terça-feira, 17 de setembro de 2019

Flávio Dino entrega Centro de Hemodiálise São Luís e aumenta em mais de 1.000% capacidade para diálise em relação a 2014


O governador Flávio Dino inaugurou, nesta terça-feira (17), o Centro de Hemodiálise São Luís, no Monte Castelo. A unidade acrescenta à gestão estadual 40 poltronas de diálise e tem uma capacidade instalada de atendimento de 240 pacientes. Com a inauguração, o número de poltronas do tipo passará a 226, um aumento de 804% em relação a 2014, quando apenas o Hospital Dr. Carlos Macieira fazia o serviço, com 25 poltronas.

“Este serviço vem em complemento a todos os pontos de ampliação de atendimento relativos à hemodiálise. Se soma a tantos outros que já inauguramos. Em verdade, aumentamos em mais de 800% o número de cadeiras. Faz com que tenhamos uma capacidade de atendimento em mais de 1.000% superior à que tínhamos no início do governo”, afirmou Flávio Dino.
Segundo o governador, a entrega do centro ocorre em um momento em que há uma profunda diminuição dos investimentos nacionais na área da saúde. “É um esforço permanente, planejado e organizado, resultando nesses indicadores expressivos de qualidade nesse item, que é tão importante para que possamos ampliar as políticas públicas de saúde. Estamos mostrando que nós temos firmeza no rumo de garantir serviços públicos de qualidade para todos”, complementou.

Com a entrega desta terça-feira, a fila por pacientes renais crônicos em São Luís será zerada, uma vez que, atualmente, 90 pacientes aguardam tratamento, de acordo com a Central de Regulação de Diálise do Estado.

“Hoje, vamos celebrar: nenhum paciente vai precisar esperar na fila com o Centro de Hemodiálise São Luís! Esses pacientes vão ser atendidos aqui, um local adequado, moderno e funcional. É um salto muito grande no tratamento de pacientes renais crônicos no Maranhão nos últimos quatro anos. Digo que quem salva uma vida, salva o mundo todo e é essa sensação que temos. Agora, deixamos de falar de morte para falar de vida, vamos dar condições de vida, de dignidade”, destacou o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula.
A solenidade contou com a presença dos deputados estaduais Neto Evangelista, Rafael Leitoa, professor Marco Aurélio, Fábio Macedo, Helena Duailibe, Antônio Pereira, Fernando Pessoa, Yglésio Moyses, Zito Rolim, Duarte Júnior e Cleide Coutinho; dos secretários estaduais Clayton Noleto (Infraestrutura), Rodrigo Lago (Comunicação e Articulação Política), Ana Mendonça (Mulher), Rubens Júnior (Cidades); do secretário municipal de São Luís, Lula Fylho, representando o prefeito Edivaldo Holanda Júnior.

“É um avanço grande para o Maranhão, porque o Brasil tem andado diferente da forma como o Maranhão tem feito, somos o estado do Nordeste que mais investe em percentual dentro da receita corrente líquida. É importante a Assembleia Legislativa testemunhar aquilo que a gente aprova no orçamento sendo executado pelo Governo do Maranhão”, comentou o deputado estadual Neto Evangelista, na ocasião representando o presidente da Assembleia Legislativa, Othelino Neto.
Crescimento

Em 2014, estavam sob gestão estadual 25 poltronas de diálise no Hospital Dr. Carlos Macieira (São Luís). Em 2019, com a inauguração do Centro de Hemodiálise São Luís, esse número passará a 226 poltronas, um aumento de 201 poltronas ou 804%.

Além do Centro de Hemodiálise São Luís (40 poltronas), atualmente, estão sob gestão estadual os serviços no Hospital Dr. Carlos Macieira (27); e hospitais de Bacabal (51), Caxias (59), Açailândia (28), Chapadinha (8), Pinheiro (9), Vila Luizão/São Luís (4). Além destes, uma pactuação do Governo do Estado com o município de Floriano (PI) garante atendimento, no momento, para 93 pacientes, que residem na fronteira dos dois estados.

O aposentado Cosme Damião de Sousa, 69 anos, sabe como é dura a vida de quem depende de uma máquina para viver. Há dois anos dependente da hemodiálise, depois dos rins falharem em decorrência da diabetes e do uso excessivo de antibióticos, ele estava sendo assistido, primeiramente, no Hospital Dr. Adelson de Souza Lopes, na Vila Luizão, e depois no Hospital Dr. Carlos Macieira, onde precisou ser internado por problemas cardíacos.
“A hemodiálise é muito importante. Se não estivesse fazendo já tinha feito a viagem. O rim não está filtrando o sangue. A hemodiálise é vida para mim, se não fosse isso aqui eu não estaria aqui conversando”, disse.

