quarta-feira, 28 de outubro de 2020

Motociclista morre após ser atropelado por carro nas proximidades da Ceasa, em São Luís

Um motociclista, identificado como João Bosco, de 56 anos, morreu na noite desta quarta-feira (28), após um acidente de trânsito na Avenida Jerônimo de Albuquerque, no bairro do Cohafuma, em São Luís.

De acordo com as primeiras informações, João Bosco era funcionário da Cooperativa dos Hortifrutigranjeiros do Maranhão (COHORTIFRUT)/Ceasa. Ele foi atropelado por um carro EcoSport próximo ao local de trabalho.

O motorista atropelador fugiu do local, sem prestar socorro à vítima. Pelas informações colhidas no local, ele seria motorista de aplicativo. 

A polícia vai usar imagens do sistema de monitoramento para identificar o veículo e o motorista. Ele poderá responder por homicídio culposo, agravado pela omissão de socorro.

Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local do acidente para fazer a remoção do corpo do motociclista.

Presidente da Frente em defesa do SUS diz que Bolsonaro promove "escárnio" contra o povo brasileiro

Após a pressão, Bolsonaro recuou e vai revogar o decreto. “Valeu a pressão! Bolsonaro recuou e disse que revogará”, reagiu o deputado Márcio Jerry no twitter. 

Presidente da Frente Parlamentar Mista pelo Fortalecimento do Sistema Único da Saúde (SUS), o deputado federal Márcio Jerry (PCdoB-MA) disse nesta quarta-feira (28) que Bolsonaro promove "escárnio" contra o povo brasileiro ao apresentar projeto para sustar o decreto que libera para estudos a inclusão das Unidades Básicas de Saúde no programa de PPI, de investimento privado. Assinada por Jair Bolsonaro (sem partido), a determinação foi encarada como ‘o primeiro passo para promover a privatização da saúde no Brasil’.

“Defender o SUS é vital para a saúde de milhões de cidadãos. É um escárnio de Bolsonaro ao povo brasileiro uma norma que abre caminho para privatização dos serviços hoje garantidos pelo SUS. O que o Brasil precisa é de fortalecimento do Sistema, pelo que estamos e seguiremos lutando”, declarou Jerry, atual vice-líder do partido na Câmara.

O decreto toma por base uma resolução do Conselho de PPI de 2019, que determina que a Saúde seja ouvida no processo. No entanto, o trecho foi retirado do documento publicado na terça-feira. Outro fator a causar estranheza a Jerry e outros parlamentares é o fato do decreto não ter sido assinado pelo ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, mas pelo ministro da Economia, Paulo Guedes, e pelo presidente.

Embate na Câmara

Liderando o colegiado recém implantado no Congresso, Márcio Jerry afirmou que a intenção do governo se tornou evidente e que, por isso, também levará à Comissão Mista do Orçamento (CMO) o embate sobre os cortes de cerca de R$ 40 bilhões previstos pelo governo em 2021. A tesourada na saúde impactará diretamente o funcionamento das mais de 40 mil UBSs existentes Brasil. As unidades são consideradas a porta de entrada de todos os atendimentos prestados a cerca de 180 milhões de brasileiros.

No documento protocolado no Parlamento, há ainda a menção ao Conselho Nacional de Saúde (CNS), que criticou a medida por representar uma ameaça à universalidade do atendimento à saúde, prevista na Constituição. 

Em meio à pandemia

Em meio à crise sanitária, o deputado ainda ressaltou a gravidade da situação ao repercutir a desativação de 1/3 dos 14.843 leitos de UTI adultos e 249 pediátricos habilitados pelo Ministério da Saúde desde abril para tratar pacientes infectados pelo coronavírus. A Covid-19 já vitimou quase 158 mil pessoas, posicionando o Brasil como o segundo país com o maior número de mortes no mundo e o terceiro em número de contaminados, que chegam a quase 5.5 milhões.

“Quando debatemos o fortalecimento do SUS temos como objetivo assegurar que não haja o desmonte de toda a rede incorporada para o tratamento da Covid-19. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, já são foram desativados 65% dos leitos abertos desde o início da pandemia”, ressaltou.

Ainda assinam o projeto de decreto legislativo as deputadas Alice Portugal (PCdoB-BA) e Jandira Feghali (PCdoB-RJ).


Pai que engravidou a própria filha é preso por estupro de vulnerável em São Luís

Os abusos começaram quando a menor tinha 09 anos de idade e com 13 anos de idade a menor engravidou do próprio pai 

A Polícia Civil do Maranhão, através da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC)/DPCA, na manhã desta quarta-feira (28), deu cumprimento ao mandado de prisão preventiva contra um homem, de 46 anos, pelo crime de estupro de vulnerável praticado contra sua própria filha.

