, no bairro São Sebastião, em Codó, a 307 km de São Luís.

De acordo com testemunhas, a PM realizava uma blitz de trânsito quando um motociclista furou o bloqueio e fugiu em alta velocidade. De imediato, os dois policiais saíram em perseguição e acabaram colidindo contra um carro próximo a um semáforo.

O Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) foi acionado e atendeu rapidamente os policiais, de 30 e 32 anos, que foram encaminhados para o Hospital Geral Municipal (HGM) de Codó. Com suspeitas de fraturas, o estado de saúde deles é estável.

A PM não informou o nome do motorista envolvido no acidente e nem se o motociclista que furou a blitz foi preso.

Tragédia: Policial militar comete suicídio em Santa Inês


O policial militar identificado como Ítalo Bruno dos Santos Chaves, de 26 anos, lotado no 7° BPM, em Pindaré-Mirim, recorreu ao suicídio na cidade de Santa Inês, a 247 km de São Luís.

O PM estava desaparecido desde ontem, sábado (09). O corpo foi encontrado em cima de uma cama na residência do policial, na Travessa Newton Belo 325, no bairro Nova Santa Inês.

Ele recorreu ao suicídio disparando um tiro de arma de fogo na cabeça.

O militar, que ingressou na PM em 2014 e trabalhava no Esquadrão Pretoriano (moto patrulhamento), também era acadêmico do curso de Direito.
De acordo com o Coronel Edeilson Carvalho, comandante do Batalhão de Choque, em postagem no Instagram, Santos estava recém separado e atravessava algumas desilusões nos negócios financeiros particulares.

Diante de mais essa tragédia, o coronel alerta para a necessidade de melhorar a assistência psicológica aos policiais militares. “Esse fatídico nos deixa a certeza de que nos problemas de saúde mental, o inimigo está dentro de nós e não pode ser enfrentado sozinho. Pra nós fica essa triste perda e a certeza de que temos que melhorar a assistência psicológica dos nossos policiais, dever da corporação, mais responsabilidade que cai nos ombros de cada colega de serviço. Do comandante ao companheiro de serviço” disse.

Segundo suicídio em menos de um mês

A policial militar Claudia Suellen Cavalcante, lotada no 7º BPM, em Pindaré Mirim, recorreu ao suicídio na noite do dia 19 de outubro deste ano. 

No momento da tragédia, a PM estava dentro do carro com o namorado no Parque da Raposa, próximo ao Ginásio de Esporte João Cambinha, em Santa Inês.

Em meio a uma discussão, ela teria puxado a arma e disparou um tiro em si mesma. A militar deixou duas filhas. Claudia Suellen morava em Pindaré Mirim. Ela havia ingressado na Corporação em 2017.

Flávio Dino entrega restaurantes populares e inaugura obras estruturais no interior do Maranhão


Consolidando a política de segurança alimentar do Governo do Estado, neste sábado (9), foram inaugurados novos restaurantes populares, beneficiando municípios do interior do Maranhão. As cidades integram o programa Mais IDH e, com os equipamentos, mais de 1.400 pessoas serão atendidas diariamente com refeições nutritivas e de baixo custo. Os espaços oferecem ainda cursos de produção de alimentos. Foram contemplados Arame, Jenipapo dos Vieiras, São João do Sóter, Fernando Falcão e São Francisco do Maranhão. Com as novas unidades, somam 36 os equipamentos de segurança alimentar entregues na gestão do governador Flávio Dino.

“Hoje é o dia ‘D’ da segurança alimentar no Maranhão, com a inauguração destes restaurantes populares. Tínhamos apenas cinco quando assumimos o Governo e aumentamos em 36 o número de equipamentos, e vamos ampliar para 46 por sabermos que esta é uma importante política de assistência social”, enfatizou o governador Flávio Dino.

Na ocasião, o governador lembrou a vasta agenda que incluiu ainda a entrega de sistemas de água e obras de infraestrutura e educação, e reforçou a gestão parceira com as prefeituras. Em Arame, Dino foi homenageado com o Título de Cidadão Aramense.

Nos restaurantes serão servidos de 200 a 500 refeições por dia, com valor simbólico de R$ 2. São alimentos preparados com produtos da agricultura familiar, entre outros, e cardápio elaborado por nutricionistas.