Feliz com a nova estrutura, o paciente vai economizar tempo e ganhar qualidade de vida com o atendimento mais próximo de casa. “Aqui é bem melhor, porque pego um transporte e desço na avenida. Lá, eu ia para [o Terminal de] Integração para pegar outro. Aqui é mais rápido. O espaço está uma maravilha. Deus tocou no coração deles [gestores] de cuidar do pessoal que precisa. Quem tem condição paga particular, mas o Governo está segurando a bronca de muita gente. O governo acertou em cheio”, salientou.

A capacidade instalada de atendimento da gestão estadual foi ampliada nos últimos cinco anos, passando de 100 pacientes em 2014 para 1.356, agora em 2019, um aumento de 1.256%. A quantidade de pacientes efetivamente em atendimento também foi ampliada de 100 pacientes naquele ano, para 1.142 pacientes.

Estrutura
O Centro de Hemodiálise São Luís conta com consultórios, salas de estabilização, sala para implante de cateter, sala para atendimentos de pacientes de hepatite e soropositivos, sala de nutrição para pacientes e acompanhantes, sala de esterilização de materiais e farmácia. Os pacientes serão acompanhados por médicos e receberão atendimento multiprofissional.

“A assistência engloba várias especialidades, não gira somente em torno do médico. Temos um nefrologista, mas também temos toda uma equipe multi para dar assistência, que vai desde psicólogos, nutricionistas, assistência farmacêutica, porque o paciente precisa de ampla gama de cuidados médicos e não-médicos”, ressaltou o presidente da Empresa Maranhense de Serviços Hospitalares (Emserh), Rodrigo Lopes.

Instalado na Rua Castro Alves, no Monte Castelo, atrás do Hospital Nina Rodrigues, o Centro de Hemodiálise São Luís funcionará em três turnos - matutino, vespertino e noturno, de segunda a sábado. Os atendimentos serão regulados pela Central Única de Regulação de Diálise do Estado. A unidade será gerenciada pela Emserh.

Temer diz que foi "golpe" contra Dilma e chama Lula de "presidente"

Numa declaração surpreendente no programa Roda Viva da TV Cultura da noite desta segunda-feira, Michel Temer qualificou a derrubada de Dilma Roussef em 2016 de "golpe" e chamou Lula de "presidente".

Ele disse que pretendia atuar com Lula para evitar o golpe, mas a proibição de Gilmar Mendes para que ele assumisse a Casa Civil inviabilizou a articulação. A admissão de Temer enterra de vez o discurso das elites de que teria havido um processo regular de impeachment contra Dilma.

“Eu jamais apoiei ou fiz empenho pelo golpe”, disse o emedebista, que assumiu a presidência após a queda de Dilma em 2016.

Em sua explanação, Temer não se preocupou em usar o termo “golpe”, algo que nunca tinha feito, e ainda revelou que tentou impedir o avanço do processo do impeachment após um telefonema do ex-presidente Lula.

Assista.

segunda-feira, 16 de setembro de 2019

Vice-prefeito de Poção de Pedras é preso por comprar celular roubado e por não pagar pensão alimentícia


Policiais da 14ª Delegacia Regional de Pedreiras prenderam, na sexta-feira (13), o vice-prefeito de Poção de Pedras, Adenilson Lopes Vitor. Ele estava com um celular da marca Samsung Galaxy, modelo J6, que havia sido furtado na cidade de Trizidela do Vale, no dia 28 de junho.

Segundo a polícia, em depoimento, Adenilson confessou ter adquirido o celular de um vendedor, mas não soube dizer quem era.  Ele foi autuado mediante instauração de Termo Circunstanciado de Ocorrência para apurar a possível prática de receptação culposa, prevista no art. 180, § 3º, do Código Penal.

O aparelho foi recuperado e deverá ser devolvido ao proprietário. Além disso, na delegacia, a polícia descobriu um mandado de prisão contra o vice-prefeito, expedido pela Comarca de Pedreiras, por não pagar pensão alimentícia.

O vice-prefeito ficou detido na carceragem da 14ª Delegacia Regional até sábado (14), por volta das 15h, sendo liberado após comprovar o pagamento do débito de pensão alimentícia no valor R$ 2.180,90.