De acordo com a polícia, os abusos começaram quando a menor tinha 9 anos de idade, no bairro São Francisco, em São Luís.

Com 13 anos de idade a menor engravidou do próprio pai. Hoje, a filha da vítima com o autor do crime (seu pai) já tem 2 anos de idade. A paternidade foi comprovada pelo IGF.

A prisão foi realizada pela equipe Delegacia da Criança e do Adolescente (DPCA), após a realização dos procedimentos legais. 

O pai estuprador foi encaminhado ao Complexo Penitenciário de São Luís, onde ficará à disposição da Justiça.

Dois criminosos são presos com pistolas e quase R$ 100 mil na BR-316, em Timon

Os policiais verificaram que os dois homens já possuem passagens por homicídio. 

Policiais Rodoviários Federais, com ajuda de cães farejadores, prenderam dois homens, de 35 e 40 anos, suspeitos dos crimes de lavagem de dinheiro e porte ilegal de arma de fogo e munição.

A ação foi registrada na tarde dessa terça-feira (27) ao abordarem o veículo na BR-316, no município de Timon.

Os policiais estavam realizando policiamento ostensivo quando foi abordado o veículo que estava transitando pela rodovia. Ao realizar os procedimentos de identificação, os policiais notaram que o condutor e o passageiro estavam bastante nervosos, além de apresentarem informações desencontradas.

Após realizarem uma vistoria minuciosa no veículo, os policiais encontraram, em um fundo falso no painel do veículo, R$ 99.512 em dinheiro, duas pistolas da marca Taurus, 92 unidades de munição não deflagradas e um rádio comunicador.

Os policiais verificaram que os dois homens já possuem passagens por homicídio qualificado e receptação e são considerados de alta periculosidade.  Eles não informaram qual a origem do dinheiro, das armas e das munições.

Diante dessa situação, os homens foram presos e, com o dinheiro e as armas, encaminhados à Polícia Civil no município de Timon para os procedimentos necessários.



Dono de restaurante e vigilante são presos por suspeita de arrastar homem em situação de rua até a morte em São Luís

Crime aconteceu em 17 de maio deste ano. Corpo da vítima foi encontrado em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande.

Câmeras de segurança flagraram Carlos Alberto Santos sendo arrastado até a morte pelo Centro de São Luís.

Dois suspeitos de terem arrastado um homem em situação de rua até a morte pelo Centro de São Luís foram presos nessa terça-feira (27).

De acordo com o delegado da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP), Felipe César, foram detidos um empresário, dono de restaurantes na área próxima ao crime, e o vigilante de um desses estabelecimentos comerciais.

O crime aconteceu no dia 17 de maio, e o corpo do homem, identificado como Carlos Alberto Santos, de 36 anos, foi encontrado em frente ao Terminal de Integração da Praia Grande.

O delegado Felipe César afirma que o crime foi motivado porque Carlos Alberto teria roubado várias vezes um restaurante do empresário. Após ser detido pelo vigilante, o homem em situação de rua foi agredido, amarrado em um carro e arrastado pelo dono do estabelecimento comercial até o Terminal de Integração.

Câmeras de segurança flagraram o momento em que Carlos Alberto foi arrastado pela Rua de Santana, no Centro de São Luís.

As imagens também exibem o instante em que o empresário freia o carro para iniciar uma conversa e tomar uma bebida, enquanto a vítima estava amarrada.

Além disso, o vídeo mostra o carro passando por cima do homem em situação de rua. "É um crime muito chocante, as imagens mostram o tamanho da barbárie", disse Felipe César.

Depois do crime, o empresário fugiu para São Paulo e foi preso no retorno a São Luís. O carro utilizado para arrastar a vítima foi apreendido pela SHPP. O vigilante, por sua vez, foi localizado e preso no bairro Cidade Operária. 

Os dois suspeitos foram encaminhados para a sede da SHPP, na Avenida Beira-Mar.

Com informações do Imirante

Polícia prende estelionatário que alugava carros para empenhar com agiotas em troca de empréstimos

A Polícia Civil do Maranhão, por intermédio da Delegacia de Defraudações, prendeu, nessa terça-feira (27), em São Luís, um estelionatário que alugava carros para empenhá-los com agiotas, em troca de empréstimos.

O mandado de busca e apreensão foi cumprido no condomínio Grand Park, localizado no Calhau. Foram apreendidos R$ 30.000,00 em espécie, vários cheques, notas promissórias e documentos de veículos.  

Segundo a polícia, no contexto em que são analisados, os documentos são indicativos do crime de usura (agiotagem).

Pelas informações, vítima alugou o seu veículo aos estelionatários, que em troca de empréstimos, empenharam o veículo.