Em Jenipapo dos Vieiras, Fernando Falcão e São Francisco do Maranhão, as unidades servem 200 refeições diárias; em São João do Sóter, serão 350 pratos; e em Arame, o equipamento terá capacidade para servir até 500 refeições.

As unidades vão contar ainda com sala para promoção de cursos e oficinas na área alimentar. Os cursos priorizam o uso de produtos regionais e orgânicos, a fim de estimular o consumo da produção local. Entre as capacitações, estão oficinas de produção de alimentos, a exemplo do curso de reaproveitamento integral dos alimentos. A estrutura dos restaurantes terá ainda sala para atividades físicas e a promoção de ações integradas com a política de assistência social, saúde, educação e agricultura. 

“Garantir dignidade e qualidade de vida aos que mais precisam é uma das marcas da gestão do governador Flávio Dino. E temos buscado transformar essa prioridade em ação. Um exemplo é o número de restaurantes populares já inaugurados e consolidando esta política no Estado. Temos a maior rede estadual destes equipamentos, levando refeição de qualidade e a assistência necessária para combater a insegurança alimentar”, enfatizou o secretário de Estado de Desenvolvimento Social (Sedes), Márcio Honaiser.

Quem é beneficiado reconhece a importância dos restaurantes populares na garantia de uma alimentação mais adequada e valor justo. É o caso da aposentada Elizabeth Ribeiro, moradora do município de Arame, que vai almoçar na unidade inaugurada e, assim, garantir economia no orçamento doméstico. “A comida é muito boa, variada e barata. A gente fica bem alimentado e economiza, porque comer fora é caro e, aqui, a gente tem opção de comer bem, por um preço baixo e com qualidade”, disse.

A prefeita de Arame, Jully Menezes, agradeceu ao governador Flávio Dino pelo conjunto de benefícios à cidade, lembrando a população carente e comunidades indígenas que serão alcançadas com as melhorias.

No município de São Francisco do Maranhão, a moradora Maria Nazária, 67 anos, destacou a importância dos restaurantes para a população. “É muito importante para nós todos os serviços que têm nos restaurantes e a gente poder ter uma refeição com um preço tão bom e de tanta qualidade. Isso mostra que o Governo se importa com o melhor para nós”, afirmou Maria Nazária.

Os restaurantes populares integram os Centros de Referência em Segurança Alimentar e Nutricional (Cresans). O projeto conta com serviços de atendimento básico de saúde, atividades físicas, capacitações e produção de refeições balanceadas por nutricionistas.

O Cresan contribui ainda para movimentar a economia dos municípios contemplados, adquirindo o mínimo de 30% de alimentos produzidos pela agricultura familiar local.

No governo Flávio Dino totalizam 36 equipamentos de segurança alimentar, sendo 33 restaurantes, duas cozinhas comunitárias e um banco de alimentos. A meta é alcançar 46 equipamentos até o final do ano. Com as entregas deste sábado, o Maranhão se posiciona como o maior da rede de restaurantes populares do Brasil. A agenda do sábado contou ainda com entrega de obras na infraestrutura e educação.

Escolas indígenas

Seguindo a agenda de inaugurações, em Jenipapo dos Vieiras, o governador Flávio Dino entregou duas escolas para as comunidades indígenas. A medida reforça a política da gestão em benefícios destas comunidades e na garantia de educação adequada para todos. As inaugurações integram o programa estadual Escola Digna. Foram escolas reformadas, revitalizadas, construídas e reconstruídas pelo Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado de Educação (Seduc).

Foram entregues duas escolas construídas em terras indígenas, do município de Jenipapo dos Vieiras. Uma escola na Aldeia EL Betel – a Unidade Integrada de Educação Escolar Indígena Cacique Adebal; e outra na Aldeia Cana Brava, a Unidade Integrada de Educação Escolar Indígena Cacique Antônio Goiabeira.

As escolas, construídas do zero, receberam investimentos de mais de R$ 2,4 milhões. Os prédios escolares foram construídos dentro das especificações para Educação Indígena definidas pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Possuem seis salas de aula, de informática, de leitura, de professor, área de circulação, cozinha, banheiros masculino e feminino, vestiário, circulação. Espaços que trarão dignidade para essas comunidades indígenas.