Ex-prefeito é preso suspeito de estuprar criança de 3 anos em São Luís


A Polícia Civil do Maranhão, por meio do Plantão especializado da Mulher de São Luís, prendeu, no início da noite desse domingo (15), em São Luís, o ex-prefeito de Santa Luzia do Tide, Ilzemar Oliveira Dutra. Ele foi autuado em flagrante no plantão da Casa da Mulher Brasileira, no Jaracati, pela prática do crime de estupro de vulnerável, previsto no art. 217-A do Código Penal.

Segundo a denúncia dos familiares, o ex-prefeito teria cometido o crime contra uma criança de 3 anos de idade. A mãe da vítima registrou queixa na delegacia após a criança se queixar de fortes dores.

Ainda de acordo com informações da polícia, a criança realizou exame de corpo de delito no Instituto Médico Legal (IML

Depois de ouvir depoimentos da mãe da criança e de testemunhas que presenciaram a menor relatar o caso para a mãe, somado a outros indícios, a delegada plantonista, Katherine Lima, decidiu pela prisão e autuação em flagrante delito do suspeito.

Os autos serão encaminhados para a Delegacia da Criança e do Adolescente (DPCA), que concluirá o caso.

A criança será assistida por uma equipe multiprofissional do Centro de Perícia Técnica Especializada que funciona na Delegacia de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA).

O ex-prefeito foi encaminhado ao centro de triagem onde ficará à disposição da Justiça. Ilzemar Oliveira foi prefeito de Santa Luzia por dois mandatos.

A pena para quem pratica estupro de vulnerável poderá chegar a 15 anos de reclusão.




Morre segunda vítima do acidente na Avenida dos Franceses, em São Luís

O jovem Álvaro Lucas Carvalho e Carvalho, de 19 anos, envolvido em um acidente na Avenida dos Franceses, na noite de sexta-feira (13), morreu na tarde desta segunda-feira (16), no Hospital Municipal Djalma Marques, o Socorrão 1.

Álvaro Lucas dirigia o veículo Fox, de cor vermelha e placa PSL-3686, quando perdeu o controle em uma curva, no sentido Rodoviária/Retorno do Tirirical, e bateu violentamente contra uma árvore, no canteiro central. O veículo ficou completamente destruído.

No local do acidente, morreu o jovem André Furtado, que estava no banco do carona. Com o forte impacto na árvore, ele teve traumatismo craniano e múltiplas fraturas.
André Furtado morreu no local do acidente
Álvaro ficou preso às ferragens e foi retirado após uma equipe do Corpo de Bombeiros serrar a parte superior do veículo. Levado para o Socorrão 1, ele permaneceu inconsciente e entubado até a tarde de hoje, quando os médicos confirmaram sua morte cerebral.

A família decidiu doar todos os órgãos de Álvaro Lucas. Por conta disso, o corpo somente será liberado para velório e sepultamento amanhã, terça-feira (17).  

A família ainda está definindo se o velório ocorrerá na Pax, no Anil, ou na residência na Avenida 2, no bairro Baixão, na região do Jardim São Cristóvão 1.

Álvaro Lucas era estudante de Logística, na Faculdade Santa Terezinha (Cest).

Leia mais sobre o acidente

-Tragédia: Dois jovens morrem em grave acidente na Avenida dos Franceses, em São Luís; veja vídeo

-Jovem envolvido no grave acidente na Avenida dos Franceses está inconsciente e entubado no Socorrão 1; está confirmada uma morte


Veja a íntegra da entrevista de Flávio Dino ao Canal Livre

A entrevista do governador Flavio Dino ao programa Canal Livre, da Band, foi ao ar nesse domingo à noite. Para assistir, segue os três players abaixo:

Parte 1
Parte 2
Parte 3

Mulher é espancada e morta pelo próprio marido na frente do filho em Estreito; o assassino está foragido


A mulher identificada como Dayara Maia Ferreira, de 25 anos, foi espancada e morta com um tiro na cabeça, na tarde desse domingo (15), na cidade de Estreito, a 756 km de São Luís.

O crime foi praticado por Wilson de Sousa Marinho, esposo de Dayara. Ele espancou a mulher com um pedaço de madeira. 

Depois de desmaiar, ela foi atingida por um disparo de arma de fogo na cabeça, na frente do filho de 7 anos.