Como o valor não foi pago, o agiota transferiu o veículo para seu nome, utilizando-se de uma procuração e uma identidade falsas.

terça-feira, 27 de outubro de 2020

Funcionário de escola particular de São Luís é preso por suspeita de fraude em boletos de mensalidades

Segundo as investigações, o homem entrava em contato com pais de alunos e oferecia o pagamento de boletos com um preço abaixo do real e, posteriormente, invadia o sistema da escola e dava baixo nos boletos.

Na manhã de desta terça-feira (27), o funcionário de uma escola particular de São Luís e uma segunda pessoa foram detidos, suspeitos de estarem praticando fraude financeira na unidade de ensino.

A Polícia Civil do Estado do Maranhão, através do Departamento de Combate a Crimes Tecnológicos, cumpriu dois mandados de busca e apreensão nos apartamentos dos dois suspeitos, em um condomínio situado no bairro Turu, em São Luís.

Segundo a Polícia Civil, as investigações iniciaram há alguns meses, com a finalidade de apurar e identificar fraudadores de boletos de pagamentos de mensalidades de alunos da instituição.

Consta nas investigações que um dos suspeitos entrava em contato com pais de alunos, que pagavam as mensalidades através de boletos bancários, e oferecia o “serviço” com um preço abaixo do real da mensalidade e, posteriormente, invadia o sistema de pagamentos da escola e dava baixo nos boletos.

Na residência de um dos presos, que é funcionário da escola e principal investigado no crime, diversos objetos eletroeletrônicos foram apreendidos, assim como aparelhos de celular e modens de internet.

A Polícia Civil acredita que, pelo menos, há dois anos o homem já estava realizando esta modalidade criminosa na escola. Sendo que o prejuízo para a instituição de ensino soma em torno 95 mil.

As investigações seguem a fim de identificar se o principal suspeito do crime realizava o delito financeiro com participação de mais pessoas ou sozinho.

Após análise e perícia de todo material apreendido, o procedimento policial será arremetido para a Central de Inquéritos.

“Uma das marcas da democracia é conter apetites despóticos e autoritários vivos na atual política brasileira”, diz Flávio Dino

Durante a conferência Pour Le Brésil, nesta terça-feira (27) o governador Flávio Dino afirmou que um dos papéis importantes da democracia é combater atitudes agressivas e impulsos despóticos presentes na política brasileiras nos últimos anos.

“Nós precisamos, portanto, afirmar as virtudes e a potência da democracia. O ano de 2020 está sendo um dos anos mais complicados na vida institucional do nosso país. Porém, de toda forma, conseguimos evitar um golpe militar no país”, assegurou o governador ao afirmar que não foi por falta de vontade do presidente da República.

Ao lado do governador Flávio Dino, participaram a jornalista Patrícia Campos Mello da Folha de São Paulo e Gaspard Estrada, diretor executivo do Observatório Político da América Latina  e Caribe da Sciences (OPALC). O encontro foi promovido pela comunidade brasileira da universidade francesa Sciences Po.

Flávio Dino afirmou que não houve condições políticas para ruptura da ordem democrática, mesmo em relação à pandemia do coronavírus, em razão da força da democracia com a ação do Supremo que protegeu e defendeu a federação, com um jogo institucional que permitiu que houvesse um mínimo de condições para combater a pandemia nos estados e municípios brasileiros.

O governador dialogou sobre a força da democracia, mas também elencou alguns principais desafios, como o combate: às fake news; à desigualdade na proteção institucional; à desigualdade no acesso à justiça; às desigualdades sociais e a temática da tripartição funcional do estado.

“Se fosse necessário fazer uma agenda sobre o que nós teríamos que percorrer nos debates e ações para proteger a democracia eu colocaria esses itens: fake news, violência, corrupção, desigualdades, tripartição, desigualdades sociais. Acho que são esses fatores que solapam a vitória desse conceito de democracia entre nós”, disse.

“Se fizéssemos um balanço do terrível ano de 2020, creio que, apesar das inúmeras dificuldades, a democracia teve vitória, sofrida, é verdade. Mas uma vitória sobre o despotismo pouco esclarecido que é perpetrado no atual momento político do Brasil”, finalizou o governador.

“Não precisa ter medo”, diz Flávio Dino a Bolsonaro após novo ataque do presidente

Em meio à série de tumultos tenta criar em sua vinda ao Maranhão nesta semana, o presidente Jair Bolsonaro tentou uma nova cartada nesta terça-feira (27), ao dizer que é “preciso tirar o PCdoB do governo do Maranhão“. Mas a resposta de Flávio Dino veio logo em seguida, que desafiou o presidente a ganhar a eleição de 2022 no Maranhão e acrescentou: “Não precisa ter medo”.

