Prefeitura Minha Nota

Prefeitura Minha Nota

domingo, 25 de fevereiro de 2018

Acusado de tentar matar ex-esposa com 18 facadas em Paço do Lumiar continua foragido

As agressões teriam sido motivadas porque Gutemberg não aceitava o fim do relacionamento. O casal estava separado havia dois anos e tem um filho adolescente. 
Girlene passou por duas cirurgias e está na UTI do Socorrão II.
Familiares e amigos da mulher identificada como Girlene Araújo, residente no Maiobão, em Paço do Lumiar, fazem apelos às autoridades policiais para que se empenhem em localizar e prender o homem identificado como Gutemberg Matos Bezerra (Guto), que tentou matá-la com 18 facadas.

A tentativa de homicídio ocorreu na noite de sexta-feira (23). Girlene foi atacada pelo ex-marido dentro de sua residência. Agonizando em meio a muito sangue, a mulher foi encontrada por vizinhos que acionaram o SAMU.

As agressões teriam sido motivadas porque Gutemberg não aceitava o fim do relacionamento. O casal estava separado havia dois anos e tem um filho adolescente. Depois de tentar matar Girlene, o ex-marido fugiu em uma motocicleta.
Girlene já havia denunciado o ex-marido por agressões constantes. Não suportando a violência, ela resolveu se separar dele.

Em estado grave, Girlene foi socorrida e levada para o Hospital Clementino Moura, o Socorrão II, na área da Cidade Operária.

Girlene Araújo já passou por duas cirurgias, mas seu estado de saúde é delicado e inspira cuidados. Ela esta na Unidade de Terapia Intensiva (UTI), mas com quadro estável.

Os médicos disseram à família que o pulmão foi perfurado e houve um princípio de infecção porque a faca estava enferrujada.
Uma prima de Girlene fez um apelo em áudio divulgado no whatsapp: “Ele tem família em todo o estado. Em São Luís todinha ele tem família porque tem muitos filhos. A gente tem informação que ele pode estar na área da Raposa. Eu já passei essa informação para o delegado de Raposa. Ela é minha prima. Ela está muito mal no hospital. Só Deus pra livrar ela”.

Somente no sábado (24) foi que a família conseguiu fazer registro da ocorrência na Delegacia Especial da Mulher (DEM). A polícia continua diligenciando para prender Gutemberg Bezerra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens relacionadas

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...