Um dia antes, na sexta-feira (8), o governador inaugurou a Quadra Poliesportiva Oton Pereira Martins, do Centro de Ensino Pires Colins, em Paço do Lumiar. A obra recebeu investimentos de R$ 214 mil para renovar toda a estrutura. No mesmo dia, entrega do Farol João Mohana, no Bairro de Fátima, em São Luís, reformado em parceria Seduc e Secretaria de Administração Penitenciária (Seap), utilizando mão-de-obra dos internos. O espaço foi totalmente reformado, climatizado e requalificado com renovação do acervo, que ganhou 400 novos livros e mobiliário.

Infraestrutura

Na infraestrutura, o governador entregou obra do programa Rua Digna, com a revitalização da Rua Principal dos povoados Valério de Baixo e Valério de Cima, na cidade de Jenipapo dos Vieiras. Foram melhoradas a extensão de 790 metros das vias, atendendo cerca de 80 famílias. As ruas ficam acerca de 30 quilômetros da sede e a obra garante maior mobilidade.

Dino inaugurou ainda trecho da MA-006, de Arame a Grajaú, entrada da BR-226. Com a obra da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), o trecho recebeu pavimentação asfáltica em 125 quilômetros, além de serviços de drenagem, sinalização horizontal e vertical e placas de identificação das aldeias indígenas. E no município de Fernando Falcão, entrega da MA-272, que liga a cidade à Barra do Corda.

Abastecimento de água

Integrando o programa Água para Todos, Flávio Dino inaugurou sistemas de abastecimento de água no município de Arame. Foram 41 cisternas nos modelos ‘telhadão multiuso’, com capacidade de 25 mil litros cada. O programa vai garantir água potável para moradores dos povoados de Vila do Bode, Vila São João e Vila Jatobá, totalizando 167 famílias beneficiadas.

Os sistemas beneficiam ainda a produção de alimentos, atendendo comunidades rurais agrícolas dos povoados Buretas, São João e Chapada do Dino. As comunidades se destacam na criação de aves, suínos e produção de hortaliças.

A agricultora Carmosina de Sousa, 51 anos, de Arame, avalia que o benefício veio em boa hora. “A gente ficou mais de 20 dias sem água, e a região precisava de uma cisterna dessas”, destacou Carmosina de Sousa.

O Programa Água Para Todos, um dos vários programas executados pelo Governo do Estado, está realizando investimentos voltados para modernização e automação de sistemas de abastecimento de água em todo o Maranhão.

“O Supremo agiu acertadamente ao reafirmar a força normativa da Constituição e do CPP”, diz Flávio Dino em artigo sobre os princípios republicanos


Os princípios republicanos
Por Flávio Dino

Um dos pilares conceituais da República é que cada cidadão tem direitos iguais a qualquer outro. E assim deve ser tratado pelos Poderes estatais. Isso está na base do Liberalismo político, pensamento que combateu o autoritarismo das monarquias absolutistas a partir do século 17.

“Um homem, um voto”, já sintetizava Locke contra a ideia de que alguns, os nobres, teriam mais direitos que outros, os pobres. Reflexões posteriores consolidaram a ideia de que eventuais tratamentos desiguais só se justificam quando objetivando promover a máxima igualdade possível.

Hoje a maior ameaça que temos a esses princípios são as políticas que pretendem concentrar as riquezas nas mãos do 1% mais rico da sociedade. A forma mais cruel de concentrar riqueza é cortar serviços públicos essenciais para a população mais pobre.

Quando alguns supostos iluminados fazem a defesa da redução de gastos nacionais em educação e saúde como forma de “ajustar as contas públicas”, o que vemos é penalização dos mais pobres e da classe média. Medidas como essas visam jogar a população à própria sorte, usufruindo serviços apenas se tiverem dinheiro para pagar por eles. Enquanto isso, os bilionários prosseguem com seus lucros intocados e favorecidos por um sistema tributário que os protege.

Essa ideologia de beneficiar o 1% mais rico está na base da crise de legitimidade do sistema político em todo o mundo. Estamos vendo um exemplo bem próximo com as manifestações populares no Chile, onde se optou por modelos concentradores há muito tempo, resultando em aguda crise social.

No Brasil, práticas antirrepublicanas têm acirrado ânimos, aumentando as divisões em nossa sociedade a respeito das melhores soluções para nosso país. Uma dessas distorções se vê claramente no debate sobre o necessário combate ao crime. O país o reviveu esta semana por ocasião da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) a respeito da execução provisória de condenação em 2ª instância.