O crime bárbaro ocorreu nas proximidades dos Assentamentos Altamira e Bom Jesus. Segundo informações de parentes da vítima, o assassino fugiu e, até o momento, não foi localizado pela polícia.

domingo, 15 de setembro de 2019

Ônibus descontrolado derruba árvore na Avenida dos Africanos; ainda há riscos de outros acidentes no local


Um ônibus que transportava funcionários da empresa Taguatur, que retornavam de uma partida de futebol e seguia no sentido Anel Viário, perdeu o controle, subiu o canteiro central e derrubou uma árvore na Avenida dos Africanos, nas proximidades da entrada para o Parque Pindorama e bairro de Fátima.

No momento do acidente, a pista estava escorregadia por conta uma chuva forte na tarde deste domingo (14). Pelas informações que a reportagem do blog colheu no local, o motorista perdeu o controle do ônibus após o travamento de uma das rodas.
A árvore continua caída na pista contrária. Sem sinalização, acidentes podem  ocorrer durante a noite deste domingo
Com o forte impacto, a árvore foi arrancada pela raiz. Após a colisão, o ônibus ficou atravessado na pista, provocando lentidão no trânsito. Apesar da gravidade, nenhum dos ocupantes do ônibus ficou ferido gravemente.

Até por volta das 18h, quando a reportagem do blog saiu do local, a árvore continuava caída, obstruindo uma das faixas da pista contrária, no sentido bairro de Fátima/Coroadinho. Sem sinalização, há riscos de acidentes durante esta noite.

Mistério: Médico diz que intestino de Bolsonaro não está bom, mas melhorou


Por Aline Bronzati/Terra

O médico responsável pela cirurgia do presidente Jair Bolsonaro, Antônio Macedo, afirmou nesse sábado, 14, que o intestino do paciente não está evoluindo conforme desejado, mas está melhor. 

Em todas as cirurgias feitas, conforme ele, houve certo retardo da função intestinal. "Quando a (função intestinal) retorna, aí vai rápido (a recuperação). De ontem para hoje, tivemos uma melhora significante dos movimentos", explicou Macedo, em coletiva de imprensa.

De acordo com o médico, essa demora não estaria relacionada ao procedimento feito no último domingo, dia 8. Ele lembrou que o presidente Bolsonaro já havia passado por outras três cirurgias.

"São três diferentes. Ele foi muito bem tratado, mas repercutiu com uma paralisia intestinal longa e muitas aderências. Agora, já tinha bastante aderência. Na cirurgia do dia 28 de janeiro, já havia paralisia intestinal. A gente trata, e volta a aderência, então existe uma certa dificuldade no retorno normal da função intestinal", explicou Macedo.

De acordo com ele, existe uma série de substâncias para tentar evitar que aderências voltem a se formar e que uma delas, inclusive, foi usada na cirurgia do dia 28 de janeiro. O médico não revelou qual medicamento usado. Disse apenas que é uma substância complexa e a "mais famosa", mas que a imunização teria sido baixa uma vez que o quadro intestinal de Bolsonaro segue evoluindo no mesmo ritmo.

"Não é muito fácil evitar aderência em um paciente que teve uma peritonite grave, entende? Provavelmente, já tinha uma aderência, mas quando ocorre uma peritonite com a facada e fezes e sangue na barriga, mistura como se fosse queloide interno. A aderência seria, mal comparando, como se fosse uma cicatrização exagerada dentro do abdômen", detalhou Macedo.

Apesar das aderências, o médico afirmou que Jair Bolsonaro está muito bem de saúde, com hemograma perfeito e que não tem nada contra. "Ele está com o coração perfeito, com saúde perfeita, com a musculatura perfeita. Não tem nenhum problema crônico que pudesse atrasar a função intestinal", disse Macedo.

Segundo o boletim médico do Hospital Vila Nova Star, O presidente continua apresentando melhora clínica progressiva. A nota divulgada neste sábado, 14, relata que ele segue sem dor, afebril e com melhora dos movimentos intestinais.

Bolsonaro se recupera no hospital em São Paulo, de uma cirurgia realizada no domingo, 8, para correção de uma hérnia que surgiu na região do abdômen. O presidente, segundo o boletim, aceitou muito bem a dieta líquida (endovenosa) que foi reintroduzida na sexta-feira e segue com alimentação parenteral. Foi mantida a fisioterapia respiratória e motora. As visitas, segundo o hospital, seguem restritas.