Em postagem nas redes sociais, o governador disse que “desde a semana passada, Bolsonaro cria confusão com uma suposta visita ao Maranhão”. O presidente havia afirmado, sem mostrar qualquer tipo de prova ou indício, que o governo estadual estava se recusando a fornecer segurança durante a visita.

“No que depender de mim, ele pode ir onde quiser, não enfrentará protestos e terá a proteção da polícia do Maranhão. Não precisa ter medo. Aqui somos sérios e temos muito trabalho que nos ocupa”, acrescentou Flávio. 

O governador ainda disse que “em vez de vir cuidar de trabalho sério, que o governo federal deve fazer imediatamente, Bolsonaro diz que vem ao Maranhão para esse tipo de agenda: agressões e campanha eleitoral. Tudo com dinheiro público”. 

E desafiou: “Se Bolsonaro quer me tirar do governo do Maranhão, um bom caminho é lançar um bolsonarista assumido na eleição de 2022. Em 2018, não chegaram a 10% no Maranhão”.

Acidente deixa três mortos na BR-222 em Vitória do Mearim


Três pessoas morreram em um grave acidente, por volta das 17h15 dessa segunda-feira (26), no Km 289,3 da BR 222, entre as cidades de Vitória do Mearim e Arari.

Segredo informações, uma van do Tratamento Fora do Domicílio (TFD), um veículo Fiat/Ducato Minibus, de Santa Luzia, perdeu o controle na pista molhada e saiu para o acostamento, colidindo contra uma árvore.

Os mortos foram identificados como Rayonnara Yasmin Carvalho Vieira, de 16 anos, que morreu a caminho do hospital; Maria Lucimar Queiroz de Sousa, de 50 anos; e Endryo Lima Costa, de 6 anos.

Segundo informações da PRF, outras sete pessoas ficaram feridas.

O desgaste excessivo dos pneus pode ser uma das circunstâncias presumíveis do acidente que ainda está sendo elucidado pela PRF.

Fonte: PRF

segunda-feira, 26 de outubro de 2020

Maranhão ultrapassa 4 mil mortes por covid-19; mais de 95% dos infectados conseguiram se recuperar da doença

 


De acordo com dados da Secretaria de Saúde (SES), divulgados nesta segunda-feira (26), o Maranhão chegou a 4.003 mortes por covid-19 (2,17% dos infectados).

Mais nove óbitos foram confirmados nas últimas 24 horas. 

Os casos confirmados somam 184.122, sendo que 176.611 (95,92%) conseguiram se recuperar da doença. 203 se recuperaram nas últimas 24 horas.

3.508 pessoas estão com o vírus ativo. 3.233 se encontram em isolamento domiciliar, sendo acompanhados por equipes da SES, 157 estão em leitos de enfermarias e 118 em leitos de UTIs.

Foram registrados mais 184 casos da doença, sendo 20 em São Luís, 29 em Imperatriz e 135 nas demais regiões.

Os nove óbitos confirmados ocorreram nas cidades de Timon (2), Pindaré-Mirim (2), Imperatriz (2), Centro do Guilherme (1), Lajeado Novo (1) e São Luís (1).

Nenhum óbito foi registrado nas últimas 24 horas. Os demais ocorreram em dias e/ou semanas anteriores, e aguardam resultados de exames laboratoriais para Covid-19.

3.735 pessoas são suspeitas de infecção e aguardam resultados de exames.











“Temos o único presidente do planeta que acha mais ‘barato’ tentar tratar uma doença do que evitá-la”, diz Flávio Dino

Flávio Dino rebateu as declarações feitas nesta segunda-feira (26) por Jair Bolsonaro sobre a vacina chinesa contra a Covid-19, a CoronaVac. O presidente criticou a “pressa” pela vacina e questionou se não seria mais barato investir na cura do que na vacina.

“Temos o único presidente do planeta que acha mais ‘barato’ tentar tratar uma doença do que evitá-la. Não seria melhor deixar esse tema com os cientistas e profissionais de saúde? E Bolsonaro não acha ‘caro’ termos milhões de pessoas doentes, hospitalizadas ou mortas?”, indagou o governador do Maranhão, por meio de suas redes sociais.

Flávio Dino questionou ainda o fato de que o Presidente, com essa afirmação, parece desconhecer que o custo de vacinar a população possivelmente será inferior do que oferecer tratamento e internação.

“Vamos imaginar que um dia haja uma vacina contra o coronavírus testada e aprovada. E vamos imaginar que a dose custe R$ 100,00. Será que o despreparo de Bolsonaro é tanto que ele não entende que isso é muito mais barato do que um único dia de internação hospitalar?”, indagou o governador.