A Constituição de 88, surgida no pós-Ditadura, incluiu a proibição de execuções antecipadas de penas como forma de preservar a sociedade de possíveis abusos de autoridade. E não se pode mudar a Constituição por decisões do Judiciário, a quem cabe interpretar as leis, mas sem desrespeitá-las. Por isso, o Supremo agiu acertadamente ao reafirmar a força normativa da Constituição e do Código de Processo Penal.

Nesta semana, teremos a comemoração de mais um aniversário da Proclamação da República, importante evento na nossa história. A melhor forma de homenagear a data é valorizar e praticar princípios republicanos essenciais, a exemplo da busca de igualdade e respeito à legalidade.

sábado, 9 de novembro de 2019

Bolsonarista quer a morte do ex-presidente: ‘Não vejo a hora do Lula morrer’, diz deputado do PSL

Coronel Tadeu afirmou que fala não é 'discurso de ódio, e sim de paz'; ex-presidente discursou neste sábado no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC

O deputado federal Coronel Tadeu (PSL-SP) afirmou neste sábado que não vê a hora “do Lula morrer”. A frase foi publicada em seu perfil no Twitter durante a tarde, poucas horas depois de o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva fazer um discurso em tom crítico ao presidente Jair Bolsonaro (PSL) na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo.

“Não vejo a hora do Lula morrer”, escreveu o deputado na rede social. “Não é discurso de ódio e sim de paz. O histórico desse sujeito não deixa saudades, mas um exemplo para essa nação acordar dos males que sofreu.”

No Twitter, Coronel Tadeu protestou diversas vezes contra a saída de Lula da prisão. O ex-presidente deixou a Superintendência da Polícia Federal em Curitiba nesta sexta-feira, menos de 24 horas depois de o Supremo Tribunal Federal (STF) barrar prisões após condenação em segunda instância.

Neste sábado, o petista chegou a São Paulo e se encaminhou para São Bernardo do Campo, no Grande ABC, onde fez um discurso para a militância. Lula afirmou que Bolsonaro não foi eleito para “governar para milicianos do Rio de Janeiro” e chamou o ministro da Justiça Sergio Moro de “canalha”.

Com informações de Veja

Lula ataca Bolsonaro: “Não foi eleito para governar para milicianos”


Em discurso em São Bernardo do Campo (SP), neste sábado 9, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) afirmou que o presidente Jair Bolsonaro (PSL) “não foi eleito para governar para milicianos”.

O petista foi solto na sexta-feira 8, um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) adotar posição contrária à prisão-pena após condenação em 2ª instância.

“Estão falando em impeachment. Democraticamente, aceitamos o resultado da eleição. Mas Bolsonaro foi eleito para governar para o povo brasileiro. Ele não foi eleito para governar para os milicianos do Rio de Janeiro. Ele não pode fazer investigação do que eles fizeram para matar a Marielle. Não é a gravação do filho dele que vale. É preciso que haja uma perícia séria”, afirmou.

Ele também afirmou, em discurso, que seus acusadores na Operação Lava Jato “mentiram”, que o ministro da Justiça, Sergio Moro, é um “canalha” e o procurador Deltan Dallagnol “montou uma quadrilha” no Ministério Público Federal (MPF).

“Preciso provar que o juiz Moro não era juiz, era um canalha que estava me julgando. Eu preciso provar que o [Deltan] Dallagnol não representa o Ministério Público, que é uma instituição séria. O Dallagnol montou uma quadrilha com a força-tarefa da LAva Jato, inclusive para roubar dinheiro da Petrobras e das empreiteiras. E os delegados que fizeram inquérito contra mim mentiram em cada palavra que escreveram”, afirmou.

O ex-presidente corre risco de morte: Um sniper para matar Lula

A Fórum teve acesso ao trecho de uma conversa em um grupo de wahtsapp de empresários bolsonaristas que sugere a contratação de um "sniper freelancer" para mandar para o ABC, onde Lula fará ato neste sábado (9) no Sindicato dos Metalúrgicos 

Por Renato Rovai

A proposta de contratar um sniper para matar o ex-presidente Lula, que ganhou a liberdade nesta sexta-feira (8) após 580 dias de prisão, está circulando em grupos de whatsapp de apoio a Jair Bolsonaro.