O procedimento cirúrgico a que o presidente foi submetido foi o quarto após o atentado. A cirurgia durou cerca de cinco horas e foi considerada bem-sucedida pela equipe médica. Na tarde de sexta-feira, o porta-voz da Presidência, Otávio Rêgo Barros, afirmou, em comunicado, que Bolsonaro não reclama mais de dor.

Imagens da noite: Polícia apreende mais de 10 motocicletas que participariam da romaria dos motoqueiros


A Polícia Militar, por intermédio do Batalhão Tiradentes, deflagrou, na noite desse sábado (14), a ‘Operação Pronta Intervenção’ para coibir os abusos de alguns motoqueiros que se preparavam para participar da tradicional romaria para São José de Ribamar.

Muitos terminal alterando as características das motocicletas, deixando a descarga livre sem o silenciador, o que é proibido pelo  artigo 230, inciso XI, do CTB.

Estão sendo realizadas barreiras policiais na Avenida Jerônimo de Albuquerque para fiscalizar e combater essa infração e outras.

De acordo com informações PM, já foram mais apreendidas mais de 10 motocicletas, já removidas ao pátio do Detran.


sábado, 14 de setembro de 2019

Morre quinta vítima do acidente no Jaracati, em São Luís


A jovem Ana Lourdes Silva Matos, de 20 anos, morreu no final da manhã deste sábado (14) no Hospital Carlos Macieira, em São Luís. Ela é quinta vítima do acidente ocorrido por volta de 1h da madrugada de domingo (8) na Avenida Carlos Cunha, no bairro Jaracati em São Luís, quando um veículo Corolla se desgovernou, desceu uma ribanceira de aproximadamente 4 metros, derrubou uma árvore e atingiu várias pessoas que participavam de uma festa de aniversário na Rua Um.

Ana Loudes estava no veículo Corolla dirigido pelo motorista Victor Yan Barros de Araújo, que saiu ileso do capotamento. Ela teve traumatismo craniano e foi encaminhada para o Hospital Municipal Clementino Moura, o Socorrão 2. Devido ao grave estado de saúde, a jovem foi transferida para o Hospital Carlos Macieira, onde morreu neste sábado.
Além de Ana Lurdes Matos, morreram no acidente Carla Correa Diniz, Henrique Martins Durans Neto, Thiana Naires Alves Correa e Mauriccio Andrei Soares, que estava no carro e sacou para fora no momento do acidente.

O motorista Victor Yan Barros de Araújo teve a prisão preventiva decretada pela Justiça e vai responder por homicídio culposo, quando não há intenção de matar. Segundo a Delegacia de Acidente de Trânsito (DAT), o veículo conduzido por Victor estava a aproximadamente 100 km/h – numa via em que o máximo permitido é 60 km/h.
Para escapar da prisão preventiva, Victor Yan estaria
internado em um hospital particular de São Luís
Pelas informações passadas ao blog, até essa sexta-feira (13), o motorista Victor Yan continuava internado em um hospital particular de São Luís, mesmo tendo saído ileso do acidente. A estratégia seria evitar o cumprimento do mandado de prisão preventiva, além de dar tempo para que sua defesa consiga um habeas corpus para que ele responda em liberdade.

Outra vítima do acidente, Petrolina Pereira, de 41 anos, continua internada em estado gravíssimo.

Polícia desarticula quadrilha especializada em saidinha bancária em São Luís


A Polícia Civil, através da Superintendência de Polícia Civil da Capital (SPCC) e do 4° DP, com apoio da Delegacia de Roubos e Furtos (DRF), prendeu em flagrante, no final da tarde de sexta-feira (13), membros de uma associação criminosa, especializada em roubo a bancos, na modalidade “saidinha bancária”.

As prisões decorreram de investigações voltadas a essa modalidade delituosa, uma vez que os criminosos são suspeitos de praticarem vários crimes de mesma natureza na capital maranhense.

Durante a operação, foram presos os paraenses Rafael Anderson da Silva Pereira, Ivando Pereira da Silva e Eduardo Alan da Costa e Silva, além do cearense Erivaldo Alvez Felix. No momento da prisão, eles estavam com uma pistola, calibre 380, marca Taurus, empregada durante as ações criminosas.

Com os criminosos, foram apreendidos celulares, aproximadamente R$ 1 mil e um veículo.

Segundo informações da polícia, os presos são suspeitos de praticarem roubos também nos Estados do Ceará e Pará. Ficou evidenciado que Rafael Anderson da Silva é o líder do grupo criminoso, o qual ainda possui mandado de prisão em decorrência de condenação definitiva no Estado do Pará pela prática do crime de roubo qualificado.