Homem mata ex-companheira em São José de Ribamar e recorre ao suicídio durante fuga para Codó

A mulher identificada como Claudilene Damasceno Martins, de 38 anos, foi vítima de feminicídio na madrugada desse domingo (25). O principal suspeito é o ex-companheiro dela, Alexsandro Martins Silva, de 34 anos, que recorreu ao suicídio durante fuga para a cidade de Codó.

O corpo de Claudilene foi encontrado na estrada que liga a Mata, em São José de Ribamar, à invasão Residencial Olímpico.

Na madrugada de domingo, por volta de 1h30, o assassino convidou a ex-companheira para conhecer o lugar onde estava morando, na Mata

A perícia encontrou sinais de pancadas de pedaço de madeira na cabeça da vítima.

Após o crime, o assassino fugiu para a cidade de Codó. Antes de chegar ao seu destino ficou sabendo que a polícia o procurava por ter sido a última pessoa vista com a mulher. Alexsandro parou nas margens da BR-316, no Km 480, adentrou uma área de matagal no povoado Riacho Seco, próximo ao município de Codó, e recorreu ao suicídio por enforcamento.



Homem é assassinado a tiros dentro de UPA em Açailândia


Carlos Eduardo Lopes esperava atendimento na unidade, quando foi alvejado com dois tiros

Um funcionário da Secretaria de Infraestrutura de Açailândia foi assassinado na noite desse domingo (25), dentro da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) do município.

Segundo informações, Carlos Eduardo Lopes, mais conhecido como Paulista, esperava por atendimento na unidade, quando foi alvejado com dois tiros na cabeça, morrendo no local.

Os criminosos fugiram em seguida e, até agora, a polícia não pistas da autoria e motivação do crime.

Carlos Eduardo Lopes morava em São Francisco do Brejão, mas trabalhava em Açailândia. Ele já trabalhou um período na Câmara Municipal de Açailândia no setor de licitação. Atualmente trabalhava na secretaria Municipal de Infraestrutura do município.

Ele era casado e pai de seis filhos. Um tem apenas 15 dias de nascido.

domingo, 25 de outubro de 2020

Flávio Dino declara apoio a Antônio Diniz e Fredson em Bequimão

O governador Flávio Dino declarou apoio à candidatura de Antônio Diniz (PDT) a prefeito e Fredson (PCdoB) vice, no município de Bequimão.

“Quero deixar o meu testemunho, pedido respeitoso e fraterno a todas as famílias de Bequimão. Temos a candidatura do meu amigo Antônio Diniz, candidato a prefeito, e do Fredson do meu partido, que disputa a vice-prefeitura, na mesma chapa. Eu desejo que sob a proteção de Deus essa caminhada seja vitoriosa. E o meu pedido é que todos juntos possamos eleger o Diniz para a prefeitura de Bequimão.”, afirmou o governador.

Na mensagem, Flávio Dino disse que tem muito carinho por Bequimão traduzido em obras, como os canais da produção, ponte do Balandro, Escola Digna, Iema Vocacional e a ponte Central-Bequimão. “estamos realizando um dos maiores sonhos da região prometido por décadas e que agora está sendo concretizado”.

Aprovado por mais de 70% dos bequimãoenses, Flávio Dino disse que conhece Diniz e que ele chegando a prefeitura vai trabalhar em união com o governo do Estado. “Tenho certeza de que ele está preparado para fazer um grande mandato na cidade de Bequimão contando com o nosso apoio e a nossa solidariedade”, assegurou.

Artigo de Flávio Dino: Vacina e vacinação para salvar vidas


No momento em que enfrentamos a maior crise de saúde pública dos últimos 100 anos – a pandemia da Covid-19 - somos tomados pelo desafio de unir todos os esforços para alcançarmos soluções definitivas para o combate ao coronavírus. Ao contrário do desvairado movimento antivacinas que marca negativamente a nossa época, eu me somo aos que atuam para que a vacinação chegue ao maior número de brasileiros.

No último dia 20, fizemos um acordo entre o Ministério da Saúde e os governadores, que apontava para o interesse de adquirir várias vacinas, entre as quais as produzidas pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac. Uma vacina chancelada por cientistas de um dos institutos mais reconhecidos e respeitados no mundo, fundado há mais de 100 anos, e que é patrimônio do povo brasileiro, o Butatan. O acordo também contemplava a aquisição de outras vacinas eventualmente disponíveis, pois, quanto mais alternativas que sejam seguras e eficazes, melhor para a população. Estranhamente, no dia seguinte ao acordo, Bolsonaro mandou rasgá-lo, ameaçando um planejamento nacional de imunização tão fundamental para esse momento.