A Fórum teve acesso a uma das conversas, que aconteceu em grupo de empresários bolsonaristas ainda na noite de ontem.

Um dos participantes diz que Lula estará neste sábado (9) em São Bernardo do Campo, no ato no Sindicato dos Metalúrgicos que acontece a partir das 13h, sem escolta e sugere a contratação de um atirador.

“O Lula amanhã estará em SBC as 10h se alguém conhece algum sniper freelancer pode mandar para o ABC…nem escolta ele vai ter…”, sugere um dos participantes.

Outro empresário que faz parte do grupo sugere uma “vaquinha” para pagar o matador. “Se aquele debil q atacou o bolsonaro quase conseguiu, a gente consegue com certeza”.

“Se eu tivesse uma sniper eu iria de graça”, rebate o primeiro.

Pedófilos, estupradores e assassinos não são afetados por decisão do STF


Pedófilos, estupradores e outros presos por crimes emblemáticos, como Alexandre Nardoni, Suzane von Richthofen e o goleiro Bruno, não serão afetados pela decisão do STF (Supremo Tribunal Federal) que proibiu execução provisória da prisão após condenação em segunda instância.

Ontem, a Corte decidiu que é preciso aguardar o trânsito em julgado do processo, quando não é mais possível recorrer, para determinar o início do cumprimento da pena.

Mas a decisão do Supremo não se aplica a quem teve a prisão preventiva decretada, como acontece com pessoas que são consideradas perigosas, que podem fugir ou tumultuar o processo, por exemplo.

Foi justamente o caso de Nardoni, Richthofen, do goleiro Bruno e do ex-deputado Eduardo Cunha, que foram presos preventivamente e, por isso, não responderam aos processos em liberdade.

João Paulo Martinelli, advogado criminalista e professor de direito penal, diz que acusados de estupro e de pedofilia, por serem considerados perigosos, normalmente têm a prisão preventiva decretada no decorrer do processo.

A prisão preventiva, ele explica, "é aquela prisão de quem ainda não foi condenado, mas a Justiça entende que o acusado deve responder preso porque pode sumir com provas, pode fugir, pode ameaçar testemunha".

"A decisão do STF atinge apenas quem não tem prisão preventiva decretada e iniciou o cumprimento de pena antes do trânsito em julgado", afirma.

"O STF proibiu a antecipação da pena, mas a prisão preventiva [ainda] cabe. Se o sujeito é considerado perigoso e foi condenado em segunda instância, ele continua preso", diz.