Várias vítimas já identificaram os presos por prática de roubos cometidos em São Luís.

Após os trabalhos policiais, todos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário, onde permanecerão à disposição da Justiça.

Duas pessoas morrem em acidente na BR-226 entre Presidente Dutra e Senador Alexandre Costa


No início da manhã dessa sexta-feira (13), por volta das 5h10, uma colisão entre dois veículos na BR-226, próximo ao acesso à cidade de Senador Alexandre Costa, a 402 km de São Luís, causou a morte de duas pessoas e deixou outras feridas.

Um Fiat Doblô, placa NUX-1655, que viajava do povoado Montevidéu para a sede do município de Governador Eugênio Barros, com sete pessoas, colidiu com uma caminhonete Ford Ranger, placa PST-1695, de São Domingos do Maranhão, com dois ocupantes.

Segundo informações de testemunhas, o motorista da Doblô invadiu a pista contrária, chocando-se com a caminhonete.  

Teresa Costa dos Santos, de 50 anos, e o motorista da Doblô, Lauro Pereira Neto, de 47 anos, morreram no local. Lauro ficou preso nas ferragens e morreu carbonizado.

As outras sete pessoas que ficaram feridas, inclusive com fraturas expostas, foram socorridas e atendidas no hospital Socorrão,  em Presidente Dutra.

Jovem envolvido no grave acidente na Avenida dos Franceses está inconsciente e entubado no Socorrão 1; está confirmada uma morte


Na postagem anterior, sobre o grave acidente na Avenida dos Franceses, por volta das 21h dessa sexta-feira (13), informamos que o motorista Álvaro Lucas Carvalho e Carvalho, de 19 anos, morreu no local da tragédia. As informações foram passadas por policiais militares e por quem presenciou o acidente.

No entanto, após a reportagem, ao vivo, pelo facebook, e da publicação no blog, amigos do jovem entraram em contato com nossa redação para informar que Álvaro Lucas está internado em estado grave no Socorrão 1.
André Furtado morreu no local do acidente
“Ele mora perto da minha casa. Falei ainda há pouco com a mãe dele. Ele está inconsciente e entubado no Socorrão 1. Ele vai ser transferido para fazer ressonância magnética ou tomografia”, diz uma pessoa que entrou em contado com o blog.

Álvaro Lucas mora no Baixão, na região do Jardim São Cristóvão 1, e estuda na Faculdade Cest. Ele dirigia o veículo Fox veículo Fox, placa PSL-3686.

Está confirmada a morte do jovem André Furtado, que estava no banco do carona. Com o forte impacto na árvore, ele teve traumatismo craniano, além de múltiplas fraturas,  e morreu no local do acidente. Ele morava no Jardim São Cristóvão 1.

Tragédia: Dois jovens morrem em grave acidente na Avenida dos Franceses, em São Luís; veja vídeo

Dois jovens morreram em um grave acidente na Avenida dos Franceses, entre a Rodoviária de São Luís e o retorno do Tirirical, no São Cristóvão, por volta das 21h dessa sexta-feira (13), após um veículo colidir contra uma árvore.

Uma das vítimas foi identificada como Álvaro Lucas Carvalho e Carvalho, estudante da Faculdade Cest, e que dirigia o veículo Fox, placa PSL-3686, que seria pertencente a uma empresa. Ele iria completar 20 anos no dia 09 de dezembro deste ano.

Álvaro Lucas ficou preso às ferragens e foi retirado por uma equipe do Corpo de Bombeiros, que serrou parte do teto do veículo. Ele morreu a caminho do hospital.

A outra vítima, que estava no banco do carona e morreu no local, ainda não foi identificada.

Pelas informações de uma testemunha do acidente, que seguia com a família em outro veículo, no sentido contrário, o motorista perdeu o controle em uma curva, logo após a Rodoviária, e bateu violentamente contra uma árvore no canteiro central da avenida.