Destaco que o Sistema Único de Saúde (SUS) do Brasil é estruturado de forma tripartite, com responsabilidades e competências legais definidas aos Municípios, Estados e ao Governo Federal, cabendo a este último o Programa Nacional de Imunização, a partir de autorizações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Em meio à guerra ideológica que marca o atual Governo Federal, é importante que se compreenda que conseguir comprar as vacinas adequadas é apenas um passo diante do enorme desafio de garantir a vacinação da população brasileira. Etapas como distribuição, armazenamento, aplicação das vacinas e aquisição de insumos que viabilizem a ampla imunização são preocupantes. Países, entidades e empresas já se preparam para essa corrida logística, enquanto no Brasil se vê grande confusão, numa completa perda de tempo. Que fique claro: nesse enorme projeto mundial de imunização, quanto mais atrasados estivermos, mais distantes estaremos de uma forte solução para o coronavírus. E vidas continuarão sendo perdidas, infelizmente.

A posição do Governo do Maranhão é de que as vacinas comprovadamente eficazes, que estejam disponíveis no mercado, precisam ser adquiridas e incorporadas ao Programa Nacional de Imunização, a fim de que cheguem com máxima celeridade à população. Junto aos demais governadores, iremos ao Congresso Nacional ou à Justiça, se necessário for, mas garantiremos que as vacinas adequadas cheguem o mais rápido possível. Espero que o equilíbrio e o bom senso prevaleçam.

Covid-19: Maranhão tem 3.475 pacientes ativos; total de mortes chega a 3.987

 

De acordo com dados da Secretaria de Saúde (SES), divulgados nesse sábado (24), o Maranhão tem 3.475 pacientes com o coronavírus ativo. 3.210 se encontram em isolamento domiciliar, sendo acompanhados por equipes da SES, 160 estão em leitos de enfermarias e 105 em leitos de UTIs.

Com a confirmação de mais nove mortes, o total de óbitos subiu para 3.987.

Com mais 302 casos confirmados, o total de infectados chegou a 183.763. Foram registrados mais 70 casos na região metropolitana de São Luís, 46 em Imperatriz e 186 nas demais regiões.

O total de recuperados subiu para 176.301 (95,94% dos infectados). Mais 880 infectados se recuperaram nas últimas 24 horas.

Os nove óbitos confirmados ocorreram nas cidades Imperatriz (3), Bequimão (1), Conceição do Lago Açu (1), Maranhãozinho (1), São Francisco do Maranhão (1), Sucupira do Norte (1) e Timon (1).

Nenhum óbito foi registrado nas últimas 24 horas. Os demais ocorreram em dias e/ou semanas anteriores, e aguardam resultados de exames laboratoriais para Covid-19.

3.704 pessoas são suspeitas de infecção e aguardam resultados de exames. 66 profissionais da saúde morreram na linha de frente de combate à doença.













sábado, 24 de outubro de 2020

Mulher trans espancada e atropelada no interior morre em São Luís

,

A mulher trans Natasha Lima (Lenildo Nascimento Lima), de 29 anos, morreu neste sábado (24), no Hospital Carlos Macieira, em São Luís. No dia 14 de setembro, por volta das 3h da madrugada, ela foi espancada e atropelada na rodovia MA-247, em São Luís Gonzaga do Maranhão, a 252 km da capital.

Após sair de uma festa no povoado Vale Verde, Natasha Lima foi encontrada desfalecida e gravemente ferida na MA, na altura do povoado Santo Antônio dos Costa. Ela estava indo para sua casa no povoado Coeb do Gavião, também zona rural de São Luís Gonzaga do Maranhão.

Ela foi espancada brutalmente, teve seis costelas quebradas, fratura no rosto e pelo corpo.

A polícia investiga o caso como um atropelamento, versão descartada pela família. Para eles, ela foi espancada por várias pessoas.

Natasha passou 11 dias internada no Hospital Regional de Bacabal, mas foi transferida para São Luís. 

Na tarde de quinta-feira (22), Natasha passou por uma cirurgia no maxilar, mas teve seu quadro de saúde agravado e terminou morrendo.

Nove pessoas já foram ouvidas pela Polícia Civil, inclusive dois homens e três mulheres que são apontados como os principais suspeitos de terem cometido o crime. Os motivos que podem ter levado à agressão ainda estão sendo investigados. Com a morte de Natasha, eles responderão por crime de homicídio.

A Secretaria de Estado de Diretos Humanos e Participação Popular (Sedihpop), comandada por Francisco Gonçalves, divulgou nota de pesar. Confira.

A Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e Participação Popular – Sedihpop vem a público manifestar profundo pesar pelo falecimento, na manhã deste sábado (24), de Natasha Lima, mulher trans. A vitima estava internada no Hospital Carlos Macieira depois de ter sido brutalmente espancada e atropelada na madrugada do dia 14 de setembro, a caminho de casa, no município de São Luís Gonzaga.

A Polícia Civil instaurou inquérito, já tendo ouvido 11 pessoas e segue com as investigações a fim de que os responsáveis pelo crime sejam indiciados e punidos. 

Manifestamos solidariedade à família e amigos de Natasha, ao tempo em que repudiamos todo ato de intolerância e atentado contra a vida humana.

#TodasAsVidasImportam #MulherTrans #Sedihpop

Governador bolsonarista é afastado do cargo por decisão do tribunal da Assembleia Legislativa de Santa Catarina

Moisés é alvo, ainda, de outro processo de impechment, aberto na Alesc na 3ª feira (20). Ele foi acusado de crime de responsabilidade pela compra de 200 respiradores para o combate à covid-19

O Tribunal de Julgamento da Alesc (Assembleia Legislativa de Santa Catarina) acatou, na madrugada deste sábado (24.out.2020), denúncia contra o governador Carlos Moisés (PSL). A decisão implica no afastamento de Moisés do cargo por até 180 dias, contados a partir da próxima 3ª feira (27.out).

A denúncia contra vice-governadora, Daniela Reinehr, foi arquivada. Por isso, é ela quem assume o governo do Estado interinamente.

O relatório com pedido de afastamento foi aprovado pela Comissão Especial do Impeachment em 15 de setembro. Os deputados deram razão à acusação de crime de responsabilidade referente a 1 ato administrativo que deu, em 2019, aumento aos procuradores do Estado. Em 17 de setembro, o processo de impeachment foi aprovado no plenário da Alesc.

A sessão do Tribunal de Julgamento teve início na manhã de 6ª (23.out) e durou mais de 15 horas. A denúncia foi aceita por 6 votos a 5. O relator do caso, o deputado Kennedy Nunes (PSD), recomendou em seu parecer o prosseguimento do julgamento por crime de responsabilidade contra o governador e a vice.

A votação sobre denúncia contra Reinehr, no entanto, terminou empatada (5 a 5). Coube ao presidente do Tribunal, o desembargador Ricardo Roesler, o voto de minerva.

Daniela Reinehr acompanhou a sessão pessoalmente. No final, declarou: “Não pensei que a missão viesse dessa forma, mas me cabe agora abraçá-la e bem cumpri-la, cuidar bem do Estado. Vou dar meu melhor.”

Na próxima fase do processo, o Tribunal vai instaurar 1 julgamento contra Moisés, que tem prazo máximo de 180 dias para ser concluído. Enquanto estiver afastado, Moisés perde 1/3 dos vencimentos. O valor é devolvido se ele for absolvido. Caso seja condenado, perde o cargo de forma definitiva.

Moisés é alvo de outro processo de impechment, aberto na Alesc na 3ª feira (20). Ele foi acusado de crime de responsabilidade pela compra de 200 respiradores para o combate à covid-19, no início deste ano. Em entrevista ao Poder360, em setembro, ele negou as irregularidades.

Eis como cada integrante do Tribunal de Julgamento votou:

Deputado Kennedy Nunes (PSD): votou por aceitar a denúncia contra Moisés e Reinehr;

Desembargador Carlos Alberto Civinsk: votou por rejeitar a denúncia contra Moisés e Reinehr;

Desembargador Sérgio Antônio Rizelo: votou por rejeitar a denúncia contra Moisés e Reinehr;

Deputado Maurício Eskudlark (PL): votou por aceitar a denúncia contra o Moisés e Reinehr;

Desembargadora Cláudia Lambert de Faria: votou por rejeitar a denúncia contra Moisés e Reinehr;

Deputado Sargento Lima (PSL): votou por aceitar a denúncia contra o Moisés e rejeitá-la em relação à vice;

Desembargador Rubens Schulz: votou por rejeitar a denúncia contra Moisés e Reinehr;

Deputado Luiz Fernando Vampiro (MDB): votou por aceitar a denúncia contra Moisés e Reinehr;

Desembargador Luiz Felipe Schuch: votou por aceitar a denúncia contra Moisés e Reinehr;

Deputado Laércio Schuster (PSB): votou por aceitar a denúncia contra Moisés e Reinehr.

sexta-feira, 23 de outubro de 2020

Secretário Felipe Camarão apoia candidaturas da professora Cássia e Diniz em Bequimão

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão, declarou em vídeo apoio à candidata a vereadora da professora Cássia de Gonzaga (PDT), no município de Bequimão.