Com informações do UOL

sexta-feira, 8 de novembro de 2019

Flávio Dino entrega Estrada do Peixe, fábrica de gelo e ginásio em Matinha


Quem mora e trabalha no município de Matinha vive nova realidade com as melhorias realizadas pelo Governo do Estado na região. Em visita à cidade, nesta sexta-feira (8), o governador Flávio Dino consolidou mais uma etapa do plano de gestão, reforçando a parceria com as prefeituras. Na agenda, Flávio Dino entregou a nova Estrada do Peixe, que vai garantir mais mobilidade à população; uma fábrica de gelo equipada e moderna, impulsionando a atividade pesqueira; e inaugurou o ginásio poliesportivo do povoado.
“Estou muito feliz e com meu coração cheio de alegria e gratidão. Ouvi muitas palavras de agradecimento, mas, eu estou aqui para agradecer. Se tenho a honra e alegria de representar o Maranhão no Brasil e fora dele, eu devo ao povo de Matinha e ao povo de Itans, que sempre me apoiou nesta caminhada. Essas obras são fruto de demandas desta população e com as quais me comprometi, ainda em campanha, e agora, estamos aqui concretizando”, pontuou o governador Flávio Dino. 
A Estrada do Peixe liga o povoado Itans à sede de Matinha, favorecendo ainda a mobilidade dos demais povoados. São 16 quilômetros recuperados com serviços de melhoramento e pavimentação, no trecho Matinha/Itans. No conjunto de ações executadas na via pela Secretaria de Estado de Infraestrutura (Sinfra), está a pavimentação asfáltica, drenagem e sinalização horizontal e vertical.
“Mais uma estrada importante inaugurada hoje, em Matinha. Uma grande obra de infraestrutura do Governo do Estado no município, que dá acesso e mobilidade, promove o desenvolvimento econômico e social, gerando emprego e renda à comunidade”, pontuou o titular da Sinfra, Clayton Noleto. A rodovia vai servir para o escoamento da produção, contribuir para aumentar a renda e promover o fortalecimento da economia local. A entrega beneficiará os moradores das comunidades pesqueiras e outras localizadas entre Matinha e o povoado Itans. Para a obra, o Governo investiu R$ 14 milhões.
Moradora de Itans, a dona de casa Silmara Mota viu melhorar as condições de transporte e de deslocamento na região. “Estou muito feliz com essa estrada. Antes era muita dificuldade, muito barro e lama e às vezes, a gente tinha que voltar do meio do caminho, porque era difícil atravessar. Vai facilitar para mim que moro aqui e para muita gente que trabalha com a criação de peixe. Melhorou muito”, enfatizou ela, sobre a estrada que vai facilitar o acesso dos moradores do povoado Itans, além das mais de dez comunidades à sede de Matinha e entorno.
A região, que tem base econômica na pesca com o comércio do produto, ganhou ainda um importante apoio para a atividade com a entrega da fábrica de gelo totalmente equipada. A obra, executada pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes), atende demandas das comunidades pesqueiras, melhorando as condições de promoção da atividade de piscicultura e pesca artesanal na conservação adequada, garantia de um produto bem conservado ao consumidor e viabilizando a comercialização nos demais centros do Estado. 
Ainda na agenda de Governo, a entrega de uma quadra poliesportiva. Para as obras, o Governo fez investimentos de mais de R$ 14 milhões. Na ocasião, o governador prestigiou desfiles de escolas no município.
Vocação Pesqueira
Localizado na Baixada Maranhense, o município de Matinha é composto por pequenos e médios produtores, dos quais 75% têm a piscicultura como atividade secundária. O município é privilegiado com áreas de terras propícias para o desenvolvimento de projetos de inclusão da piscicultura em sua economia. Esta atividade é mais um fator de diversificação, fonte de geração de trabalho e renda na região da Baixada, considerada como uma das áreas de grande concentração de famílias em extrema pobreza.
A fábrica de gelo inaugurada tem capacidade para produzir cerca de 9,5 toneladas de gelo diariamente, a ser utilizado na conservação do pescado por processo de resfriamento. Vai funcionar 24 horas e garantir emprego e renda às famílias de aproximadamente 125 piscicultores que sobrevivem desta atividade.
Com a utilização de recursos e equipamentos adequados ao aproveitamento e melhoramento do pescado, a fábrica aumentará em cerca de 20% o padrão de conservação do produto. A construção, que teve recursos de R$ 625 mil, faz parte do Projeto de Melhoria na Estrutura de Conservação do Pescado, que integra o programa ‘Mais Renda’, coordenado pela Sedes.

Justiça manda soltar Lula e ex-presidente deixará prisão; acompanhe ao vivo

Decisão acontece um dia após o STF derrubar a prisão após condenação em segunda instância. Apoiadores e defesa do petista aguardam soltura de Lula em frente à PF em Curitiba. Acompanhe ao vivo
A Justiça autorizou a soltura imediata do ex-presidente Lula, em decisão desta sexta-feira, um dia após o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubar a prisão de condenados após a segunda instância.

Com a decisão do juiz Danilo Pereira Júnior, a expectativa é que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva seja solto da carceragem da Superintendência da Polícia Federal (PF), em Curitiba, ainda nesta sexta.

"Em face das situações já verificadas no curso do processo, [determino] que as autoridades públicas e os advogados do réu ajustem os protocolos de segurança para o adequado cumprimento da ordem, evitando-se situações de tumulto e risco à segurança pública", determinou o magistrado da 12ª Vara Federal de Curitiba.

"A decisão da Suprema Corte confirma aquilo que sempre dissemos que não havia a possibilidade de execução antecipada da pena”, disse Cristiano Zanin Martins, advogado de Lula, na coletiva de imprensa no início da manhã. Lula está preso em regime fechado desde abril de 2018 após condenação de 12 anos e 1 mês por corrupção e lavagem de dinheiro caso do tríplex do Guarujá. O ex-presidente teve seu tempo de prisão reduzido pelo Tribunal Superior de Justiça para 8 anos de 10 meses.