“O carro estava em alta velocidade e saiu da curva desgovernado, bateu no meio fio, subiu o canteiro central e bateu violentamente contra a árvore. Se não fosse essa árvore, o carro teria atravessado e provocado a morte de minha família. Imediatamente eu parei o carro e chamei outras pessoas que iam passando para prestar socorro. Infelizmente, um morreu logo no local e o motorista ficou agonizando, preso às ferragens, e pedindo socorro”, relata a testemunha.

sexta-feira, 13 de setembro de 2019

Polícia prende três acusados de assassinar e tocar fogo em empresário em Buriticupu


Policiais do Departamento de Homicídios e Proteção à Pessoa de Imperatriz (DHPP/ITZ), com apoio de uma equipe da Superintendência de Homicídios e Proteção à Pessoa (SHPP/SLZ),  deflagraram a “Operação Cobiça” e prenderam, na manhã desta sexta-feira (13), Alex Cardoso dos Santos, sua ex-esposa, Andressa Carvalho Dias, e Hidelbrando Alves Lima Torres, conhecido como “Felipe”, suspeitos de assassinar Edvalto Antônio Rodrigues, empresário de Anápolis/GO.

O crime ocorreu no dia 16 de julho deste ano, no município de Buriticupu/MA. Eles ainda tocaram fogo no corpo de Edvalto, que ficou completamente carbonizado.

O empresário era sócio de Alex Santos em um negócio que consistia no fornecimento de sementes, adubos e defensivos agrícolas a agricultores que trabalham com soja, em Buriticupu.

Alex, que fazia manutenção em máquinas agrícolas e conhece os agricultores da região, intermediava a venda dos produtos comercializados por Edvalto, que costumava entregar os produtos e também receber os pagamentos, normalmente, de valores elevados.

No dia 13 de julho deste ano, o empresário veio de Anápolis para Buriticupu receber pagamentos no valor de R$ 600 mil referentes a produtos vendidos e uma caminhonete tipo Amarok, cor branca, também como parte do pagamento.
O empresário Edvalto Rodrigues

Edvalto recebeu a caminhonete e se hospedou em um hotel em Buriticupu. Na terça-feira, 16 de julho, ele foi à casa de Alex para consertar algumas peças quebradas da caminhonete. Após o conserto, no final da tarde e início da noite, o empresário desapareceu e deixou de fazer contato com a família.

Segundo as investigações, nesse mesmo dia, 16 de julho, por volta das 19h, ele foi morto, pois há depoimentos de moradores da localidade onde o seu corpo foi encontrado carbonizado – na zona rural, a aproximadamente 40 km da cidade de Buriticupu – informando que ali teriam ouvido disparos de arma de fogo.

Interrogados, Alex e o seu funcionário Idelbrando Alves Lima Torres, conhecido como “Felipe”, disseram ter deixado a vítima em um restaurante da cidade. No entanto, as imagens das imediações do restaurante citado não mostram Alex deixando a vítima ou sequer indo ao local.

De acordo com a investigação, os pertences do empresário foram recolhidos por uma pessoa que tinha a chave do quarto usado por ele e que disse ser seu funcionário. Essa pessoa, ainda não identificada, segundo imagens de câmeras da região, entrou no carro do Alex após sair do hotel.
Antônio Batista, o "Declé"
A Polícia Civil pediu a busca e apreensão dos telefones e do carro de Alex e constatou, ao usar o reagente "luminol", a presença de sangue no interior do veículo.

De acordo com as conversas mantidas por Alex com um advogado, foi determinado que ele entrasse em contato com Antônio Batista Figueiredo Filho, conhecido como “Declé", que se encontra preso por assalto, no sentido de garantir que ele não contasse à polícia sobre o assassinato de Edvalto.

Quanto a Andressa Carvalho Dias, ex-esposa de Alex, a investigação mostra que ela efetuou transferências bancárias para “Felipe”, fez pagamento de advogados e que o dinheiro que deveria ter sido recebido pela vítima estava sendo movimentado por ela. A caminhonete, que seria recebida pela vítima como parte do pagamento, teve recibo de transferência preenchido no nome dela.  Por fim, Andressa também tratou com advogados sobre a interpelação do quarto envolvido, “Declé”.

As investigações continuam e, em 30 dias, o Inquérito deve ser concluído e encaminhado ao judiciário.

Acusado de matar médico em São Luís é preso no DF


A Polícia Civil prendeu nessa quinta-feira (12), em Taguatinga (DF), Danielson da Silva Cutrim, de 33 anos, acusado de matar o médico Aderson Veloso, em São Luís, em 2010.

Danielson estava foragido desde a época do crime e foi abordado pela polícia no estacionamento de um hospital do Distrito Federal, onde ele apresentou documentos falsos. Ele se passava por João Batista Almeida Lemos.

