Emap

Intervenções no trânsito

Intervenções no trânsito

domingo, 5 de novembro de 2017

Cobertura do caso Alanna Ludmilla: uma busca pela verdade dos fatos e a certeza de que a justiça será feita

Como todos e todas, eu torcia para que o caso tivesse um final feliz, sem sangue derramado, dor e lágrimas, com a menina Alanna sendo encontrada com vida. 
Infelizmente, foi mais uma vítima de uma mente doentia, com instinto assassino, que já apresentava sinais de distúrbios mentais, o que teria levado a mãe da menina a se afastar dele.
Foto da menina Alanna sobre o túmulo no cemitério da
Pax, em Paço do Lumiar
Por Gilberto Lima

Apesar de abalado pela tragédia, agradeço imensamente aos amigos e amigas pelas mensagens de reconhecimento ao trabalho de cobertura do caso do assassinato da menina Alanna Ludmilla. Um trabalho movido pelo desejo de buscar sempre a informação verdadeira, em tempo real pelo facebook, num contraponto aos muitos boatos disseminados nas redes sociais, em blogs e, principalmente, no whatsapp.

Apesar da grande audiência nas lives (ao vivo), não tenho motivos para comemorar. Mesmo que os tivesse, não deveria. Afinal, foi uma tragédia que abalou a todos e todas que acompanharam o drama e sofrimento de uma família arrasada pela ação de um homem tomado pelo ódio e desejo de vingança, agindo como um verdadeiro monstro.

Como todos e todas, eu torcia para que o caso tivesse um final feliz, sem sangue derramado, dor e lágrimas, com a menina Alanna sendo encontrada com vida. Infelizmente, foi mais uma vítima de uma mente doentia, com instinto assassino, que já apresentava sinais de distúrbios mentais, o que teria levado a mãe da menina a se afastar dele.

Resta-me consolar a família de Alanna neste momento de dor e sofrimento, principalmente a mãe, vítima de ataques daqueles que desejam sempre fazer justiça com as próprias mãos, pois achavam que ela (a mãe) e um tio fossem cúmplices de um crime tão bárbaro. Foram inocentados pelo próprio assassino, que assumiu ter praticado o ato tresloucado sozinho.

Resta-me, ainda, torcer para que se faça justiça e que Robert Serejo seja condenado à pena máxima, e que não venha a ser beneficiário da impunidade.

Tenho certeza que a menina Alanna viverá sempre nos corações e nas mentes dos homens e mulheres de boa vontade.

Descanse em paz, anjo Alanna Ludmilla!

Um comentário:

  1. Nós que agradecemos seu empenho em deixar a todos bem informados com a verdadeira noticia perante inúmeras noticias falsas que espalharam-se rapaidamente pelas redes sociais, acredito que com intuito de muitos em ganhar curtidas. Blogs sérios se mostraram irresponsaveis com tais atirudes. Mas o seu Gil, eu parabenizo. E faço suas as minhas palavras de consolo à esta familia. A dor é permanente e infelizmente ñ e um caso isolado. Pois, ha varios criminosos espalhados na sociedade. Temos que vigiar bem e orar . Em vitoria-ES ha um caso de desaparecimento de uma criança ha quase um mês. Sinto-me deaolada pelo ser dito racional, ser capaz de tanta maldade. Isso é falta de Deus no coração e dando espaço pro mal. Mas felizmente me sinto orgulhosa de ver que a maioria das pessoas tem sentimentos e aolidariedade. Oremos amigos... oremos sempre. Bjssss

    ResponderExcluir

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...