“A Cássia é mulher, mãe, professora e está preparada para fazer um grande mandato junto com o prefeito Antônio Diniz e Fredson”, afirmou.

Felipe Camarão lembrou as obras educacionais realizadas pelo governo Flávio Dino em Bequimão como Escola Digna. Com a intermediação do vereador Fredson (PCdoB) e Robson Paz, o município ganhou unidade do Iema Vocacinal e polo de educação superior da Uema.

Cássia tem entre bandeiras de campanha a defesa da educação infantil com as crianças em idade certa na escola, a melhoria do transporte escolar e a valorização dos profissionais da educação

Governador Flávio Dino anuncia ações para compra da vacina contra o novo coronavírus

 

O Governo do Maranhão já se programa para a compra da vacina contra o novo coronavírus. O assunto foi tratado entre o governador Flávio Dino e o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, durante reunião, na última terça-feira (20). O anúncio, feito pelo governador em coletiva à imprensa, nesta sexta-feira (23), no Palácio dos Leões, reforça as medidas da gestão no controle da doença e na execução de ações preventivas e de combate.

Flávio Dino iniciou a coletiva tratando de reunião, a convite do Ministério da Saúde, com demais governadores, em que apresentou a necessidade de uma política ampla de vacinação. Segundo o governador, há cerca de 40 vacinas no mundo, sendo nove na fase de testes por cientistas. Nenhuma está validada no Brasil. Uma destas, em produção pelo Instituto Butantã, está na fase de análise. Na reunião com o ministro da Saúde, foi firmado que, caso aprovada, a vacina deve ser inserida no Programa Nacional de Imunizações (PNI) e distribuída aos Estados. O acordo foi invalidado pela Presidência da República.

“Temos uma linha de trabalho em que dialogamos permanentemente com o Governo Federal. Consideramos que o Programa Nacional de Imunização compete ao Ministério da Saúde, e, sendo assim, é quem autoriza a importação de insumos e aquisição comercial. O Governo do Maranhão entende que as vacinas disponíveis devem ser incorporadas a este programa nacional e disponibilizadas à população. Entendimento esse com o qual concordou o ministro da Saúde, firmando acordo com os governadores, mas que foi revogado pela Presidência da República”, informou Dino.

O governador anunciou medidas para aquisição da vacina como ações judiciais e destinação de recursos do Governo do Estado para que, se necessário, possa comprar as disponíveis. “Queremos adquirir a vacina, venha de onde vier, para que a população tenha acesso. Vamos aguardar final de novembro para vermos o que ocorrerá. Estamos cuidando também da estratégia para que essa vacina, quando chegar, alcance a maioria dos maranhenses”, ressaltou Flávio Dino.

Testagem Drive-Thru

A volta do serviço de testagem na modalidade drive-thru foi outro anúncio feito pelo governador, na coletiva. Será em São Luís, de 26 de outubro a 13 de novembro, no estacionamento do Parque Rangedor, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h. Flávio Dino tratou do cenário atual de casos ativos do novo coronavírus no Maranhão, que vêm reduzindo gradativamente ao longo deste mês.

Foram mais de 8,1 mil casos registrados no início do mês; relatório fechado do dia 22 aponta registro de 3,2 mil casos da doença – representando cerca de 60% de redução. Os números são repassados pelos municípios, rede privada e Secretaria de Estado da Saúde (SES). Outros dados positivos destacados pelo governador na coletiva, referem à posição do Maranhão que está há 126 dias com taxa de contágio abaixo de 1%; e estar entre os nove estados do país na situação de ‘estabilidade’ dos registros.

Reabertura de Cinemas

Sobre a reabertura de cinemas e teatros, anunciada na semana passada, o governador reforçou as medidas de proteção, entre estas, uso obrigatório de máscaras, acesso para até 150 pessoas, um assento vago a cada dois ocupados, uma fileira vaga a cada uma ocupada, distanciamento e autonomia municipal para edição de mais regras.

Estruturação da Saúde

Reforçando as ações de estruturação da saúde, Dino pontuou inaugurações desta semana com entrega da Unidade de Terapia Intensiva (UTI) em Codó; de uma unidade da Policlínica em Presidente Dutra; implantação do Núcleo de Saúde Mental da Criança e do Adolescente no Hospital Nina Rodrigues; e ampliação para 32 novos leitos na Maternidade de Alta Complexidade do Maranhão.

Geração de Renda

O governador concluiu ressaltando o prosseguimento das ações do programa estadual Celso Furtado. Até esta sexta-feira (23), por meio do plano o Governo já investiu R$ 277 milhões em ações emergenciais para a geração de empregos. Os investimentos são feitos em recuperação de estradas estaduais, construção e reforma de escolas e ações de estímulo ao setor de comércio e serviços.