O assassinato

O médico Aderson da Silva Costa Veloso foi encontrado morto dentro da sua casa, no bairro Jardim Eldorado, em São Luís, no dia 8 de dezembro de 2010. Ele foi morto com pancadas na cabeça feitas com um abajur de mármore, além de ser estrangulado com o próprio cinto da calça.

Investigações da polícia apontavam Danielson, que na época tinha 23 anos, como o principal suspeito. Imagens de um supermercado mostraram que Aderson Veloso, na noite do crime, fazia compras com o assassino. Antes de deixar a residência do médico, Danielson ainda trocou de roupa.

Na época, a polícia encontrou alguns pertences como TV, DVD e o som do carro do médico, uma L-200 na casa de Daeilson de Almeida, apontado como partícipe do crime.  Ele confessou ter sido chamado à residência da vítima por Danielson para dirigir o veículo.

Suspeito de assalto é assassinado a tiros dentro do condomínio Eco Tajaçuaba, em São Luís


Um homem, ainda não identificado, foi assassinado na tarde desta sexta-feira (13) dentro do condomínio Eco Tajaçuaba, no bairro Cruzeiro de Santa Bárbara, em São Luís.

Segundo a polícia, testemunhas informaram ter ouvido três disparos. Além dos tiros, informações preliminares apontam que a vítima foi também atacada com arma branca por um grupo de vários homens.

Segundo informações de alguns moradores, o homem estaria roubando algumas pessoas em uma parada de ônibus, nas proximidades da Agrolusa. Houve reação imediata de um grupo que passou a persegui-lo, disparando tiros. O suspeito foi alvejado por alguns disparos e caiu na calçada de uma residência do condomínio Eco Tajaçuaba, onde ainda teria sido esfaqueado e morreu no local.

O suspeito morto seria morador do bairro Cidade Olímpica. A Polícia Civil investiga o caso e ainda não identificou os autores do crime.

Moradores e famílias das vítimas do acidente no Jaracati terão apoio da Defensoria Pública, garante Jefferson Portela



Moradores e familiares das vítimas do acidente no Jaracati, ocorrido na madrugada de domingo (8), estiveram reunidos com o secretário da Segurança, Jefferson Portela, na noite dessa quinta-feira (12), na Casa da Mulher Brasileira,  com o objetivo de cobrar apoio do poder público.

Portela disse que acionará a Defensoria Pública para que sejam movidas ações contra os responsáveis pela tragédia. O acidente matou três pessoas que participavam de uma festa de aniversário na Rua Um, no Jaracati, às margens da Avenida Carlos Cunha, e um passageiro do veículo Corolla, que era dirigido por Victor Yan, que estava embriagado.

O secretário disse que é importante que a comunidade acompanhe as obras de mudança do semáforo, de modificações no canteiro central, bem como de implantação de um guard rail ou mureta, no local do acidente, como prometido pela SMTT.

Os moradores reivindicaram apoio aos três menores que perderam a mãe, Thiana Naires Correa, de 32 anos. “A responsabilidade é do criminoso. Por isso, vamos acionar a Defensoria Pública”, disse Portela.

“Vamos trabalhar juntos para resolver todas as consequências dessa tragédia. Vou conversar com o chefe da Defensoria Pública e dizer que precisar de uma assessoria judicial para as famílias”, acrescentou o secretário.

Segundo ele, as famílias irão à Defensoria tratar desse caso e que os órgãos de assistência social vão acompanhar a situação.

Mortos e feridos

No acidente, ocorrido por volta de 1h da madrugada de domingo (8), morreram Carla Correa Diniz, de 40 anos; Thiana Naires Alves Correa, de 32 anos; Luiz Henrique Durans Neto, de 37 anos; e Maurício Andrey Soares, passageiro do veículo Corolla dirigido Victor Yan Barros de Araújo, de 25 anos, que apresentava sinais de embriaguez.

O motorista foi autuado por homicídio culposo na direção de veículo automotor, previsto no artigo 302, caput, da Lei dos Crimes de Trânsito. Ele está com prisão preventiva decretada, mas, conforme informações passadas ao blog ele continua internado em um hospital particular. A estratégia seria para escapar da prisão e para dar tempo de a defesa conseguir um habeas corpus para evitar a prisão de Victor Yan.

Os feridos foram identificados como Petrolina Pereira, de 41 anos, que está em estado gravíssimo; Dione Lopes Machado, de 28 anos; Temar (esposo de Carla Correia); Giuliana Tereza Tribuzzi Neves, de 26 anos; Sami Tavares, de 25 anos; e Walter da Hora Diniz, de 22 anos.